Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Segurança: Um Mote Neoliberal na Mídia

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-0934/aum.v17n17p27-42

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/AUM/index 

downloadpdf

William C. Gonçalves1

 

Resumo: No presente artigo são discutidos os princípios que regem partidos e governos que apresentam uma inclinação à ideologia neoliberal e como estes prezam por uma menor interferência governamental. É abordado também o papel assumido por parte da mídia na busca da modernidade e como este discurso serve de instrumento primordial na expansão deste modelo político-econômico. Posteriormente, é abordada a ênfase na repressão policial apresentada por governos neoliberais, uma ação que se apoia em uma construção discursiva que aponta este caminho como sendo o único para obter-se segurança. A partir daí realiza-se uma Análise de Conteúdo de uma propaganda do Governo de Minas Gerais onde estes preceitos neoliberais aparecem como solução aos problemas envolvendo a segurança pública.

Palavras-chave: propaganda; neoliberalismo; segurança; mídia e identidade

 

1 Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFJF, e-mail: wc.goncalves@hotmail. com

 

Literatura Citada

ALDÉ, Alessandra. A construção da política: cidadão comum, mídia e atitude política. 2001. 232 (f). Tese (Doutorado) – Instituto Universitário de Pesquisa do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2001.

ANDERSON, Perry. Balanço do Neoliberalismo. In: SADER, E. & GENTILI, P. (Orgs). Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o Estado Democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

ANTUNES, Ricardo. A desertificação neoliberal no Brasil (Collor, FHC e Lula). Campinas: Autores Associados, 2004.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal: Edições 70, 1977.

BRASIL, Ministério da Justiça. Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2012. Disponível em: <http://www.mp.ma.gov.br/arquivos/CAOPCRIM/FBSP_anuario_2012_08-11-12.pdf>. Acesso em: 02 ago. 2013.

CENTRO BRASILEIRO DE ESTUDOS LATINO-AMERICANOS. Mapa da violência 2013. Disponível em: <http://www.mapadaviolencia.org.br/mapa2013_jovens.php> Acesso em: 01 ago. 2013.

DOMENACH, Jean Marie. A propaganda política. 2001. Disponível em:< http://xa.yimg.com/kq/groups/24814646/1936014138/name/Propaganda_politica+-+Jean-Marie+Domenach.pdf > Acesso em: 01 ago. 2013.

GOFFMAN, Erving. Manicômios, Prisões e Conventos. Tradução Dante Moreira Leite. São Paulo: Perspectiva, 1961.

GUIOT. André Pereira. Um ‘Moderno Príncipe’ para a burguesia brasileira: o PSDB (1988-2002). 2006. 197 (f). Dissertação (Mestrado) – Faculdade de História, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, 2006. Disponível em: <http://www.historia.uff.br/stricto/teses/Dissert-2006_GUIOT_Andre_Pereira-S.pdf> Acesso em: 27 jul. 2013.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 11. Ed. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva, Guacira Lopes Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

JARDIM, Antônio de Ponte; OLIVEIRA, Otair Fernandes. Globalização, Neoliberalismo e Estado-Nação: Reflexões Analíticas. Perspectiva Sociológica. Rio de Janeiro, n. 3, p. s/n, 2009. Disponível em: <http://www.cp2.g12.br/UAs/se/departamentos/sociologia/pespectiva_sociologica/Numero3/Artigos/Jardim%20e%20Otair%20-%20Globaliza%C3%A7%C3%A3o....pdf> Acesso em: 02 ago. 2013.

HAYEK, F.A. O caminho da servidão. São Paulo : Instituto Ludwig von Mises Brasil, 2010. Disponível em: <http://www.mises.org.br/files/literature/O%20CAMINHO%20DA%20SERVID%C3%83O%20-%20WEB.pdf> Acesso em: 01 ago. 2013.

KELLNER, Douglas. A cultura da mídia - estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

MARTIN-BARBERO, Jesus. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 1997.

MATOS, Carolina. Mídia e política na América Latina: globalização, democracia e identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2013.

MENDES, Gláucia Matos. A naturalização do atraso: os noticiários de El Universal e O Globo sobre Hugo Chavez e as projeções identitárias sobre a América Latina. 2009. 230 (f). Dissertação (Mestrado) –Faculdade de Comunicação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2009.

MORAES, Dênis. A Lógica da Mídia no Sistema de Poder Mundial. Revista de Economía Política de las Tecnologías de la Información y Comunicación, v. 1. n. 2, p. 16 - 37, maio – ago. 2004. Disponível em: <http://www.eptic.com.br/arquivos/Revistas/Vol.VI,n.2,2004/ADenis.pdf> Acesso em: 01 ago. 2013.

PAVAM, Carlos Alberto. O dilema de mazombo na cobertura do processo de integração continental: projeções sobre as identidades do Brasil e da América Latina nos enquadramentos jornalísticos da Folha de S. Paulo e d’O Estado de S. Paulo. 2013. 203 (f). Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Comunicação, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2013.

SANTOS, Anderson dos. O espetáculo na política brasileira: a despolitização do político através das imagens de Fernando Collor nas capas da revista VEJA (1988-1992). 2008. 255 (f). Dissertação (Mestrado) – Faculdade de Ciências Humanas, Letras e Artes ,Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

WACQUANT, Loïc. Prisões da Miséria. Tradução de André Telles. São Paulo: Sabotagem, 1999.

WACQUANT, Loïc. A tempestade global da lei e ordem: sobre punição e neoliberalismo. Rev. Sociologia Política, Curitiba, v. 20, n. 41, p. 7-20, fev. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-44782012000100002&script=sci_arttext>. Acesso em: 02 ago. 2013.

WOLTON, Dominique. Elogio do grande público: Uma teoria crítica da televisão. São Paulo; Editora Ática, 1996.