Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Pentecostalismo Clássico: Lições Missiológicas -  O Que o Protestantismo Histórico Pode Aprender do Pentecostalismo Clássico Brasileiro?

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v12n1p57-67

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CA 

downloadpdf

Luís W. Souza1

 

Resumo: O movimento pentecostal clássico, que se tornou autóctone no Brasil, tem mudado os paradigmas de missão. Observando-o, o protestantismo histórico pode aprender lições missiológicas, para revitalizar aspectos da sua práxis de missão: a importância do laicato; contextualização de linguagem e métodos; possuir relevância cultural, espiritual e emocionalmente relevante ao povo; como igreja, ser lugar onde o pobre se sinta em casa.

Palavras-chave: Igreja autóctone – fenômeno pentecostal – contextualização – leigos/laicato – clericalismo – relevância social – conexão cultural – alcançar os pobres.

 

Abstract: The classic Pentecostal movement, that has become autochthonous in Brazil, has changed paradigms for mission. Observing the movement, historical Protestantism can learn lessons for missions, in order to revitalize aspects of its mission praxis: the importance of lay persons; the contextualization of language and methods; the importance of relevance for the cultural context, spirituality and emotional life of the people; as a church, to be a place where the poor feel at home.

Key words: Autochthonous church – Pentecostal phenomenon – contextualization – lay persons – clericalism – social relevance – cultural connection – reach the poor.

 

1 Presbítero da Igreja Metodista no Brasil; Professor na área da teologia prática na cátedra Bishop Arthur J. Moore para evangelismo, Chandler School of Theology, Emory University, Atlanta, EUA. Doutor pelo Asbury Theological Seminary, EUA, 2003. Endereço eletrônico: ldesouz@emory.edu