Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Jornalismo e Sistema Cultural: A Identidade das Fontes na Cobertura de Cultura do Jornal Diário do Sul (Porto Alegre, 1986-1988)

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v32n54p127-147

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CSO 

downloadpdf

Cida Golim1, Everton Cardoso2, Sara Keller3 & Priscila Muzykant4

 

Resumo: Este artigo busca aferir um retrato do sistema de cultura por meio de um estudo sobre a identidade das fontes e o tratamento dado a elas em um objeto histórico, o jornal Diário do Sul (Porto Alegre, 1986-1988), do grupo Gazeta Mercantil, referência na cobertura cultural em meados dos anos 1980. Por meio de análise de conteúdo qualitativa e de história oral temática, percebeu-se que o DS priorizou a criação, análise e crítica, contemplando, em menor grau, o consumo e a organização (política) do sistema cultural. Os agentes principais são os sujeitos da criação; em segundo lugar estão as instâncias de validação – críticos, especialistas e a recorrente citação da imprensa especializada. Vislumbra-se uma perspectiva sobre como o jornalismo participa da formação de valor no campo da produção cultural.

Palavras-chave: Jornalismo cultural; Diário do Sul; fontes; jornalismo e sistema de produção cultural

 

Abstract: This paper aimed at making a portrait of the cultural system by means of a study on the identity of sources and how they were treated in a historical object, the newspaper Diário do Sul (Porto Alegre, 1986-1988), which belonged to the Gazeta Mercantil media group, a reference in terms of cultural coverage in the 1980’s. Through qualitative content analysis and thematic oral history, one noticed that DS gave priority to creation, analysis, and critics, also approaching, with less emphasis, the consumption and (political) organization of the cultural system. The main agents are the subjects of creation and, second, the validation instances – critics, specialists, and the recurrent quotation of the specialized press. One glimpses how journalism participates in the value formation in the field of cultural production.

Key words: Cultural journalism; Diário do Sul; sources; journalism and cultural production system

 

1 Jornalista, doutora em Letras, Professora da FABICO/UFRGSe do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da UFRGS
2 Jornalista, mestre em Comunicação e Informação pelo PPGCOM/UFRGS, docente nos cursos de jornalismo da Unisinos e do Centro Universitário Metodista – IPA
3 Jornalista, mestranda do PPGCOM/ UFRGS
4 Bolsista PIBIC-CNPq – UFRGS.

 

Literatura Citada

BARBOSA, L. C. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre, 24 nov. 2008.

BERGER, C.; TAVARES, F. Tipologias do acontecimento jornalístico. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM JORNALISMO, 7., 2009, São Paulo. Anais… São Paulo: SBPJor, 2009. CD-ROM.BENHAMOU, F. A economia da cultura. Cotia: Ateliê Editorial, 2007.

BOURDIEU, P. A distinção: crítica social do julgamento. Porto Alegre/São Paulo: Zouk/USP, 2008.CHARAUDEAU, P. Discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006.

FERREIRA, G. Apontamentos sobre as propriedades do campo de produção jornalístico, Pauta Geral, Salvador, v. 4, p. 243- 258, 2002.

GAMA, H. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre, 08 dez. 2008.

GOLIN, C.; GRUZYNSKI, A. Cultura e processos editoriais:a representação do sistema artístico-cultural no Diário do Sul (1986-1988). In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 22., 2009, Curitiba. Anais… São Paulo: Intercom, 2009.

GOLIN, C; CARDOSO, E. Jornalismo e a representação dosistema de produção cultural: mediação e visibilidade. In: BOLAÑO, C.; GOLIN, C.; BRITTOS, V. (Orgs.). Economia da arte e da cultura. São Paulo: Itaú Cultural, 2010. p. 184-203.

GOMIS, L. Teoría del periodismo. Barcelona: Paidós, 1991.

GRUZYNSKI, A.; GOLIN, C. O projeto gráfico e a visibilidade da cultura nojornal Diário do Sul (1986-1988). In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 19., 2010, Rio de Janeiro. Anais… Rio de Janeiro: Compós, 2010.

HOHLFELDT, A. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre,01 abr. 2009.

MERTEN, L. C. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre, 21 jul. 2009.

PINTO, A. B.; DALTO, R. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. PortoAlegre, 18 mar. 2009.

RODRIGO ALSINA, M. La construcción de la noticia. Barcelona: Paidós, 1989.

RODRIGUES, A. O acontecimento. In: TRAQUINA, N. (Org). Jornalismo: questões, teorias e “estórias”. Lisboa: Vega, 1993. p. 27-33.

ROZADOS, H. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre, 29abr. 2009.

RUBIM, A. Formação em organização da cultura no Brasil. Observatório ItaúCultural, São Paulo, n. 6, p. 47-55, jul./set., 2008.

SANTOS, R. A negociação entre jornalistas e fontes. Coimbra: Minerva, 1997.

TUCHMAN, G. A objetividade como ritual estratégico: uma análise das noções de objetividade dos jornalistas. In: TRAQUINA, N. (Org.). Jornalismo: questões, teorias e “estórias”. Lisboa: Vega, 1993. p. 74-90.

WOLF, M. Teorias da comunicação. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

WEISS, J. Entrevista concedida ao grupo de pesquisa. Porto Alegre, 20 mai. 2009.