Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Valores Organizacionais e Serviços Terceirizáveis: Uma Análise Interna

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v2n2p40-51

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

Denilson A. L. Freire1

 

Resumo: O artigo pretendeu demonstrar a possível relação que se possa estabelecer entre os valores organizacionais expressos pela alta administração e aqueles explicitados pelos colaboradores, em uma empresa do setor de serviços terceirizáveis. A estratégia metodológica baseou-se no tipo de pesquisa descritiva, através do método de estudo de caso. Para se medir os valores organizacionais foi aplicado o modelo de questionário idealizado por Tamayo, Mendes e Paz (2000), denominado de Inventário de Valores Organizacionais (IVO). Os resultados revelaram que existe relação entre os valores organizacionais dos colaboradores com os da alta administração. Espera-se que estes resultados possam contribuir para a melhoria dos processos de gestão dos profissionais que atuam nas empresas pertencentes ao setor de serviços terceirizáveis.

Palavras-chave: cultura organizacional; valores organizacionais; setor de serviços; serviços terceirizáveis.

 

Abstract: The research consisted of the analysis of the possible relationship that can establish between the organizational values expressed by the high administration and those expressed by collaborators, in a company of the sector of outsourcing. The methodological strategy based on the research types: descriptive and explanatory, through the method of case study. To measure the organizational values the questionnaire model it was applied idealized by Tamayo, Mendes & Paz (2000), denominated of Inventory of Organizational Values (IVO). The results revealed that the collaborators' identification exists to the organizational values expressed by the high administration. It is waited that these results can contribute for the improvement of the processes of the professionals' administration that work in the companies belonging to the sector of outsourcing.

Keywords: organizational culture; organizational values; sector of services; outsourcing.

 

1 Mestre em Administração pela Fundação Cultural Dr. Pedro Leopoldo e Professor do Curso de Administração do Instituto Metodista Izabela Hendrix

 

Literatura Citada

DEAL, T.; KENNEDY, A. Corporate cultures. The rites and ritual of corporate life. Penguin Books. Addison-Wesley Publishing Company, Inc. 1982.

ENRIQUEZ, E. Da horda ao Estado: psicanálise do vínculo social. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996.

FRANÇA, Júnia Lessa.; VASCONCELLOS, Ana Cristina de. Manual para Normalização de Publicações Técnico-Científicas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2004.

FREITAS, Maria Ester de. Cultura Organizacional.In: Motta, FCP e Caldas, M. (Org.). Cultura Organizacional e Cultura Brasileira. São Paulo, Atlas, 1997.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1996. 158 p.

HOFSTEDE, G. Cultures consequences: International differences in work-related values. Beverly Hills, CA: Sage, 1980

KATZ, D.; KAHN, R. L “Elementary school climate: A revision of the OCDQ”. Education Administration Quarterly, 22, pp. 93-110, 1978.

MOTTA, Ronaldo Seroa da. Contabilidade ambiental: teoria, metodologia e estudos de casos no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, 1995.

NASSAR, Paulo. História e cultura organizacional. In: Revista Comunicação Empresarial – Nº 36, 2000.

RAVLIN, E. C.; MEGLINO, B. M. The transitivity of work values hierarchical preferences ordering of socially desirable stimuli. Organizational Behavior and Human Decision Processes, 1989.

SCHEIN, E. Cultura organizacional. Tendências do trabalho. Setembro/1986

SOUZA, Edela Lanzer Pereira de. Clima e cultura organizacionais: como se manifestam e como se manejam. Porto Alegre: Edgar Blücher, 1978.

TAMAYO, A. Valores e Clima Organizacional. In: TAMAYO, Álvaro, PAZ, Maria das Graças T. da (Orgs). Escola, Saúde e Trabalho: estudos psicológicos. Brasília: UNB, 1999.