Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Arte da Denúncia e do Anúncio em Paulo Freire e as Crônicas de Elias Boaventura

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/2238-121X/comunicacoes.v21n3p89-98

https://www.metodista.br/revistas/revistas-unimep/index.php/comunicacao 

downloadpdf

Josué A. Lazier1

 

Resumo: O artigo discorre sobre a arte do anúncio e da denúncia em Paulo Freire sob o olhar da teologia e destaca alguns aspectos em seus escritos que se aproximam do profetismo bíblico e, sobretudo, as questões que coloca sobre a figura do profeta na perspectiva da educação. O artigo também constrói uma relação de aproximação entre as crônicas de Elias Boaventura que o identificam como um educador profético ao escrever sobre as crises da Unimep entre 2006 e 2008, em especial as considerações que faz acerca do diálogo como caminho a ser percorrido para a superação das crises e do intervencionismo no projeto educacional da Unimep levado a efeito no final de 2006 pela mantenedora da Universidade e que podem ser identificadas como proféticas, pois o tom que as caracteriza é de anúncio e denúncia.

Palavras-chave: Anúncio. Denúncia. Diálogo. Educação libertadora. Protestantismo e educação.

 

Abstract: This paper discusses the art of announcement and denunciation in Paulo Freire through the eyes of theology and highlights some of the aspects in his writings that resemble the biblical praxis of prophecy and, most importantly, the questions he raises about the prophet’s figure from the perspective of education. The paper builds a close relationship with Elias Boaventura’s chronicles that identify him as a prophetic educator when writing about the crises faced by Unimep between the years 2006 and 2008, specially his insights on dialogue as a way to overcome the crises and the interventions in Unimep’s educational project brought about in late 2006 by the Sponsoring Institution, that can be seen as prophetic due to its tone of denunciation and announcement.

Key words: Announcement. Denunciation. Dialogue. Emancipa tory Education. Protestantism and Education.

 

1 Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP jalazier@uol.com.br

 

Literatura Citada 

ASSMANN, H. Metáforas novas para reencantar a educação: epistemologia e didática. Piracicaba: Unimep, 1996.

BOAVENTURA, E. Análise do documento “As Diretrizes para a Educação na Igreja Metodista”. In: BOAVENTURA, E. Reflexão sobre o documento “Vida e Missão”. Piracicaba: Universidade Metodista de Piracicaba, 1983.

BOAVENTURA, E. Pela autonomia universitária. Crônicas da luta na Unimep. 2006/2009. Piracicaba: Equilíbrio, 2010.

FREIRE, P. Terceiro mundo e teologia. Carta a um jovem teólogo. In: TORRES, C. A. A práxis educativa de Paulo Freire. São Paulo: Loyola, 1977.

FREIRE, P. Educação: o sonho possível. In: BRANDÃO, C. R. et al. O educador: vida e morte. Rio de Janeiro/RJ: Graal, 1982.

FREIRE, P. O papel educativo das igrejas na América Latina. In: FREIRE, P. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. São Paulo: Paz e Terra, 2000a.

FREIRE, P. Pedagogia da indignação. Cartas pedagógicas e outros escritos. São Paulo: Unesp, 2000b.

FREIRE, P. A pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

SCOTT, R. B. Y. Os profetas de Israel. Nossos contemporâneos. São Paulo: Aste, 1968.

SGUISSARDI, W. O cronista da resistência ativa e do diálogo. In: BOAVENTURA, E. Pela autonomia universitária. Crônicas da luta na Unimep. 2006/2009. Piracicaba: Equilíbrio, 2010.

STRECK, D. Correntes pedagógicas: uma abordagem interdisciplinar. Petrópolis: Vozes, 2005.

TORRES, C. A. Diálogo com Paulo Freire. São Paulo: Loyola, 1979.