Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

A Prática dos Princípios Cooperativistas: Um Estudo de Caso no Tocantins

DOI: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v1n2p7-18

http://www.unama.br/seer/index.php/aos/index 

downloadpdf

Rafael Bertuol1, Airton C. Cançado2 & Maria F. A. Souza3

 

Resumo: A presente pesquisa constitui-se num estudo de caso sobre a prática dos princípios cooperativistas numa cooperativa de crédito tocantinense. A influência que os princípios proporcionam para um maior fortalecimento do cooperativismo é importante, visto que são regras que norteiam as ações nas cooperativas. Criadas há mais de um século e meio e melhoradas ao longo doa anos, elas acompanham a evolução da realidade cooperativista para otimizar o desempenho econômico, mantendo sua linha de conduta de benefícios para os cooperados e sociedade em geral. Entrevistas semiestruturadas forneceram os subsídios para a análise do caso estudado. Foram entrevistados dirigentes e funcionários da cooperativa de crédito Sicoob Credipar com sede em Paraíso do Tocantins. Também houve entrevistas com dirigentes e colaboradores do Sistema OCB/SESCOOP, além de questionários com os cooperados na Assembleia Geral Ordinária de 2012 e na própria sede da cooperativa. Foi escolhida a cooperativa por se mostrar um bom exemplo de cooperativismo consolidado e de grande importância para as cidades onde atua.

Palavras-chave: Cooperativismo. Princípios Cooperativistas. Cooperativa de Crédito.

 

Abstract: This research constitutes a case study on the practice of cooperative principles in a credit union Tocantins. The influence that the principles provide for a further strengthening of the cooperative is important  since they are rules that guide the actions in cooperatives. Already created more than 150 years and improved following the evolution of cooperative reality to achieve a better economic performance while  maintaining its policy of benefits to their members and society in general. Semi-structured interviews provided subsidies for the analysis of the case study. We interviewed managers and employees of the credit union Sicoob Crecipar based in Paraíso do Tocantins. There were also interviews with managers and employees of the System OCB / SESCOOP, and questionnaires to the members, the Annual General Meeting 2012 and in the very seat of cooperative. It was chosen by the cooperative to show a good example of cooperative consolidated and of great importance to the cities where it operates.

Key words: Cooperative. Cooperative Principles. Credit Union

 

1 Graduando em Administração, Fundação Universidade Federal do Tocantins, UFT, Brasil. rbertuol_oliveira@hotmail.com
2 Doutorando em Administração pela EBAPE/FGV, Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), Mestre em Administraçãopela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2004) e graduado em Administração com Habilitação em Adm. de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa - UFV (2003). Atualmente é Coordenador do Núcleo de Economia Solidária da Universidade Federal do Tocantins - NESol/UFT e professor da UFT. airtoncardoso@yahoo.com.br
3 Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Brasil(2001). Professora Assistente da Fundação Universidade Federal do Tocantins, Brasil Possui graduação em Administração pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1988), graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Paraná (2009) e mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2001). Atualmente é professora assistente da Fundação Universidade Federal do Tocantins. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Gestão Sustentável e Gestão Social.

 

Literatura Citada

BRAGA, M. J.; PEREIRA, J. R.; CANÇADO, A. C., VIEIRA, N. S.; CARVALHO, D. M.; CETTO, V. M.; RIGO, A. S. Tirando a máscara: princípios cooperativistas e autenticidade das cooperativas. Viçosa, UFV, 2002 (Relatório Final de Pesquisa, CNPq).

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971. Define a Política Nacional de Cooperativismo, institui o regime jurídico das sociedades cooperativas, e dá outras providências. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil03/Leis/L5764.htm. Acesso em: 23 abr. 2012.

CANÇADO, Airton Cardoso. Autogestão em cooperativas populares: os desafios na pratica. Salvador: IES, 2007.

CANÇADO, Airton Cardoso; GONTIJO, Mário César Hamdan. Princípios cooperativistas: origem, evolução e influência na legislação brasileira. In: ENCONTRO DE INVESTIGADORES LATINOAMERICANO DE COOPERATIVISMO, 3., 2004, São Leopoldo. Anais..., São Leopoldo: UNISINOS, 2004. 1 CD-ROM.

CANÇADO, Airton Cardoso; RIGO, Ariádne Scalfoni; PEREIRA, José Roberto; GONTIJO, Mário César Hamdan. Movimento e Princípios Cooperativistas: Evolução e Reflexões para Novos Estudos. In: CANÇADO, Airton Cardoso; TENÓRIO, Fernando Guilherme; SILVA JR (Orgs.). Gestão Social: aspectos teóricos e aplicações. Ijuí:UNIJUÍ, 2012, 456p.

CANÇADO, Airton Cardoso; SILVA JR, Jeová Torres; RIGO, Ariádne Scalfoni. Princípio da preocupação com a comunidade ou responsabilidade social para cooperativas? uma abordagem baseada na teoria da dádiva. In: ENCONTRO DE INVESTIGADORES LATINOAMERICANO DE COOPERATIVISMO, 5., 2008, Ribeirão Preto,. Anais..., Ribeirão Preto: FEARP/USP, 2008. 1 CD-ROM.

CREDIPAR. Cooperativa de Crédito de Paraíso do Tocantins. Histórico. Disponível em: http://www.sicoobcredipar.com.br/?q=node/38. Acesso em: 2 jun. 2012.

CRÚZIO, Helnon de Oliveira. Como organizar e administrar uma cooperativa. 2. ed. Rio de Janeiro, Editora FGV, 2002, 156 p.

HOLYOAKE, George Jacob. Os 28 tecelões de Rochdale. 9. ed. Porto Alegre: WS Editor, 2005.

ICA. International Cooperative Aliance. Co-operative Identity, values & principles. Disponível em: < http://ica.coop/en/what-co-op/co-operative-identity-values-principles >. Acesso em: 23 abr. 2012.

MENEZES, Antonio. Nos rumos da cooperativa e do cooperativismo. Brasília: Confebras, 2005.

OCB. Organização Cooperativas Brasileiras. Crédito: números. Disponível em: <http://www.brasilcooperativo.coop.br/site/ramos/crédito_numeros.asp>. Acesso em: 24 abr. 2012.

PAGNUSSATT, Alcenor. Guia do cooperativismo de crédito – organização, governança e políticas coorporativas. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2004.

PINHO, Diva Benevindes. O cooperativismo no Brasil: da vertente pioneira à vertente solidária. São Paulo: Saraiva, 2004.

SCHNEIDER, Jose Odelson. Democracia, participação e autonomia cooperativa. 2. ed. São Leopoldo: Unisinos, 1999.

Citador por

Sem citações recebidas.