Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Da Esperança à Teologia da Esperança: Uma Reflexão sobre o Caminhar da Esperança Cristã em Jürgen Moltmann

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v13n2p11-20

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CA 

downloadpdf

Cesar Kuzma1

 

Resumo: O presente artigo apresenta uma refl exão sobre o caminhar da esperança cristã em Jürgen Moltmann. Entendemos que, esse caminho parte, primeiramente de uma experiência pessoal vivida por ele em um campo de concentração. Um ponto marcante e central é a questão de Auschwitz, que ele apresenta como a raiz de seus esforços teológicos. Temos aí a chave teológica para entendermos o que aconteceu com ele em Northon Camp, na Inglaterra e como passou a refl etir sobre a esperança em sua vida e na teologia. Esta sua experiência vai aos poucos ganhando espaço e dandolhe respostas, sendo assim capaz de direcioná-lo para um futuro, que até então, para ele, parecia incerto. Ao mesmo tempo em que sente na própria pele os efeitos da guerra e na medida em que toma conhecimento das atrocidades nazistas, solidariza-se também com aqueles que, assim como ele, são vítimas. Num ambiente assim, a esperança foi a sua companheira e o seu refúgio, foi o que o manteve vivo e, por esta razão, é até hoje a sua companheira inseparável.

Palavras-chave: esperança – esperança cristã – Jüngen Moltmann – teologia – teologia da esperança

 

Abstract: This article presents a refl ection on the walk of Christian hope in Jürgen Moltmann. We understand that this way starts, fi rstly, from a personal experience he had in a concentration camp. An impressive and central point in this experience is Auschwitz, which he presents as the root of his theological efforts. There we have the theological key to understand what happened to him in Northon Camp, in England, and how he began to refl ect upon hope in his life and in Theology. That experience gradually gains ground, giving him answers, thus being able to direct him to a future which, up to that moment, looked uncertain to him. At the same time in which he feels in his own skin the effects of war and as he becomes aware of the Nazis’ atrocities, he also becomes sympathetic to those who, like him, are victims. In an environment like that, hope was his companion and refuge, was what kept him alive and, for that reason, is today his inseparable companion.

Key words: Hope – Christian hope – Jürgen Moltmann – theology – theology of hope

 

1 Doutorando em Teologia pela PUC-Rio. Professor de Teologia Sistemática e Pastoral na PUCPR – Curitiba. Diretor do Curso de Bacharelado em Teologia da PUCPR – Curitiba. Assessor teológico-pastoral em grupos, movimentos e comunidades eclesiais de base em Curitiba e no Rio de Janeiro. Endereço eletrônico: cesarkuzma@yahoo.com.br; cesar.kuzma@pucpr.br.