Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Violência Contra Idosos: Análise da Produção Científica Nacional no Período de 2003 a 2010

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v19n1-2p39-50

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MUD/index 

downloadpdf

Kelli L. P. Sacol1 & Jana G. Zappe1

 

Resumo: Os maus-tratos contra idosos aumentam vertiginosamente, provocando impacto na saúde física e psíquica dos longevos. Buscou-se investigar a produção científica nacional da área da saúde entre os anos de 2003 e 2010 sobre a violência contra idosos. A análise de dados seguiu a metodologia proposta por Gil (1999), composta por quatro etapas: leitura exploratória, seletiva, analítica e interpretativa. Os resultados apontaram que as estatísticas de violência são pouco precisas e os principais perpetradores dos maus-tratos são os familiares. Há necessidade de maior capacitação para os profissionais que atuam nas políticas públicas de atendimento ao idoso, visando à identificação e tratamento. Enfatiza-se a necessidade de criação de programas de prevenção à violência contra idosos e destaca-se a necessidade de novas pesquisas sobre o tema, cabendo conscientizar a sociedade e os profissionais da área da saúde sobre a importância deste tema

Palavras-chave: Violência contra idosos, idosos, saúde, maus-tratos

 

Abstract: Abuse against the elderly has greatly increased, impacting their physical and psychological health. This study sought to investigate the national scientific production in the field of health, between years 2003 and 2010, regarding violence against the elderly. The data analysis followed Gil’s (1999) methodology, which is comprised by four stages: exploratory, selective, analytical, and interpretative reading. Results showed that statistics on violence are rather vague and the main abusers are family members. Professionals who work in public care policies for the elderly need further training, aiming at identification and treatment. Programs for prevention of violence against the elderly should be created and new researches on the subject are needed. Society as a whole and health professionals should be made aware of the importance of this subject.

Key words: Violence against the elderly, health, abuse.

 

1 Faculdade Integrada de Santa Maria

 

Literatura Citada

Apratto Jr, P. C. (2010). A violência doméstica contra idosos nas áreas de abrangência do Programa Saúde da Família de Niterói (RJ, Brasil). Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 15 (6), 2983-2995. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600037

Araujo, L. F & Lobo Filho, J. G. (2009). Análise psicossocial da violência contra idosos. Psicol. Reflex. Crit., Porto Alegre, 22(1), 153-160. https:/doi.org/10.1590/S0102-79722009000100020

Brasil. Presidência da República (2005a). Plano de ação para o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa/Presidência da República. Subsecretaria de Direitos Humanos. Brasília: Subsecretaria de Direitos Humanos.

Brasil. Ministério da Saúde (2005b). Impacto da violência na saúde dos brasileiros/ Ministério da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde/Secretaria de Vigilância em Saúde.

Brasil. Presidência da República (2001). Plano de ação para o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa. Brasília: Subsecretaria de direitos humanos.

Cavalcanti, M. L. T. & Souza, E. R. (2010). Percepções de gestores e profissionais de saúde sobre a atenção aos idosos vítimas de violências no município do Rio de Janeiro (RJ, Brasil). Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2699-2708. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600008

Freitas, C. A. S. L. & Teófilo, T. J. S. (2010). Avaliação construtivista, sob uma abordagem integradora e intersetorial, das ações do Projeto Disque Idoso em Sobral (CE, Brasil). Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro 15(6), 2825-2833. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600020

Gaioli, C. C. L. O. & Rodrigues, R. A. P. (2008). Ocorrências de maus-tratos em idosos no domicílio. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, 16(3), 465-470. https:/doi.org/10.1590/S0104-11692008000300021

Gil, A. C. (1999). Métodos e técnicas de pesquisa social (5a ed.). São Paulo: Atlas. Goldfarb, D. C. (1998). Corpo, tempo e envelhecimento (1a ed.). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Gonçalves, L., Meira, E. & Xavier, J. (2007). Relatos orais de cuidadores de idosos doentes e fragilizados acerca dos fatores de risco para violência intrafamiliar. Ciência, Cuidado e Saúde, 6(2), 171-180.

Gontijo, D. T., Alves, H. D., Paiva, M. H. P., Guerra, R. M. R & Kappel, V. B. (2010). Violência e saúde: uma análise da produção científica publicada em periódicos nacionais entre 2003 e 2007. Physis, Rio de Janeiro 20(3), 1017-1054. https:/doi.org/10.1590/s0103-73312010000300017

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. IBGE. Pesquisa Nacional por amostra de domicílios (2010). Recuperado em 13 de abril de 2011 de http://www.ibge.gov.br/censo.

Laks, J., Werner, J. & Miranda-Sa Jr., L. S. (2006). Psiquiatria forense e direitos humanos nos pólos da vida: crianças, adolescentes e idosos. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo 28(2), s80-s85.

