Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Diversidade Cultural nas Escolas de Fronteiras Internacionais: O Caso de Mato Grosso do Sul

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v2n1p51-63

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ML/index 

downloadpdf

Jacira H. V. Pereira1

 

Resumo: O objetivo deste estudo é explicitar e analisar o contexto educativo de escolas da fronteira internacional de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. A realidade educativa de áreas de fronteira ao ser focalizada elucida aspectos sócio-educacionais que se encontram obscuros, revela especificidades que vão contribuir para uma visão mais ampla da educação em fronteiras internacionais e, por fim, lançar luzes sobre aspectos educativos que alertam para necessidade e continuidade de políticas educativas em prol da integração regional. A educação cumpre nessas áreas um importante papel para superação das diferenças culturais, consequentemente pode corroborar para aproximações com os vizinhos sul-americanos.

Palavras-chave: fronteira; diversidade cultural; educação.

 

Abstract: This study aims to clarify and analyze the educational context of schools of the international border of Mato Grosso do Sul and Paraguay. The educational situation of border areas to be focused, clear socio-educational aspects that are unclear, specific shows that will contribute to a broader vision of education in international borders and ultimately launch lights on the educational aspects that need to warn and continuity of educational policies towards regional integration. Education fulfills an important role in these areas to overcome cultural differences, thus can support approaches to the South American neighbors.

Keywords: border; cultural diversity education

 

1 Programa de Pós-graduação em Educação/CCHS//UFMS

 

Literatura Citada

AGÊNCIA ESTADO. Professores enfrentam desafios para garantir projeto de escolas bilíngües. Disponível em: <http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/>. Acesso em: 08 ago. 2008.

ALBUQUERQUE, José Lindomar Coelho. As línguas nacionais na fronteira Paraguai-Brasil. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL FRONTEIRAS ÉTNICO-CULTURAIS E FRONTEIRAS DA EXCLUSÃO. O desafio da interculturalidade e da equidade: a etnicidade no contexto de uma sociedade intercultural, 3., 2006. 1 CD-ROM.

BEHARES, L. E. (Org.). Segundo seminario sobre educación y lenguaje en áreas de frontera. Montevideo: Gabaratoss.s.r.l. 1997.

CAVALCANTE, Meire. Escolas de fronteira onde se trocam cultura, idioma e conhecimento. Revista Nova Escola, dez. 2004. Disponível em: <http://www.revistaescola.abril.com.br/edicoes/0178/aberto/fronteira.shtml>. Acesso em: 02 mar. 2005.

CENTENO, C. V. Educação e Fronteira com o Paraguai na Historiografia Mato-Grossense (1870- 1950). 2006. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006.

CITRINOVITZ, Estela. Formación de profesores para áreas de frontera. In: TRINDADE, Aldema M., BEHARES, Luis E. (Org.). Fronteiras, educação, integração. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), 1996. p. 35-48.

ENGUITA, M. F. A face oculta da escola. Porto Alegre: Artes Médicas, 1989.

FEDATTO, Nilce A. Freitas. Educação/cultura/fronteira: um estudo do processo educativo cultural na fronteira Brasil/Paraguai. Tese (Doutorado).São Paulo: PUC, 1995.

GOFFMAN, E. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1988.

GUSMÃO, N. M. M. ; RODRIGUES, H. ; MIRANDA, I. M. . Os filhos da África em Portugal: a vida entre dois mundos. Revista Travessia, São Paulo, v. 35, n. 0, p. 24-31, 1999.

PEÑALONZO, Jacinto Ordóñez. La escuela, diferentes contextos culturales y culturas de frontera. Revista Brasileira de Educacão, São Paulo, n. 23. p. 149-155. maio/jun./jul./ago. 2003. - Número Especial.

PEREIRA, J. H. V. Migrações de estudantes na fronteira do Brasil com o Paraguai. Dissertação (Mestrado). Campo Grande: UFMS, 1997.

PEREIRA, J. H. V. Educação e fronteira: processos identitários de migrantes de diferentes etnias. Tese (Doutorado). São Paulo: FEUSP, 2002.

PEREIRA, J. H. V. Escolas de fronteira: espaços de trocas, diálogos e aproximações. In: OSÓRIO, A. C. N.; PEREIRA, J. H. V.; OLIVEIRA, T. C. M.. (Org.). América Platina: textos escolhidos. Campo Grande: UFMS, 2007, v. II, p. 131-152.

QUANT, Inês Abadia. Lengua y cultura en áreas de frontera del MERCOSUR – problemática y propuestas. In: SHÄFFER, Neiva Otero et al (Org). Fronteiras no Mercosul. Porto Alegre: UFRGS/ Prefeitura Municipal de Uruguaiana, 1994.

RAFFESTIN, Claude. Prefácio. In: OLIVEIRA, Tito Carlos Machado de. (Org.). Território sem limites. Campo grande, UFMS, 2005.

SANTOMÉ, J. T. O curriculum oculto. Porto: Porto Editora, 1995.

SANTOS, Boaventura de Souza. Pela mão de Alice - o social e o político na pós-modernidade. Porto: Edições Afrontamento, 1994.

SOUZA, Susana Bleil. Estâncias brasileiras na fronteira Uruguaia no começo do século XX. Simpósio Nacional da ANH (20: 1999: Florianópolis). História: fronteiras/ANH. São Paulo: FFLCH/USP: ANPUH, 1999. Vol. II. p. 729-736.

TONETTO, D. D. ; PEREIRA, J. H. V. . Fluxos e complementaridades nas cidades geminadas de Ponta Porã/Brasil - Pedro Juan Caballero/Paraguai: um estudo dos aspectos educacionais. In: ENCONTRO DE INIÇIAÇÃO CIENTÍFICA, 9., 2008, Campo Grande. Anais... Campo Grande: UFMS. 1 CD-ROM.

TRINDADE, A. M.; BEHARES, L.E.; FONSECA, M. C. Educação e linguagem em áreas de fronteira Brasil-Uruguai. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, 1995.

WONG-GONZALES, P. Alianzas estratégicas de Regiones transfronterizas: cooperación y conflicto en la frontera USA-Mexico. MASI, F.; BORDA,D. Economías Regionales y Desarrollo Territorial. Asunción: CADEP, 2002.