Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Educação Superior no Contexto do Cárcere: Um Relato de Experiência sobre a Inclusão no Ensino Superior de Mulheres Apenadas

DOI: http://dx.doi.org/10.15599/0104-4834/cogeime.v19n36p65-81

https://www.redemetodista.edu.br/revistas/revistas-cogeime/index.php/COGEIME/index 

downloadpdf

Eunice M. N. Nonato1 & Clemildo A. da Silva2

 

Resumo: O presente artigo mostra o resultado parcial de uma pesquisa realizada no Presídio Feminino Madre Pelletier (PFMP), em Porto Alegre, entre março de 2006 e março de 2009, onde ocorreu um curso de graduação em serviço social, oferecido na modalidade regular, pelo Centro Universitário Metodista IPA (Instituto Porto Alegre) às apenadas, agentes penitenciários(as) e funcionários(as) da Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe). O estudo objetivou conhecer como se daria a experiência do IPA no contexto do cárcere, realizando a formação acadêmica desta população. A formatura das primeiras alunas integrantes do Projeto Madre Pelletier ocorreu em 2009. Utilizou-se neste estudo a metodologia de estudo de caso. A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas semiestruturadas e por meio de observação participante de todo o processo vivenciado pelo IPA dentro do PFMP. Os resultados obtidos com o projeto demonstram a significativa relevância social da inclusão de mulheres apenadas no ensino superior.

Palavras-chave: Ensino superior. Motivação. Educação. Mulheres apenadas

 

Abstract: This article shows the partial results of a research conducted at the Madre Pelletier women’s prison (PFMP, acronym in Portuguese) in Porto Alegre between March 2006 and March 2009, where it an undergraduate course in social work was offered in regular mode by the IPA (Porto Alegre Institute) Methodist University Center to inmates, correctional officers and employees of the Superintendent of Correctional Services (Susepe, acronym in Portuguese). The study aimed at finding how the experience of IPA would happen in the context of the prison, offering higher education to that population. The graduation of the first student members of the Madre Pelletier Project happened in 2009. In this study it was used the case study methodology. Data collection took place through semi-structured interviews and through participant observation of the whole process experienced by IPA inside the PFMP. The results obtained from the project show the significant social importance of the inclusion of imprisoned women in higher education.

Key words: Higher education. Motivation. Education. Imprisoned women

 

1 Doutoranda em Ciências Sociais pela Universidade Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), professora do Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix, mestre em Educação pela Universidade Vale do Rio Verde (Unin- Cor), graduada em Pedagogia pela Universidade Vale do Rio Doce (Univale) e em Direito pela Faculdade de Direito do Vale do Rio Doce (Fadivale). Atuou, até início de 2010, como docente e professora auxiliar no grupo de pesquisa sobre Intolerância Religiosa e Direitos Humanos do Centro Universitário Metodista IPA, em Porto Alegre. E-mail: eunice.nonato@metodistademinas.edu.br
2 Doutor em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo, mestre em Educação, professor, coordenador do grupo de pesquisa sobre Intolerância Religiosa e Direitos Humanos do Centro Universitário Metodista IPA, em Porto Alegre. E-mail: clemildo.silva@metodistadosul.edu.br

 

Literatura Citada

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Resumo técnico: Censo da educação superior. Disponível em: <http://www.inep.gov.br/download/superior/censo/2007/Resumo_tecnico_2007.pdf>. Acesso em: 7 abr. 2009.

Deleu ze, Gilles. Os intelectuais e o poder: Conversa entre Michel Foucault e Gilles Deleuze. In: Foucault , Michel. Microfísica do poder. 18. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1979. p. 69-78.

Foucault, Michel. A vida dos homens infames. In: FoUcault , Michel. Estratégia, podersaber. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006. p. 203-222. (Ditos & Escritos).

Foucault, Michel. Vigiar e punir. Rio de Janeiro: Vozes, 1997. Goffman, Erving. Manicômios, prisões e conventos. São Paulo: Perspectiva, 1974.

Foucault, Michel. Estigma: Notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1988.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. População jovem no Brasil. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/populacao_jovem_brasil/default.shtm>. Acesso em: 3 jun. 2008.

Portal Susepe . Notícias. Disponível em: <http://www.susepe.rs.gov.br>. Acesso em: 19 maio 2008.

Rio Grande do Sul. Secretaria de Segurança Pública. Termo de convênio 100/2005. Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, p. 36, 16 dez. 2005.

Santos, Boaventura de Souza. A universidade no século XXI: Para uma reforma democrática e emancipatória da universidade. São Paulo: Cortez, 2004.

Wolff, Maria Palma. Mulheres e prisão: A experiência do Observatório de Direitos Humanos da Penitenciária Feminina Madre Pelletier. Porto Alegre: Dom Quixote, 2007.