crosscheckdeposited

Comportamento Ingestivo e Respostas Termorregulatórias de Equinos em Atividades de Pastejo

DOI: http://dx.doi.org/10.14269/2318-1265/jabb.v3n1p28-34

http://www.jabbnet.com/ 

downloadpdf

Wéverton J. L. Fonseca1, Augusto M. de Oliveira1, Wéverson L. Fonseca1, Gioto G. T. e Sousa1, Leandro de O. Guerra1, Mário F. de A. Sousa1 & Severino C. de Sousa Júnior1

 

Resumo: O objetivo deste artigo foi avaliar as principais respostas fisiológicas, bem como os principais padrões de comportamento ingestivo e parâmetros fisiológicos de equinos em atividades de pastejo. O comportamento animal recebe influência de diversos fatores, tais como, clima, temperatura, alimentação, etc., tornando-se assim indispensáveis boas práticas de manejo, para que o animal possa expressar o seu melhor desempenho possível. A perda de calor nos equinos se dar de várias maneiras (Condução, convecção, radiação, evaporação), isto ocorre para que o animal possa entrar na sua zona de conforto térmico (37,5°C a 38,5°C).

Palavras-chave: etologia, conforto térmico, taxa de bocado

 

Abstract: The objective of this article was to evaluate the main physiological responses, as well as the main patterns of ingestive behavior and physiological parameters of equines in activities grazing. Animal behavior is influenced by several factors, such as, climate, temperature, power supply, etc., thus becoming indispensable good management practices, for the animal can play to their best possible performance. The loss of heat in equines that give several ways (conduction, convection, radiation, evaporation), this occurs so that the animal can enter in their zone of thermal comfort (37.5ºC to 38.5ºC).

Key words: ethology, thermal comfort, bite rate

 

1 Universidade Federal do Piauí (UFPI), Brasil. E-mail: wevertonsbz@yahoo.com

 

Literatura Citada

Almeida FQ, Brito CO, Lana AMQ, Lopes BA, Duque RS, Corassa A, Soares Neto J (2001) Ingestive behaveur in grazing mares. In: Symposyum Equine Nutrition And Physiology, 17.,2001, Lexangton. Proceedings… Lexangton: ENPS,. p. 479-483.

Amaral DF, Barbosa OR, Gasparino E (2009) Efeito da suplementação alimentar nas respostas fisiológicas, hormonais e sanguíneas de ovelhas Santa Inês, Ile de France e Texel. Acta Scientiarum. Animal Sciences 31: 403-410.

Barbosa BRP, Santos AS, Mcmanus C et al (2008) Índice de tolerância ao calor em cavalos pantaneiros na região do Pantanal, Brasil.

Barbosa OR, Boza PR, Santos GT et al (2004) Efeitos da sombra e da aspersão de água na produção de leite de vacas da raça Holandesa durante o verão. Acta Scientiarum. Animal Sciences. 26:115-122.

Berman A, Folman Y, Kaim M, Mamen M, Herz Z, Wolfenson D, Arieli A, Graber A (1985) Upper criticai temperatures and forced ventilation effects for high yielding dairy cows in a subtropical climate. Journal of Dairy Science, Quebec, 68:1488-1495. doi

Brandi RA (2007) Efeito de dietas com a adição de níveis crescentes de óleo de soja sobre a atividade enzimática e a digestibilidade aparente em equinos submetidos a enduro de 80 km. Maringá, 1077f. Tese, (Doutor em Zootecnia) - Programa de Pós- Graduação em Zootecnia, Universidade Estadual de Maringá.

Castanheira M (2009) Análise multivariada de características que Influenciam a tolerância ao calor em equinos, Ovinos e bovinos. Goiás, 107f. Tese, (Doutor em Ciência Animal) - Programa De Pós-Graduação Em Ciência Animal, Universidade federal de Goiás.

Cunningham JG (2002) Termorregulação. In: Tratado de fisiologia veterinária. 3.ed. São Paulo: Guanabara Koogan. p.550-561. Cunningham JG (2004) Tratado fisiologia veterinária. 3ed Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 579p.

Dittrich JR, Carvalho PCF, Dittrich RL, Moraes A (2007) Comportamento ingestivo de eqüinos em pastagens. Archives of Veterinary Science, 12:1-8.

Dittrich JR, Carvalho PCF, Moraes A, Lustosa SBC, Silveira EO, Oliveira EB (2005) Preferência de eqüinos em pastejo: efeito da altura de dosséis de gramíneas do gênero cynodon. Archives of Veterinary Science, 10:61-67.

