Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Paradigma da Folkcomunicação: Estudo de Caso à Luz da Teoria de Beltrão, Trigueiro e Hohlfeldt

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0934/aum.v16n16p79-87

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/AUM/index 

downloadpdf

Alênicon P. Souza1 & Ana P. C. A. Pedrosa2

 

Resumo: O objetivo do presente texto é construir um panorama do desenvolvimento da teoria da folkcomunicação. Neste sentido, optamos por trabalhar com alguns dos principais teóricos da temática para o enriquecimento da análise; são eles: Luiz Beltrão, Oswaldo Trigueiro e Antônio Hohlfeldt. Desta forma, a pesquisa é fundamentada pela metodologia qualitativa com base em um levantamento bibliográfico. Ademais, a análise alinha-se com a tendência de aprofundamento do tema da folkcomunicação e tem por finalidade perceber as transformações pelas quais ele vem passando ao longo do tempo. Em suma, o cenário abarcado pela teoria da folkcomunicação na contemporaneidade tem sido reconfigurado, fato que exige uma avaliação minuciosa das principais transformações desse paradigma.

Palavras-chave: Folkcomunicação – panorama – paradigma

 

Abstract: The objective of this paper is to present an overview of the development of folk communication theory. In this sense, we chose to work with some of its leading theoreticians in order to enrich the analysis: Luis Beltrão, Oswaldo Trigueiro, and Antônio Hohlfeldt. Thus, the research is substantiated by qualitative methodology based on literature survey. Moreover, the analysis aligns with the trend of deepening the theme of folk communication and aims at acknowledging the transformations it has undergone over time. In short, the scenario encompassed by the theory of folk communication has been currently reconfigured,  requiring a thorough review of the main changes of this paradigm.

Key words: communication – scenario – paradigm.

 

1 Jornalista, Licenciado em Ciência Sociais, Mestrando em Desenvolvimento Regional pela Universidade Estadual da Paraíba. alenicon@gmail.com
2 Jornalista, Mestre em Extensão Rural e Desenvolvimento Local pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, Doutoranda em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas. ana.ecosolidaria@gmail.com

 

Literatura Citada

BELTRÃO, L. Folkcomunicação: teoria e metodologia. São Bernardo do Campo: Umesp, 2004.

BENJAMIN. R. Folkcomunicação: da proposta de Luiz Beltrão à contemporaneidade. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, São Paulo, n. 8-9, 2008.

GADINI, S. L.; WOITOWICZ, K. J. Noções básicas de folkcomunicação. Uma introdução aos principais termos, conceitos e expressões. Ponta Grossa: UEPG, 2007.

HOHLFELDT, A. Novas tendências nas pesquisas da folkcomunicação: pesquisas acadêmicas se aproximam dos estudos culturais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DAS CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO – Intercom, 25., 2002. Salvador. Anais… Disponível em: <http://www2.metodista.br/unesco/PCLA/revista14/artigos%2014-1.htm>. Acesso em: 15 abr. 2012.

HOHLFELDT, Antonio. Luiz Beltrão: o profissional de jornalismo e o preparador de jornalistas. In BELTRÃO, Luiz. Folkcomunicação: um estudo dos agentes e dos meios populares de informação, de fatos e expressões e ideias. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

HOHLFELDT, Antonio - Folkcomunicação: positivo oportunismo de quase meio século, comunicação apresentada à Folkcom, Campo Grande, Maio de 2001.

LIMA, C. A. et al. A primeira teoria da comunicação genuinamente brasileira: o legado de Luiz Beltrão. In: CONGRESSO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 5., 2007, São Paulo. Anais… Disponível em: <http://paginas.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/5o-encontro-2007-1/A%20primeira%20teoria%20da%20Comunicacao.pdf>. Acesso em: 17 fev. 2012.

MACIEL, B. Rede de estudos e pesquisas em folkcomunicação. Rede Folkcom: história e perspectivas de um novo campo do saber. CONGRESSO MUNDIAL DE COMUNICAÇÃO IBERO-AMERICANA – CONFIBERCOM, 1., 2011, São Paulo. Anais… Disponível em: <http://confibercom.org/anais2011/pdf/50.pdf>. Acesso em: 22 abr. 2012.

MARQUES DE MELO, J. Luiz Beltrão: pioneiro dos estudos de folkcomunicação no Brasil. In: Revista Latina de Comunicación Social, número 21, de setembro de 1999, La Laguna (Tenerife), disponível em: http://www.ull.es/publicaciones/latina/a1999dse/46beltrao.htm . Acesso em maio de 2000. Acesso em: 23 abr. 2012.

MARQUES DE MELLO, J. Mutações em folkcomunicação: revisitando o legado beltraniano. Revista Verso e Reverso, São Leopoldo, n. 46, 2007.

SCHMIDT, C. Avanços teóricos e metodológicos para os estudos de folkcomunicação. s.d. Disponível em: <http://encipecom.metodista.br/mediawiki/images/e/ed/GT1-_FOLKCOM-_01_Avancos_teoricos_e_metodologicos-_Cristi_.pdf>. Acesso em: 18 mar. 2012.

SCHMIDT, C. Folkcomunicação: uma metodologia participante e transdisciplinar. In: CONFERÊNCIA BRASILEIRA DE FOLKCOMUNICAÇÃO, 7., 2004, Lajeado. Anais… Disponível em: <http://www.revistas.uepg.br/index.php?journal=folkcom&page=article&op=view&path%5B%5D=574&path%5B%5D=408 >. Acesso em: 17 fev. 2012.

SCHMIDT, C. Folkcomunicação: estado do conhecimento sobre a disciplina. Bibliocom, ano 1, n. 1, nov.-dez. 2008. Disponível em: <http://www.portcom.intercom.org.br/revistas/index.php/bibliocom/article/viewFile/1488/1466>. Acesso em: 9 mai. 2012.

TRIGUEIRO, O. M. Apropriações do folclore pelos meios de comunicação de massa e pelo turismo: o caso concreto do São João de Campina Grande – Paraíba. 1993. Disponível em: <http://bocc.ubi.pt/pag/trigueiro-osvaldo-apropriacao-folclore.html > Acesso em: 15 mar. 2012.

TRIGUEIRO, O. M. Do rural ao urbano, o papel da televisão no São João de Campina Grande/Paraíba/Brasil. 2001. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/trigueiro-osvaldo-rural-urbano.pdf> Acesso em: 12/03/2012.

TRIGUEIRO, O. M. A espetacularização das culturas populares ou produtos culturais folkmidiáticos. 2005. Disponível em: <http://www.bocc.ubi.pt/pag/trigueiro-osvaldo-espetacularizacao-culturas-populares.pdf> Acesso em: 15 mar. 2012.