Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Conteúdo Significativo da Qualidade de Vida no Trabalho para Funcionários Públicos de uma Secretaria de Saúde

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2177-7284/regs.v1n1p76-94

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/REGS/index 

downloadpdf

Edilene de O. P. Garcia1

 

Resumo: Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa quantitativa exploratória e descritiva que visa compreender a Qualidade de Vida noTrabalho (QVT) sob a ótica do funcionário público e verificar que percepções ele possui acerca de sua própria QVT. A amostra engloba 205 funcionários públicos de carreira que trabalham na Secretaria de Saúde de Barra Mansa/RJ. Como procedimento metodológico optou-se pela aplicação de questionário com perguntas fechadas, com base no modelo de Walton (1973). Também foram realizadas entrevistas abertas, a fim de coletar depoimentos que conferissem consistência à análise dos dados quantitativos e contribuir para a validade do produto resultante. O tratamento estatístico foi feito aplicando-se a técnica multivariada de análise fatorial exploratória. Os resultados apontam que a QVT dos sujeitos é de razoável a boa. Baixos salários e falta de oportunidade de crescimento são os principais motivos de insatisfação. Merecem especial atenção nos depoimentos os sentidos da QVT atribuídos pelos sujeitos, os quais transcendem aqueles tradicionalmente conhecidos e que, portanto, podem inspirar estudos com vistas a ampliar a construção teórica sobre o tema.

Palavras-chave: Qualidade de Vida no Trabalho; gestão de Pessoas; gestão Pública.

 

Abstract: This article presents the results of a descriptive exploratory research wich aims to understand the quality of working life (QWL) of public employees and to verifie the perceptions they maintain of their own QWL. Sample was composed by 250 public employees of Health Section in the city of Barra Mansa/RJ. As methodological procedure, questionnaires were applied based on the Walton (1973) model. Enterviews were also conducted in order to colect statements wich might give consistence to the quantitative data analysis and contribute to the validity of the resultant product. Statistical procedures were made using multivariate tecniques of exploratory factor analysis. Results point out that subjects QWL is rated from reasonable to good. Low salaries and lack of growth opportunities are the main motives for insatisfaction. Special attention must be dedicated to the statements regarding QWL. They transcend the tradittionaly known and, therefore, might inspire researchs to increase the theoretical construction over the theme.

Key words: Quality of working life; people management; public management.

 

1 Universidade Metodista de São Paulo

 

Literatura Citada

DRUCKER, P. Desafios Gerenciais para o Século XXI. 2. tiragem. São Paulo: Pioneira, 2000.

FERNANDES, E. Qualidade de vida no trabalho: como medir para melhorar. 5. ed. Salvador: Casa da qualidade, 1996.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 1999.

HACKMAN, J. R.; OLDHAM, G. R. Development of the job diagnostic survey. Journal of Applied Psychology, v.60, n. 2, 1975.

HAIR JR., J. F.; ANDERSON, R. E.; TATHAM, R. L.; BLACK, W. C. Análise multivariada de dados. 5. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HUSE E., CUMMINGS, T. Organization development and change. MINN: West publishing, 1985.

KILIMNIK, Z. M.; MORAES, L. F. R. O conteúdo significativo do trabalho como fator de qualidade de vida organizacional. 2000. Revista da Angrad, Rio de Janeiro, v.1, n.1, p. 64-74. 2000.

LIMONGI-FRANÇA, A. C. Qualidade de Vida no Trabalho – QVT: Conceitos e práticas nas empresas da sociedade pós-industrial. 2.ed. São Paulo: Editora Atlas, 2004.

MINTZBERG, H. Managing government, governing management. Harvard Business Review, Boston, v.74, n. 3, p.75-83, may-june, 1996.

MORIN, E. M. Os sentidos do trabalho. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 41, n. 3, jul./set. 2001.

NADLER, D. A; LAWLER, E. E. Quality of work life: perspectives and directions. Organizational Dynamics, v. 7, n. 11, 1983.

WALTON, R. E. Quality of working life: what is it? Sloan Management Review, Cambridge, v.15, n.1, 1973.

WERTHER, W. B., DAVIS, K. Administração de pessoal e recursos humanos. São Paulo: McGraw Hill do Brasil, 1983.

WESTLEY, William A. Problems and Solutions in the Quality of Working Life. Human Relations, v. 32, n. 2, 1979.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman, 2001.