Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

(Re)Ordenamento Territorial Urbano e Segregação Socioespacial em Belém

DOI: http://dx.doi.org/10.17553/2359-0831/ihgp.n1v1p13-30

http://www.ihgp.net.br/revista/index.php/revista 

downloadpdf

Léa M. G. Costa1 & Lilian S. A. Brito2

 

Resumo: A organização socioespacial de Belém foi caracterizada, a partir da segunda metade do século XX, pelo elevado crescimento populacional, incremento de setores produtivos e aumento dos problemas socioeconômicos e espaciais na cidade. O processo de ocupação e uso do solo urbano; a carência de saneamento básico; a pobreza e principalmente a falta de estrutura pública de qualidade em áreas essenciais como moradia, educação, saúde, transporte, mobilidade urbana e segurança, dão margem ao incremento de práticas ou processos sociais de segregação, periferização e exclusão socioespacial. Na reflexão teórica e pesquisa documental aqui apresentadas, faz-se uma breve análise da estruturação e produção do espaço urbano da capital paraense, tendo como foco a ocupação das áreas de baixadas, sua posterior valorização e o processo de deslocamento da população nelas residentes para a zona de expansão urbana de Belém. Buscou-se, acima de tudo, despertar interesses sobre os temas em questão e a curiosidade sobre os destinos que serão traçados, nos gabinetes governamentais e na dinâmica da luta social, para o espaço urbano da cidade, espaço este entendido como produto social carregado de complexas e múltiplas espacialidades e temporalidades.

Palavras-chave: Belém; Reordenamento Territorial Urbano; Segregação Socioespacial;

 

Abstract: The socio-spatial organization of Belém was characterized, from the second half of the twentieth century, the high population growth, increase in productive sectors and increased socioeconomic and spatial problems in the city. The process of occupation and use of urban land; the lack of basic sanitation, poverty and especially the lack of quality public structures in key areas such as housing, education, health, transport, urban mobility and safety, give rise to the increase of social practices or processes for segregation and socio-spatial exclusion peripherization. In the theoretical reflection and documentary research presented here, it is a brief analysis of the structure and production of urban space of the state capital, focusing on the occupation of the lowlands areas, their subsequent recovery and the process of displacement of the population residing in them to urban expansion area of Belém. Was sought, above all, arouses concerns aboutthe issues in question and curiosity about the destinations are plotted in government offices and in the dynamics of social struggle for urban space of the city, a space understood as a social product loaded with complex and multiple spatialities and temporalities.

Key words: Reordering the Urban Land; Socio-Spatial Segregation;

 

1 Doutoranda em Geografia pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente (SP). Mestre em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Pará. Docente da Universidade do Estado do Pará. E-mail: lmgc1298@yahoo.com.br.
2 Geógrafa. Mestre em Geografia pelo Programa de Pós-graduação em Geografia da Universidade Federal do Pará. Docente da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará. E-mail: lilianab@ufpa.br

 

Literatura Citada

ABELÉM, A. G. Urbanização e remoção: por que e para quem? Belém: UFPA/NAEA, 1988.

BRITO, L. S. A. Intervenção no centro histórico e a reorganização sócio-espacial do bairro da cidade velha – Belém/PA. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Geografia. 2007.

CARDOSO, A. C. D.; LIMA, José J. F.; SANTOS, Ricardo B. N.; CRUZ, Sandra H. R. A estruturação socioespacial da região metropolitana de Belém: de 1990 a 2000. Novos Cadernos NAEA. V. 10, n. 1, p. 143-183, dez. 2006, ISSN 1516-6481.

CORRÊA, R. L. O espaço urbano. São Paulo: Ática, 1989.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo demográfico – 1991. Resultados do Universo, número 7 – Pará.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo demográfico – 2000. Resultados do Universo – Pará.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Anuário Estatístico de Belém – 1991.

MORAES, M. P. de. O reordenamento territorial das áreas da aeronáutica no cinturão institucional de Belém. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Geografia. 2008.

PENTEADO, A. R.Belém do Pará – estudo de Geografia urbana. Vol. 1 e 2. Belém: UFPA, 1968 (Coleção Amazônia – Série José Veríssimo).

PINHEIRO, A.; LIMA, J. J. F.; ROCHA DE SÁ, M. E.; PARACAMPO, M. V. A questão habitacional na Região Metropolitana de Belém. In: Coleção Habitare – Habitação Social nas Metrópoles Brasileiras – uma avaliação das políticas habitacionais em Belém, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo no final do século XX. Texto 5, s/d. Disponível em: http://www.habitare.org.br/pdf/publicacoes/arquivos/colecao7/capitulo_5.pdf, capturado em 01/09/2014.

PIMENTEL, M. A da S. et. All. A ocupação das várzeas na cidade de Belém: causas e consequências socioambientais. IN: Revista Geonorte, Edição Especial, V.2, N.4, p.34 – 45, 2012.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM. Anuário estatístico de Belém 2011. Capítulo 2 – Demografia. Disponível em http://www.belem.pa.gov.br/app/ANUARIO_2011/2_01_Demografia.pdf. Capturado em setembro de 2014.

RODRIGUES, E. B. Aventura urbana: urbanização, trabalho e meio-ambiente em Belém: NAEA/UFPA, 1996.

RODRIGUES, E. B. Os desafios da metrópole: reflexões sobre desenvolvimento para Belém. Belém: NAEA/UFPA, 2000.

SALGUEIRO, T. B. Espacialidades e temporalidades urbanas. In: CARLOS. A. F. A; LEMOS, A. I. G. (Org.) Dilemas urbanos: novas abordagens sobre a cidade. São Paulo: Contexto, 2003.

SARGES, M. de N. Belém: riquezas produzindo a Bélle-Époque (1870-1912). Belém: Paka-Tatu, 2000.

TRINDADE JÚNIOR, S. C. Produção do espaço e uso do solo urbano em Belém. Belém: NAEA/UFPA, 1997.