Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Literatura e Religião: Entre o Tudo-Dizer e o Nada-Dizer [Do Poder-Ser]

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v5n8p48-60

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

Luiz C. M. Rosa1

 

Resumo: Detendo-se inicialmente na relação que envolve o horizonte teológico e as fronteiras literárias no arcabouço bíblico, o artigo em questão procura distinguir o tipo de linguagem que caracteriza a corporalidade textual deste último, assinalando a função que cumpre a escrita/escritura no âmbito do monoteísmo, que encerra, em suma, a história da emergência de um “Deus único”, sob cuja perspectiva, à possibilidade que acena com uma aproximação entre teologia e literatura se impõe um método, como o propõe Antônio Magalhães através do “caminho da correspondência”, que o referido trabalho sublinha, convergindo para analisar o conto Via crucis, de Clarice Lispector, que mantém a Bíblia e a tradição na condição de interlocução do diálogo e exemplifica o fenômeno da “poética da mitologização”.

Palavras-chave: literatura; religião; Clarice Lispector; fantástico; mito

 

Abstract: Pausing in the first relationship that involves the theological horizon and boundaries in literary biblical framework, the article in question seeks to distinguish the type of language that characterizes the textual embodiment of the latter, pointing to the function it performs writing/writing in the context of monotheism terminating in short, the story of the emergence of a "one God", under whose perspective, the possibility that waves with a rapprochement between theology and literature to impose a method, as proposed by Antônio Magalhães "way of correspondence" that the manuscript notes, converging to analyze the tale Via crucis, Clarice Lispector, who keeps the Bible and tradition on condition of dialogue and dialogue exemplifies the phenomenon of "poetics of mythologizing."

Keywords: literature; religion; Clarice Lispector; fantastic, myth

 

1 Poeta e filósofo, letrista e ensaísta, articulista e ativista político; autor de O Todo Essencial [Poesia], Universitária Editora, Lisboa, Portugal, e, entre outros, Quase Sagrado [no prelo]; membro do Movimento "Poetas Del Mundo", Chile, do "World Poets Society", Grécia, e da UBE - SP [União Brasileira de Escritores]; graduado em Filosofia pelo Centro Universitário Claretiano [CEUCLAR/SP] e Pós-Graduando em Filosofia pela Universidade Gama Filho [UGF/RJ]; diretor-fundador, coordenador e pesquisador do Espaço Politikón Zôon - Educação, Arte e Cultura (http://www.wix.com/espacopolitikonzoon/ong); Empreendedor Sociocultural. marianodarosaletras@uol.com.br

 

Literatura Citada

ABADÍA, J. P. T. A Bíblia como literatura. Petrópolis: Vozes, 2000.

CALVINO, I. A combinatória e o mito na arte da narrativa. In: LUCCIONI, Gennie, et. al. Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

FRYE, N. Código dos códigos: a Bíblia e a literatura. Tradução de Flávio Aguiar. São Paulo: Boitempo, 2004, 293 p.;

KUSCHEL, Karl-Josef. Os escritores e as escrituras: retratos teológico-literários. São Paulo: Loyola, 1999.

LISPECTOR, C. O primeiro beijo e outros contos: Antologia. Série Rosa dos Ventos. 9 ed. São Paulo: Ática, 1994.

LUCCIONI, Gennie; et al. Atualidade do mito. Tradução de Carlos Arthur R. do Nascimento. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

MAGALHÃES, A. A Bíblia como obra literária: hermenêutica literária dos textos bíblicos em diálogo com a teologia. XI Congresso Internacional da ABRALIC. Tessituras, Interações, Convergências. 13 a 17 de julho de 2008. USP – São Paulo, Brasil. Disponível em < http://www.abralic.org/anais/cong2008/AnaisOnline/simposios/pdf/054/ANTONIO_MAGALHAES.pdf >. Acesso em 19 de setembro de 2010;

MAGALHÃES, A. Deus no espelho das palavras: teologia e literatura em diálogo. São Paulo: Paulinas, 2001.

MARTINON, Jean-Pierre. O mito na literatura. In: LUCCIONI, Gennie, et. al. Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

MIELIETINSKY, E. M. A poética do mito. Rio de Janeiro: Forense, 1987.

MILES, Jack. Deus: uma biografia. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

MONFARDINI, Adriana. O mito e a literatura. Terra roxa e outras terras. Revista de Estudos Literários. Volume 5 (2005). pp. 50-61. ISSN 1678-2054. Disponível em < http://www.uel.br/pos/letras/terraroxa/g_pdf/vol5/v5_4.pdf >. Acesso em 28 de setembro de 2010;

PICHON, Jean-Charles. Mítica e causalidade. In: LUCCIONI, Gennie, et. al. Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

PIRES, Maria João. Literatura e teologia bíblica: experiências de confronto na poesia inglesa oitocentista. Revista da Faculdade de Letras “Línguas e Literaturas”, Porto, XI, 1994, pp. 291-304. Disponível em < http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/2687.pdf >. Acesso em 21 de setembro de 2010;

RAMNOUX, C. Mitológica do tempo presente. In: LUCCIONI, Gennie, et. al. Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

THIS, B. Incesto, adultério, escrita. In: LUCCIONI, Gennie, et. al. Atualidade do mito. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

TODOROV, T. A literatura em perigo. Rio de Janeiro: Difel, 2009.

TODOROV, T. As estruturas narrativas. Tradução de Leyla Perrone-Moisés. 4 ed. São Paulo: Perspectiva, 2006.