Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Reflexões Sobre a Cultura do Medo: Um Retrato do Desenvolvimento da Violência Urbana na Atualidade

DOI: http://dx.doi.org/10.15601/1983-7631/rt.v1n1p72-83

http://www3.izabelahendrix.edu.br/ojs/index.php/tec 

downloadpdf

Eunice M. D. V. Melo1

 

Resumo: O medo, neste estudo, é o veículo que permite compreender, no contexto do pensamento contemporâneo, quais as atitudes que os agentes têm buscado para não sentir medo da criminalidade urbana ou pelo menos minimizar este temor e, a partir disso, mostrar quais as contribuições da noção de agência humana foram trazidas para esta discussão.

Palavras-chave: pensamento contemporâneo; agência humana; ação; estrutura; cultura do medo; violência.

 

Abstract: The fear, in this study, is the vehicle that allows understand, in the context of contemporary thought, what attitudes agents have taken not to feel fear of urban crime or at least to minimize this fear. Taking this into account, the article also shows what contributions of the concept of human agency were brought to this discussion.

Keywords: contemporary thought; human agency; action; structure; culture of fear and violence.

 

1 Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Atualmente, professora adjunta da Universidade Presidente Antônio Carlos – Unidade Vespasiano – MG.

 

Literatura Citada

ADORNO, Sérgio; LAMIN, Cristiane. Medo, violência e insegurança. In: LIMA, Renato. Sérgio de; PAULA, Liana de. (orgs.). Segurança pública e violência: o Estado está cumprindo o seu papel? São Paulo: Contexto, 2006.

BAIERL, Luzia Fátima. Medo social: da violência visível ao invisível da violência. São Paulo: Editora Cortez, 2004.

BEATO F., Cláudio; REIS, I. A., Desigualdade, desenvolvimento sócio-econômico e crime. In: HENRIQUES, R. (org.). Desigualdade e Pobreza no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. 1999.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

CALDEIRA, Teresa P. A cidade de muros: crime segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Edusp, 2000.

CAMPOS, Edmundo. Sobre sociólogos, pobreza e crime. In: Revista de Ciências Sociais. Rio de Janeiro: v.23, n.3, 1980.

CHAUÍ, Marilena S. Sobre o medo. In: NOVAES, Adauto. (Org.). Os sentidos da paixão. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

DURKHEIM, Émile. As Regras do Método Sociológico. 14 ed. São Paulo: Editora Nacional, 1990.

ECKERT, Cornélia; ROCHA, Ana Luiza C. da. O porto pouco seguro: estudo da cultura do medo em Porto Alegre. Iluminuras. Porto alegre: Revista do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFRGS, n. 80, 2005.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1994. cap. 1. pp.13-60.

ELIAS, Norbert. Características universais da sociedade humana. In: Introdução à sociologia. Lisboa: edições 70, 2005.

GIDDENS, Anthony. A constituição da sociedade. São Paulo: Martins fontes, 1989.

GLASSNER, Barry. Cultura do Medo. São Paulo: Editora Francis, 2003.

KOURY,M.G. P. Cultura da violência e o medo do outro: observações sobre medos, violência e juventude no Brasil atual. Revista de Antropologia Experimental. João Pessoa: n. 4, 2004.

MERTON, Robert K. Estrutura Social e Anomia. In: Sociologia - Teoria e Estrutura, São Paulo: Mestre Jou, 1970.

MIRA Y LOPES, Emílio. Os Quatro Gigantes da Alma: o medo, a ira, o amor e o dever. 24ª ed. Rio de Janeiro: Editora José Olympio, 2005.

MUSUMECI, Leonarda. Serviços Privados de Vigilância e Guarda no Brasil: um Estudo a partir de Informações da PNAD — 1985/95. Rio de Janeiro, 1998. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/pub/td/td0560.pdf>. Acesso em: 23 out. 2005.

PAIXÃO, Antonio Luiz. A Violência Urbana e a Sociologia: Sobre Crenças e Fatos e Mitos e Teorias e Políticas e Linguagens e... In: Religião e Sociedade. v. 15, n. 1, 1990. p. 67-81.

PASTANA, Débora Regina. Medo e opinião pública no Brasil contemporâneo. In: Estudos de Sociologia, Araraquara, v.12, n.22, p.91-116, 2007. disponível em : <http://www.fclar.unesp.br/seer/index.php?journal=estudos&page=article&op=viewFile&path[]=350&path[]=214> Acesso em: 17 dez. 2007.

SIMMEL, G. A Metrópole e a vida mental. In: VELHO, O.(org.). O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Editora Zahar, 1979.

TAYLOR, I., WALTON, P.; YOUNG, J.Criminologia Crítica. Rio de janeiro Graal, 1980.

WILSON, J. Q.; HERRNSTEIN, R. Crime and human nature: the definitive study of the causes of crime. New York: Simon and Schuster, 1985.