Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Tempo de Ousadia: Reminiscências da Primeira Mestre

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2175-7755/cs.v25n40p21-37

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/CSO 

downloadpdf

Cicilia M. K. Peruzzo1

 

Resumo: O texto procura rememorar a fase de implantação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social (PósCom) da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp), a partir do ponto de vista de sua primeira mestre, que ingressou na primeira turma em 1979 e se titulou em 1981. Trata-se de uma reflexão sobre o significado de um curso de pósgraduação para alunos recém-saídos da graduação e, principalmente, sobre o contexto político vivido à época. Este contexto deu um colorido especial ao Programa, proporcionando um vínculo orgânico do PósCom na região do ABC Paulista, ao mesmo tempo em que inspirou e possibilitou estudos aprofundados sobre manifestações comunicacionais emergentes e, entre outros tópicos, as relações públicas. Analisam-se também as transformações ocorridas no universo da prós-graduação no País, 25 anos depois de sua fase inicial.

Palavras-chave: ABC Paulista – Movimentos populares – Relações públicas e classes subalternas – Pós-Graduação em Comunicação Social – Mestrado – Universidade Metodista de São Paulo.

 

Abstract: The text recollects the implementation stage of the Social Communication Graduate and Post-Graduate Program (PósCom) of the Methodist University of São Paulo (Umesp), from the first student’s perspective, having this alumna started her course in the class of 1979 and majored in 1981. Her reasoning goes over the meaning of a graduate course for undergraduate students who have recently graduated, focusing on the political context at that time. That context itself brightened up the program, binding the PósCom to the ABC Paulista area, while inspiring and enabling broad studies on the emerging communication manifestations and, among other themes, the public relations field. The transformations that took place in the graduate and post-graduate programs in Brazil over the last 25 years are also analysed.

Key words: ABC Paulista – Popular movements – Public relations and underclasses – Communication Graduate and Post-Graduate Courses – Master’s degree – Methodist University of São Paulo.

 

1 Mestre em Comunicação Social pela Umesp e doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo. Ex-presidente (1999-2002) da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Foi professora na Universidade Federal do Espírito Santo e na Associação Educacional de Vitória (ES). É autora dos livros Relações públicas no modo de produção capitalista e Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania e organizadora de diversas coletâneas de Comunicação. Publicou grande número de artigos em revistas científicas no País e no Exterior. E.mail: kperuzzo@uol.com.br.

 

Literatura Citada

ANTUNES, Ricardo C. O que é sindicalismo. 10a. ed. São Paulo: Brasiliense, 1985.

BOGOMOLOVA, N. Teoria das “relações humanas”: instrumento ideológico dos monopólios. Venda Nova – Amadora (Portugal): Novo Curso Editores, 1975.

BRANDT, Vinicius Caldeira. Da resistência aos movimentos sociais: a emergência das classes populares em São Paulo. In: BRANT, V. C. & SINGER, Paul (Orgs.) São Paulo: o povo em movimento. Petrópolis: Vozes/CEBRAP, 1983. p.9-28

KUCINSKI, Bernardo. Jornalistas e revolucionários: nos tempos da imprensa alternativa. São Paulo: Scritta, 1991.

KUNSCH, Margarida M. Krohling. Relações públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional. São Paulo: Summus, 1997.

PERUZZO, Cicilia M. Krohling. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania. Petrópolis: Vozes, 1968.

PERUZZO, Cicilia M. Krohling. Relações públicas no modo de produção capitalista. 2a. ed. São Paulo: Summus, 1986.

SANTORO, Luiz Fernando. A imagem nas mãos: o vídeo popular no Brasil. São Paulo: Summus,1989.

TEIXEIRA, João Evangelista. Relações públicas na Umesp: trinta anos de história. São Bernardo do Campo:Editora Umesp, 2002.