Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Educação a Distância no Cenário das Políticas Educacionais

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1043/el.v12n19p36-51

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/index 

downloadpdf

Irene J. L. Gilberto1

 

Resumo: O cenário educacional contemporâneo mostra uma forte tendência à crescente inserção de métodos, técnicas e tecnologias de educação a distância no ensino superior. Este estudo tem como objetivo fundamental examinar as mudanças ocorridas nesse cenário e toma como referência básica a expansão de cursos a distância promovidos pelas instituições de ensino superior que participam do programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), implementado em 2007. Na primeira parte, discute aspectos da legislação sobre educação a distância, com vistas a uma análise das questões centradas na formação de profissionais em cursos a distância. Na segunda parte, faz um estudo dos cursos de Pedagogia a distância oferecidos pelo Programa UAB, cujo objetivo é a formação de profissionais para a educação básica.

Palavras-chave: Educação a distância – Universidade Aberta do Brasil – Cursos de Pedagogia

 

Abstract: The present educational scenario denotes a strong tendency towards the increasing insertion of distance learning methods, techniques, and technologies in higher education. The key objective of this study is to assess changes occurred in the educational scenario, and bears the increase of distance learning courses promoted by higher education institutions that participate in the Open University Program in Brazil (UAB), implemented in 2007, as a keystone reference. In the first part it considers legislation aspects regarding distance education, seeking to analyze questions focused on capacitating professionals through distance learning courses. In the second part, it reviews Pedagogy courses offered as distance learning by the UAB Program, whose objective is to form professionals for Basic Education.

Key words: Distance learning – Open University in Brazil – Pedagogy Courses

 

1 Doutora em Letras (USP-SP). Docente-pesquisadora do Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação da Universidade Católica de Santos, SP.

 

Literatura Citada

BOLETIM DA ANFOPE, ano XIII, n. 01, out. 2007.

BRASIL. Decreto n.5.622, de 19 de dezembro de 2005.

BRASIL. Decreto n.5.800, de 08 de junho de 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Relatório da Comissão Assessora para Educação Superior a Distância (Portaria MEC n. 335, de 6 de fevereiro de 2002), agosto de 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação a Distância. Indicadores de qualidade para cursos de graduação a distância . Disponível em: <http://www.mec.gov/seed/indicadores>. BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Relatório Final da Comissão Assessora para Educação a Distância. Portaria Ministerial n. 335/2002, 2002.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Relatório do Grupo de Trabalho EAD no ensino superior (GTEADES), 2005.

BRASIL. Portaria n. 4.059, de 10 de dezembro de 2004.

CANÁRIO, Rui. A escola tem futuro? Das promessas às incertezas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

ENGUITA, Mariano Fernández. Educar em tempos incertos. Trad. Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2004.

NISKIER, Arnaldo. 10 anos de LDB: uma visão crítica. Rio de Janeiro, RJ: Consultor, 2007.

RELATÓRIO DO GRUPO ESPECIAL DA UNESCO. La educación superior en los países en desarrollo: peligros y promesas, 2002.

SCHEIBE, Leda. Formação de professores: dilemas da formação inicial a distância.In: Educere et Educare: Revista de Educação, Universidade Federal de Santa Catarina v. 1, n. 2 p. 199-212, jul./dez. 2006,.

SOUSA, Eda Coutinho B. Machado. Panorama Internacional da educação a distância. Em Aberto. Brasília, ano 16, n.70, abr./jun. 1996.

TEDESCO, Juan Carlos. Educar na sociedade do conhecimento. Trad. Elaine Cristina Rinaldi, Jaqueline Emanuela Christensen e Maria Alice Moreira Silva. Araraquara, SP: Junqueira & Marin, 2006.

TIFFIN, John; RAJASINGHAM, Lalita. A Universidade virtual e global. Trad. Vinícius Figeura. Porto Alegre: Artmed, 2007.