Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Jornalismo Ambiental Circula na Arena da Ciência e da Política

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0934/aum.v13n13p113-126

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/AUM/index 

downloadpdf

Wilson C. Bueno1

 

Resumo: O jornalismo ambiental brasileiro privilegia a vertente técnica, ignorando o impacto econômico e sociocultural das soluções propostas para a atual crise ambiental e o lobby formidável empreendido por interesses privados, com a cumplicidade das autoridades. Defende a neutralidade e a objetividade, resquícios de uma prática equivocada do chamado jornalismo liberal, e por isso contribui para desqualificar a cobertura de temas ambientais.

Palavras-chave: Jornalismo ambiental − Reportagem ambiental

 

Abstract: The Brazilian environmental journalism favors the technical perspective, disregarding the economic and socio-cultural impact of the solutions proposed for the present environmental crisis. It also ignores the formidable lobby carried out by private interests with the connivance of authorities. Environmental journalism protects neutrality and objectivity, traces of a misleading practice of the so called liberal journalism and, therefore, contributes to the disqualification of the coverage of environmental subjects.

Key words: Environmental journalism − Environmental report

 

1 É jornalista, professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). Tem mestrado e doutorado em Comunicação e especialização em Comunicação Rural. Editor de sete sites temáticos em Comunicação/Jornalismo, um deles voltado especificamente para o jornalismo ambiental (http://www.jornalismoambiental.com.br). Tem vários livros publicados, um deles na área de comunicação/jornalismo e meio ambiente (Comunicação, jornalismo e meio ambiente: teoria e pesquisa [Mojoara Editorial, 2007]). Ministra pela Comtexto Comunicação e Pesquisa curso a distância de Comunicação, Jornalismo e Meio Ambiente (http://www.comunicacaoadistancia.com.br). E-mail: wilson@comtexto.com.br.

 

Literatura Citada

ANDRADE, T. Ecológicas manhãs de sábado: o espetáculo da natureza na televisão brasileira. São Paulo: Annablume/Fapesp, 1998.

BACCHETTA, Víctor L. Ciudadania planetaria: temas y desafíos del periodismo ambiental. s/l.: Federación Internacional de Periodistas Ambientales/Fundación Friedrich Ebert, 2000.

BUENO, W. C. As síndromes do jornalismo ambiental brasileiro. In: MARQUES DE MELO, José (Org.). Mídia, ecologia e sociedade. São Paulo: Intercom, 2008.

BUENO, W. C. Comunicação, jornalismo e meio ambiente. São Paulo: Mojoara, 2007.

COSTA, L. M. Comunicação & meio ambiente: a análise das campanhas de prevenção a incêndios florestais na Amazônia. Belém/PA: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos/UFPA, 2006.

DENCKER, A. F.; KUNSCH, M. M. K. K. (Org.). Comunicação e meio ambiente. São Paulo: Intercom, 1996.

GARCIA, R. Sobre a Terra: um guia para quem lê e escreve sobre meio ambiente. Lisboa: Público-Comunicação Social, 2006.

LUFT, S. Jornalismo, meio ambiente e Amazônia: os desmatamentos nos jornais O Liberal do Pará e A Crítica do Amazonas. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2005.

MATTOZO, V.; CAMARGO, C. C. B. Energia, ambiente & mídia: qual é a questão? Florianópolis: UFSC, 2005.

NELSON, P. Dez dicas práticas para reportagens sobre o meio ambiente. Brasília: WWF/CFJ, 1994.

PASSOS, D. M. S.-P. Linguagem, política e ecologia: uma análise do discurso de Partidos Verdes. Campinas: Pontes, 2006.

PINHEIRO DO NASCIMENTO, E.; VIANNA, J. N. S. (Org.). Economia, meio ambiente e comunicação. Rio de Janeiro: Garamond, 2006.

PORTO-GONÇALVES, C. W. O desafio ambiental. Rio de Janeiro: Record, 2004.

RABELO, D. C. Comunicação e mobilização na Agenda 21 local. Vitória/ES: Edufes/Facitec, 2003.

RAMOS, L. F. A. Meio ambiente e meios de comunicação. São Paulo: Annablume/Fapesp, 1995.

SANTINI DE ABREU, M. Quando a palavra sustenta a farsa: o discurso jornalístico do desenvolvimento sustentável. Florianópolis: UFSC, 2006.

TRIGUEIRO, A. Mundo sustentável: abrindo espaço na mídia para um planeta em transformação. Rio de Janeiro: Globo, 2005.

URBAN, Teresa. Em outras palavras: meio ambiente para jornalistas. Curitiba: Senar-PR/Sema, 2002.

VILAS BOAS, S. (Org.). Formação & informação ambiental. São Paulo: Summus, 2004.

WWF-BRASIL; IIEB. Manual de comunicação e meio ambiente. São Paulo: Peirópolis, 2004.