Mello, A. L. S. F. & Moyses, S. J. (2010). Análise diagnóstica do atendimento pré-hospitalar para acidentes e violências contra idosos em Curitiba (PR, Brasil). Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2709-2718. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600009

Melo, V. L., Cunha, J. O. C. & Falbo Neto, G. H. (2006). Maus-tratos contra idosos no município de Camaragibe, Pernambuco. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant., Recife, 6(1), s43-s48. https:/doi.org/10.1590/s1519-38292006000500006

Minayo, M. C. S. (2006). A inclusão da violência na agenda da saúde: trajetória histórica. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 11(l), 1259-1267. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232006000500015

Minayo, M. C. S. (2003). Violência contra idosos: relevância para um velho problema. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 19(3), 783-791. https:/doi.org/10.1590/S0102-311X2003000300010

Minayo, M. C. S. & Cavalcante, F. G. (2010). Suicídio entre pessoas idosas: revisão de literatura. Rev. Saúde Pública, São Paulo, 44(4), 750-757. https:/doi.org/10.1590/S0034-89102010000400020

Moraes, C. L., Apratto Jr., P. C. & Reichenheim, M. E. (2008). Rompendo o silêncio e suas barreiras: um inquérito domiciliar sobre a violência doméstica contra idosos em área de abrangência do Programa Médico de Família de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(10), 2289-2300. https:/doi.org/10.1590/S0102-311X2008001000010

Organização Mundial da Saúde. (2010). Recuperado em 02 de abril de 2011, de http://www.who.int.

Organização das Nações Unidas. (2010). Recuperado em 04 de abril de 2011 de http://www.un.org.

Paixão Jr., C. M., Reichenheim, M. E., Moraes, C. L., Coutinho, E. S. F. & Veras, R. P. (2007). Adaptação transcultural para o Brasil do instrumento Caregiver Abuse Screen (CASE) para detecção de violência de cuidadores contra idosos. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 23(9), 2013-2022. https:/doi.org/10.1590/S0102-311X2007000900010

Porto, I. & Koller, S. H. (2008). Violência contra idosos institucionalizados. Psic, São Paulo, 9(1), 1-9.

Queiroz, Z. P. V., Lemos, N. F. D. & Ramos, L. R. (2010). Fatores potencialmente associados à negligência doméstica entre idosos atendidos em programa de assistência domiciliar. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2815-2824. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600019

Reichenheim, M. E., Paixão Jr., C. M. & Moraes, C. L. (2008). Adaptação transcultural para o português (Brasil) do instrumento Hwalek-Sengstock Elder Abuse Screening Test (H-S/EAST) utilizado para identificar risco de violência contra o idoso. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(8), 1801-1813. https:/doi.org/10.1590/S0102-311X2008000800009

Rodrigues, T. P. et al. (2010). Sentidos associados à violência para idosos e profissionais. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, 14(4), 772-778. https:/doi.org/10.1590/S1414-81452010000400017|

Sanches, A. P. R. A., Lebrão, M. L. & Duarte, Y. A. O. (2008). Violência contra idosos: uma questão nova? Saúde Soc., São Paulo, 17 (3), 90-100.

Santos, E. R., Souza, E. R., Ribeiro, A. P., Souza, A. M. M & Lima, R. T. S. (2010). Cenário do atendimento aos agravos provocados por acidentes e violência contra idosos na rede SUS de Manaus (AM, Brasil). Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2741-2752. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600012

Souza, E. R. & Minayo, M. C. S. (2010). Inserção do tema violência contra a pessoa idosa nas políticas públicas de atenção à saúde no Brasil. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2659-2668. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600002

Souza, E. R. & Correia, B. S. C. (2010). Construção de indicadores avaliativos de políticas de atenção à saúde da pessoa idosa vítima de acidentes e violência. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2753-2762. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600013

Souza, J. A. V., Freitas, M. C. & Queiroz, T. A. (2007). Violência contra os idosos: análise documental. Rev. Bras. Enferm., Brasília, 60(3), 268-272. https:/doi.org/10.1590/S0034-71672007000300004

Stuart-Hamilton, I. (2002). A psicologia do envelhecimento: uma introdução (3a ed.). Porto Alegre: Artmed.

Tornavoi, D. C., Galo, R. & Silva, R. H. A. (2010). Conhecimento de profissionais de Odontologia sobre violência doméstica. RSBO, Joinville, 8, 54-9.

Valadares, F. C. & Souza, E. R. (2010). Violência contra a pessoa idosa: análise de aspectos da atenção de saúde mental em cinco capitais brasileiras. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 15(6), 2763-2774. https:/doi.org/10.1590/S1413-81232010000600014

Vilas Boas, A. (2005). Estatuto do idoso comentado (1a ed.). Rio de Janeiro: Forense.