Dittrich JR, Neto AS, Swaroski D, Lobo AH, Cassanelli F, Melo, HA (2010) Comportamento alimentar de potros da raça manga-larga marchador submetidos a ofertas de alimento e confinamento noturno. Archives of Veterinary Science, v.15, n.4, p.211-217.

Dwyer RM (1986) The Practical Diagnosis and Treatment of Metabolic Conditions in Endurance Horses. Equine Practice, v.8, n.8, p. 21-33.

Figueiredo MRP, Saliba EOS, Borges I et al (2013) Comportamento ingestivo de ovinos alimentados com diferentes fontes de fibra. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia 65: 485-489. doi

Fonseca WJL, Monteiro Luz CS, Fonseca WL, Sousa GGT, Sousa DJA, Santos TR, Borges LS, Guerra LO, Sousa TO, Sousa Júnior, SC (2014) Physiological parameters in the Equine Competitions Rodeo Cow in the southern state of Piaui, Brazil. Journal of Agricultural Science, vol. 6, No. 5, May.

Geor RJ, Mccutchen LJ, Lindinger MI (1996) Thermoregulation in the exercising horse: Physiological adaptation associated with heat acclition, The equine Athlete, v. 19, n.3, p.14-18.

Gomes CS (2004) Azevém e aveia branca como fator de influência no comportamento ingestivo de equinos. Dissertação, Curso de Pósgraduação em Agronomia. UFPR. Curitiba. 48p.

Gomes CS, Moraes A, Lustosa SBC (2004) Características comportamentais de equinos em pastejo durante o inverno. In: Reunião da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 40., 2003, Santa-Maria. Anais... Santa-Maria: UFSM.

Hickman Junior CP, Hodgson DR Robinson NE (1987) Príncipios integrados de zoologia. 11.ed. Rio Clinical Assessment of Performance horses. In: Current Therapy in Equine Medicine. Philadelphia: W.B. Saunders Company. 761 p. cap. 2, p. 476-477.

Leroux AJ, Schott, HC, Himes MT V (1995) Ventricular tachycardia associated wich exhaustive exercise in a horse. Journal the of American Veterinary Medical Association, n.3, p.335-557.

Lima CB, Costa TGP, Nascimento TL et al (2014) Comportamento ingestivo e respostas fisiológicas de ovinos em pastejo no semiárido. J Anim Behav Biometeorol v.2, n.1, p.26-34. doi

Lopes KRF, Batista JS, Dias RVC, Soto-Blanco B (2009) Influência das competições de vaquejada sobre os parâmetros indicadores de estresse em equinos. Ciência Animal Brasileira, v.10, n.2, p.538-543.

Mader TL, Johnson LJ, Gaughan JB A (2010) comprehensive index for assessing environmental stress in animals. Journal of Animal Science. Vol. 88, p. 2153-2165. doi

Marques JÁ (2000) O Stress e a Nutrição de Bovinos. Maringá: Imprensa universitária, 42p.

Mccutcheon LJ, Geor RJ Hinchliff KW, Kaneps AJ (2008) Equine exercise physiology the science of exercise in the athletic horse: Philadelphia: Saunders. Elsevier, 463 p. cap. 6, p. 382-396.

Mcfarland D (1999) Animal behavior: psychobiology, ethology and evolution, 3. ed. [S.I.]: Prentice Hall, p.307.

Mota SD (2000) Genética nas pistas. Revista Unesp - Rural, n. 17, p. 22.

Muir W (2004) Recognizing and treating pain in horses. In: Reed MS, Bayly WM, Sellon D Equine internal medicine. 2nd ed. Philadelphia: Saunders. Cap. 22, p.1529-15541.

Nääs IA (1989) Princípios de conforto térmico na produção animal. São Paulo: Ícone, 183 p.

Nóbrega GH, Silva EMN, Souza BB, Mangueira JM A (2011) produção animal sob a influência do ambiente nas condições do semiárido nordestino. Revista verde de agroecologia e desenvolvimento sustentável. Vol. 06, n. 01, p. 67- 73.

Nrc (2007) National Research Council. Nutrients requirements of domestic horses. 6 ed. Washington, D.C.: National Academy of Scince, 341p.

Obertshaw D (2006) Regulação da temperatura e o ambiente térmico. In: Dukes, fisiologia dos animais domésticos, 12. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p.897-908.

