crosscheckdeposited

Diferentes Níveis de Energia na Dieta Causam Alterações Fisiológicas em Caprinos Nativos do Semiárido Brasileiro

DOI: http://dx.doi.org/10.14269/2318-1265/jabb.v3n1p35-40

http://www.jabbnet.com/ 

downloadpdf

Jória L. de A. Paulo1, Luana de F. D. dos Santos1, Dermeval A. Furtado1, Ariosvaldo N. Medeiros1 & Edilson P. Saraiva1

 

Resumo: Objetivou-se avaliar os parâmetros fisiológicos de caprinos nativos Canindé e Moxotó, confinados, em função das dietas contendo dois níveis de energia. Foram utilizados 24 caprinos, machos, com peso médio inicial de 15,22 ± 1,76 kg, distribuídos aleatoriamente num delineamento inteiramente casualizado, em arranjo fatorial 2x2 (duas raças e duas dietas). Foram avaliadas as dietas experimentais com maior nível energético: Dieta A (2,7 Mcal de EM/kg de MS), formulada com relação volumoso:concentrado 35:65; e outra com menor nível energético: Dieta B (2,2 Mcal de EM/kg de MS) e relação volumoso:concentrado 70:30. Foram aferidos os parâmetros fisiológicos quanto à temperatura retal (TR) e frequência respiratória (FR) das 6:00 h às 21:00 h em intervalos de três horas. As variáveis climáticas foram tomadas durante todo o período experimental. Houve diferença significativa entre as raças e dietas para a FR, com maiores médias desse parâmetro para os animais da raça Canindé alimentado com a dieta de 2,7 Mcal de EM/kg de MS. As variáveis ambientais ficaram elevadas a partir das 12:00 h e 15:00 h, no entanto os caprinos da raça Moxotó e Canindé mantiveram TR dentro dos limites normais, mas com aumento da FR. Os animais alimentados com a dieta de 2,7 Mcal de EM/kg de MS obtiveram maior FR e mostraramse com elevado grau de adaptabilidade as condições ambientais da região.

Palavras-chave: adaptabilidade, estresse térmico, temperaturas elevadas

 

Abstract: The objective was evaluate the physiological parameters of native goats Canindé and Moxotó confined according to the diets containing two energy levels. 24 goats were used, males, with average weight of 15.22±1.76 kg, were randomly distributed in a completely casual design in a 2x2 factorial arrangement (two races and two diets). The experimental diets with higher energy level were evaluated: Diet A (2.7 Mcal of ME/kg DM), formulated with forage:concentrate 35:65; and one with lower energy level: Diet B (2,2Mcal of ME/kg DM) and forage:concentrate 70:30. Physiological parameters were measured on the rectal temperature (RT) and respiratory rate (RR) from 6:00 a.m. to 9:00 p.m. every three hours. The climate variables were taken throughout the experimental period. There were significant differences between breeds and diets for RR, with higher averages of this parameter to animals of the Canindé breed fed with diet of 2,7Mcal of ME/kg of DM. Environmental variables were elevated from12:00 p.m. and 3:00 p.m., however goats of Moxotó and Canindé breed maintained the RT within normal limits, but with na increase in RR. Animals fed the with diet of 2.7 Mcal of ME/kg DM had higher RR and showed up with a high degree of adapt ability to environmental conditions of the region.

Key words: adaptability, thermal stress, high temperatures

 

1 Universidade Federal do Piauí (UFPI), Brasil. E-mail: luana_jppb@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

Baccari Júnior F (1986) Métodos e técnicas de avaliação da adaptabilidade dos animais nos trópicos. In: Semana de Zootecnia, 11. 1986, Pirassununga. Anais... Pirassununga: Fundação Cargill. p.53-64.

BaccariJr F, Gayão ALBA, NunesJRV (1993) Effect of water cooling on growth rate of Large White-Landrace gilts during termal stress. In: Livestock Environment, 4, Coventry. Proceedings: Amer. Soc. Agric. Engrs., 889-94.

Baêta FC, Souza CF (2010) Ambiência em edificações rurais: conforto animal. 2ª ed. Viçosa: UFV.

Barreto LHG, Medeiros AN, Batista AMV (2011) Comportamento ingestivo de caprinos das raças Moxotó e Canindé em confinamento recebendo dois níveis de energia da dieta. Revista Brasileira de Zootecnia 40:834-842. doi

Dukes HH, Swenson HJ (1996) Fisiologia dos animais domésticos. 11ª ed. Rio de Janeiro, RJ. 856p.

