Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Paradoxo da Cidadania

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v2n2p61-69

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/ML/index 

downloadpdf

Luci Praun1

 

Resumo: O artigo aborda, a partir da crítica ao conceito de cidadania, os limites de sua aplicabilidade no marco das sociedades fundadas em classes sociais. Apresenta a retomada relativamente recente dos discursos construídos por diferentes segmentos sociais em torno dos direitos cidadãos, particularmente na fase aberta nos anos 1980, na qual predominam as políticas de perfil neoliberal e o processo de reorganização do trabalho e da produção, confrontando-os com a realidade a qual se encontra submetida a maioria da população.

Palavras-chave: cidadania; igualdade ilusória; desigualdade.

 

Abstract: Based on the critical to the citizenship concept, this article broaches its limits of applicability in the societies established by social classes. It presents the relatively recent resumption of speeches that was constructed for different social segments around the citizens’ rights, particularly the phase begun in the 80’s, in which the neo-liberal politics and the work and production reorganization process predominated, collating them with the reality that the majority population is submitted to.

Keywords: citizenship; illusive equality; inequality.

 

1 Graduada em Ciências Sociais, mestre em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e doutoranda em Sociologia pela mesma universidade. Atualmente é docente e coordenadora do curso de Ciências Sociais da Universidade Metodista de São Paulo. E-mail: lucieneida.praun@uol.com.br / lupraun@uol.com.br.

 

Literatura Citada

BIRD / Banco Mundial. O trabalhador e o processo de integração mundial. Relatório sobre Desenvolvimento Mundial 1995. Washington: Oxford University Press, 1995.

DAVIS, Mike. Planeta Favela. São Paulo: Boitempo, 2006.

MARX, Karl. A Questão Judaica. São Paulo: Moraes, s/d.