Paludo GR, Mcmanus C, Melo RQ, Cardoso AG, Mello FP, Moreira M, Fuck BH (2002) Efeito do estresse térmico e do exercício sobre parâmetros fisiológicos de cavalos do exercito brasileiro. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v. 31, p. ll30-ll42.

Pereira CCJ (2005) Fundamentos de bioclimatologia aplicados à produção animal. Belo Horizonte: FEPMVZ. 195p.

Randall M (2010) The Physiology of Stress: Cortisol and the Hypothalamic-Pituitary-Adrenal Axis. DUJS Online – The Darmouth Undergraduate Journal of Science. Fall.

Robertshaw D (2006) Regulação da temperatura e o ambiente térmico. In: Dukes, fisiologia dos animais domésticos, 12.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p.897-908.

Rodrigues AL, Souza BB, Filho JMP et al (2010) Influência do sombreamento e dos sistemas de resfriamento no conforto térmico de vacas leiteiras. Agropecuária Científica no Semiárido. Vol. 06, n. 02, p. 14 - 22.

Santos E M, Zanine AM, Parente HN, Ferreira DJ, Almeida FQ, Cecon PR (2006) Comportamento ingestivo de equinos em pastagens de grama batatais (Paspalum notatum) e braquiarinha (Brachiaria decumbens) na região centro-oeste do Brasil. Ciência Rural, v.36, n.5, p.1565–1569, set-out. doi

Santos MM, Azevedo M, Costa LAB et al (2011) Comportamento de ovinos da raça Santa Inês, de diferentes pelagens, em pastejo. Acta Scientiarum Animal Sciences 33:287-294. doi

Santos R (1999) Os cruzamentos na pecuária moderna. Porto Alegre: Editora Agropecuária Tropical, 549p.

Schott II HC, Naylor JRJ, Hodgson DR (1991) Aspects of Heat Producion, Dissipation and Exhaustion in the Exercising Horse - Part 3 Heat Exhaustion. The Equine Athlete, v.4, n.2.

Silva GA, Souza BB, Alfaro CEP et al (2005) Efeito das épocas do ano e de turno sobre os parâmetros fisiológicos e seminais de caprinos no semiárido paraibano. Agropecuária Científica no Semiárido. Vol. 01, p. 07-14.

Silva LAC, Santos AS, Pellegrin LA et al (2004) Comportamento de pastejo e preferência alimentar de cavalos pantaneiros usados no manejo diário do gado do pantanal. In: Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 41., 2004, Campo Grande. Anais... Campo Grande, MS.

Silva LAC, Santos AS, Silva RAS, Mcmannues C, Petzold H (2005) Adaptação do cavalo pantaneiro ao estresse da lida diária de gado no Pantanal, Brasil. Archivos de Zootecnia, v.54, p.509-513.

Silva RG (2000) Introdução à bioclimatologia animal. São Paulo: Nobel, 286 p.

Silva RG (2005) Zoneamento bioclimático para animais de interesse zootécnico. In: Reunião anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, 42, 2005, Goiânia, Anais... Goiânia: SBZ. v. 1, p.388-394.

Souza BB, Silva IJO, Mellace EM et al (2010) Avaliação do ambiente físico promovido pelo sombreamento sobre o processo termorregulatório em novilhas leiteiras. Agropecuária Científica no Semiárido. Vol.06, n. 02, p. 59 - 65.

Stuth JW, Heitschmidt RK, Stuth JW et al (1991) Grazing management: Anecological perspective. Oregon: Timber Press, p.85-108.

Titto EAL (1998) Clima: Influência na produção de leite. Ambiência na produção de leite em clima quente, Piracicaba: FEALQ.

Titto EAL, Pereira AMF, Toledo LRA et al (2009) Concentração de eletrólitos em equinos submetidos a diferentes temperaturas. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, Salvador, v.10, n.1, p.236-244.

Zanine AM, Santos EM, Parente HN et al (2005) Diferenças Comportamento ingestivo de equinos em pastagens de grama batatais (Paspalum natratum) e braquiarinha (Brachiaria decumbens) na região Centro-Oeste do Brasil. In: Congresso Nacional dos Estudantes de Zootecnia, 10., 2005. Campo Grande, Anais... Campo Grande, MS.

Zanine AM, Santos EM, Parente HN et al (2006) Diferenças entre sexos para as atividades de pastejo de em eqüinos no nordeste do Brasil. Archivos de Zootecnia. v. 55, n. 209, p. 1-10.