Eloy AMX, Aguiar FC de, Pinheiro RR, Silva NMM, Brito RLL de, Araújo AM de, Brito IF de, Furtado JR (2011) Influência dos períodos seco e chuvoso sobre os parâmetros clínicos em caprinos das raças Canindé e Moxotó. Revista Brasileira de Medicina Veterinária 33:246-252.

Façanha DAE, Chaves DF, Morais JHG, Vasconcelos AM, Costa WP, Guilhermino MM (2013) Tendências metodológicas para a avaliação da adaptabilidade ao ambiente tropical. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal 14:91-103. doi

Ferreira RA (2005) Maior produção com melhor ambiente para aves, suínos e bovinos. Aprenda Fácil, Viçosa, 371p.

Figueiredo LAS, Sarmento JLR, Campelo JEG, Santos NPS, Sousa JER, Biaiotti D (2012) Fatores ambientais e genéticos sobre a curva de crescimento em caprinos mestiços. Comunicata Scientae 3:154-161.

Gomes CAV, Furtado DA, Medeiros NA, Silva DS, Pimenta Filho EC, Lima Júnior V (2008) Efeito do ambiente térmico e níveis de suplementação nos parâmetros de caprinos Moxotó. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 12:213-219. doi

Leite JRS, Furtado DA, Leal AF, Souza BB, Silva AS (2012) Influência de fatores bioclimáticos nos índices produtivos e fisiológicos de caprinos nativos confinados. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 16:443-448. doi

Lisboa ACC, Furtado DA, Medeiros NA, Costa RG, Queiroga RCE, Barreto LMG (2010) Quantitative characteristics of the carcasses of Moxotó and Canindé goats fed diets with two different energy levels. Revista Brasileira de Zootecnia 39:1565-1570. doi

Lucena LFA, Furtado DA, Nascimento JWB, Medeiros AN, Souza BB (2013) Respostas Fisiológicas de caprinos nativos mantidos em temperatura termoneutra e em estresse térmico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 17:672-679. doi

National Research Council–NRC (1981) Nutrient requirement of domestics animals: nutrient requirement of goats. 91p.

Pereira GM, Souza BB de, Silva AM de A, Roberto JVB, Silva CMB de A (2011) Avaliação do comportamento fisiológico de caprinos da raça Saanen no semiárido paraibano. Revista Verde de Agrotecnologia e Desenvolvimento Sustentável 6:83-88.

Santos FCB, Souza BB de, Alfaro CEP, Cézar MF, Pimenta Filho EC, Acosta AAA, Santos JRS (2005) Adaptabilidade de caprinos exóticos e naturalizados ao clima semi-árido do nordeste brasileiro. Revista Ciência e Agrotecnologia 29:142-149. doi

Silva EMN, Souza BB de, Souza OBS, Silva G de A, Freitas MMS de (2010) Avaliação da adaptabilidade de caprinos ao semiárido através de parâmetros fisiológicos e estruturas do tegumento. Revista Caatinga 23:142-148.

Silva RG da, Scala NLJ, Bersipocay PL (2001) Transmissão de radiação ultravioleta através do pelame e da epiderme de bovinos. Revista Brasileira de Zootecnia 30:1939-1947. doi

Silva RG da, Starling JMC (2003) Evaporação cutânea e respiratória em ovinos sob altas temperaturas ambientes. Revista Brasileira de Zootecnia 32:1956-1961. doi

Souza ED, Souza BB de, Souza WH de, Cezar MF, Santos JRS dos, Tavares G de P (2005) Determinação dos parâmetros fisiológicos e gradiente térmico de diferentes grupos genéticos de caprinos no semiárido. Ciência e Agrotecnologia 29:177-184. doi

Souza BB de, Souza ED de, Silva RMN da, Cezar MF, Santos JRS, Silva GA de (2008) Respostas fisiológicas de caprinos de diferentes grupos genéticos no semiárido paraibano. Ciência e Agrotecnologia 32:314-320. doi

Souza BB de, Silva ALN, Pereira Filho JM, Batista NL, Furtado DA (2013) Respostas fisiológicas de caprinos terminados em pastagem nativa no semiárido paraibano. Journal of Animal Behaviour and Biometeorology 1:37-43. doi