Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Psicodiagnóstico Interventivo: Uma Proposta de Ensino em Atendimento Clínico

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1019/mud.v15n2p128-134

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/MUD/index 

downloadpdf

Leila S. P. C. Tardivo1

 

Resumo: A autora relata sua experiência como supervisora de Atendimento Clínico para estudantes de graduação do Instituto de Psicologia da USP, que iniciam sua prática clínica. Discute as mudanças que vieram ocorrendo ao longo do tempo na tarefa Diagnóstica, abordando em especial o Psicodiagnóstico compreensivo, proposto por Trinca, e o Psicodiagnóstico Interventivo, apresentado por Ancona-Lopes. Aborda essa forma de Psicodiagnóstico, com fundamentação psicanalítica, e discute a possibildiade de que estudantes, mesmo com pouca experiência, possam desenvolver essa forma de atuação prática, com embasamento teórico e com apoio do supervisor. Completa a apresentação com a apresentação de um caso clínico atendido por uma estudante de graduação, mostrando o quanto avalair, compreender e intervir fazem parte da atuação clínica de psicólogos.

Palavras-chave: Psicodiagnóstico Compreensivo; Psicodiagnóstico Interventivo; atendimento clínico.

 

Abstract: The author reports her experience as supervisor of the Clinical Psychology practice for graduate students of the Institute of Psychology of the Sao Paulo State University, who are in the beginning of psychotherapy practice. She discusses the changes that have occurred throughout the psychopathology dynamic diagnosis, emphasizing especially Walter Trinca’s comprehensive Psychodiagnostic, and Ancona-Lopes proposition of Interactive Psychodynamic Diagnosis. The psychodynamic diagnostic has a framework very useful to students without experience, who can develop practice and understand the psychoanalytic theory concepts with little supervisor assistance. She concludes her presentation with a clinical case handled by a graduation student, illustrating how much the evaluation, the understanding and the early intervention are part of the clinical training in clinical psychology.

Key words: comprehensive psychodynamic diagnostic; interactive psychodynamic diagnosis; clinical session

 

1 Professora Associada do Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

 

Literatura Citada

Aberastury, A. (1986). Psicanálise da criança: teoria e técnica. Porto Alegre: Artes Médicas.

Ancona-Lopez, M. (org.) (1998). Psicodiagnóstico: processo de intervenção. São Paulo: Cortez.

Arzeno, M.E.G. (1999). Psicodiagnóstico Clínico: novas contribuições. Porto Alegre: Artes Médicas.

Arzeno, M.E.G. (2000). Reflexiones sobre el quehacer psicodiagnóstico. Buenos Aires.

Bleger, J .(1975). Psicologia de la Conducta, Buenos Aires Editoral Paidós.

Bleger, J. (1972). Temas de psicologia. Buenos Aires: Nueva Vision.

Cunha, j. et al. (2000). Psicodiagnóstico-R. Porto Alegre: Artes Médicas.

Gil, C.A. (2005). Envelhecimento e Depressão: da perspectiva psicodiagnóstica ao encontro terapêutico. Dissertação (Mestrado). Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2005.

Grassano, E. (1996). Indicadores psicopatológicos nas técnicas projetivas (trad. L.S.P.C. Tardivo). São Paulo: Casa do Psicólogo.

Ocampo, M.L.S., Arzeno, M.E.G. & Piccolo, E.N.G. (1981). O processo psicodiagnóstico e as técnicas projetivas. São Paulo: Martins Fontes.

Paulo, M.S.L.L (2004). O Psicodiagnóstico Interventivo com pacientes deprimidos: alcances e possibilidades a partir do emprego de instrumentos projetivos como facilitadores do contato -. Tese (Doutorado). Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, 2004.

Tardivo, L.S.P.C. (2004). O adolescente e sofrimento emocional nos dias de hoje: reflexões psicológicas - encontros e viagens. Tese (livre docência) – Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Tardivo, L.S.P.C. & Vaisberg, T.M.J. (2002). A.Natureza e esportes ou violência e drogas?A juventude no imaginário de jovens indígenas aculturados. Revista de Psicologia - Vetor Editora Psico-pedagógica. São Paulo, v.2, n.2/ 3:26 – 37.

Tardivo, L.S.P.C. (2003). El empleo de técnicas proyectivas en encuentros terapéuticos: relato de un caso In: XII Congreso Latinoamericano de Rorschach y otras Técnicas Proyectivas, Montevideo. Transformaciones en la Subjetividad: Retos a la Psicología y sus Instrumentos. Tradinco. v.1. pp.695 - 700, Montevideo: Uruguay.

Trinca, W. (1976). Investigação Clínica da Personalidade - O Desenho Livre como Estímulo de Apercepção Temática. Belo Horizonte: Interlivros.

Trinca, W. (1972). O Desenho livre como Estímulo de Apercepção Temática. (Tese de Doutorado). Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo.

Trinca, W. (org.) (1984). Diagnóstico psicológico: a prática clínica. São Paulo: EPU.

Vaisberg, T.M.J.A. (2001). O ser e o fazer na clínica. Anais do V Encontro do Curso de Especialização em Psicoterapia Psicanalítica - A Clínica em Psicoterapia Psicanalítica. Departamento de Psicologia Clínica, IPUSP, 82-91.