Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Uma Iniciativa de Participação Popular no Planejamento Municipal

DOI: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v2n2p47-60

http://www.unama.br/seer/index.php/aos/index 

downloadpdf

Isabela B. Matta1, Bruno Tavares2, Marco A. M. Ferreira3 & Danielle V. Duarte4

 

Resumo: O I Fórum de Desenvolvimento de Viçosa foi promovido pela Agência de Desenvolvimento de Viçosa e Região (ADEVI) e contou com certa de 100 pessoas representando 31 instituições, além de participações voluntárias. O presente trabalho teve por objetivo identificar as prioridades apontadas pela participação social a serem consideradas no âmbito da gestão pública, a partir do Fórum em questão. Além dos autores que tratam dos conceitos balizadores, o estudo apoia-se também na revisão bibliográfica sobre estudos com foco em experiências semelhantes. Na análise dos resultados, um dos eixos (Eixo 1- gestão Pública) foi dividido em categorias de análise com o objetivo de melhor entender o que a população espera da gestão pública. Através da análise de conteúdo das falas dos participantes, foi possível perceber alguns pontos falhos na gestão pública como mais espaços para a participação popular, mais políticas de melhoramento da infraestrutura e outros. Contudo, destacamse alguns pontos positivos da cidade, principalmente no que tange à presença de uma universidade que traz parcerias e tecnologia ao município.

Palavras-chave: Participação popular. Planejamento municipal. Administração pública.

 

Abstract: The First Forum of Development of Viçosa was an conference promoted by the Development Agency of Viçosa and Region (ADEVI). The event gathered around of one hundred people representing 31 institutions, besides voluntaries. This study aims to identify the priorities pointed out in this forum by social participation, which was considered in the context of public management analyses. In addition to the authors dealing with the main concepts, the study is also supported by the literature review on this field, especially by focusing on similar experiences. In the results, one of the dimensions (Axis 1 - Public Management) was divided in categories of analysis in order to better understand what people expect of public management. Through the content analysis of the participants’ speech, it was revealed some failures in public management, which demands actions to improve citizens’ engagement and to promote policies to expand the infrastructure. Some important aspects could be highlighted, as the presence of the Federal University of Viçosa, which contributes positively, by bringing and strengthening partnership and new technologies to the city and the surroundings.

Key words: Citizens’ engagement. Municipal planning. Public administration

 

1 Mestranda e graduada (2011) em administração pela Universidade Federal de Viçosa (UVF).
2 Professor Adjunto da Universidade Federal de Viçosa e Doutor em Administração pela Universidade Federal de Lavras. E-mail: btavares@ufv.br
3 Professor e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFV. Pós-Doutor em Administração Pública por Rutgers University - The State University of New Jersey USA (2011). Possui graduação em Administração (2000) e Doutorado em Economia Aplicada pela Universidade Federal de Viçosa -UFV (2005). E-mail: marcoaurelio@ufv.br
4 Professora da Faculdade Sagrada Família, mestre em administração pela Universidade Federal e Viçosa e graduada emadministração pela Universidade Federal de Juiz de Fora. E-mail: daniellevduarte@yahoo.com.br

 

Literatura Citada

AVRITZER, Leonardo. A qualidade da democracia e a questão da efetividade da participação: mapeando o debate. In: PIRES, Roberto Rocha C. (Org.). Efetividade das instituições participativas no Brasil: estratégias de avaliação. Brasília–DF: Ipea, 2011. (Diálogos para o Desenvolvimento, v. 7).

AVRITZER, Leonardo. Instituições participativas e desenho institucional: algumas considerações sobre a variação da participação no Brasil democrático. Opinião Pública, Campinas, v. 14, n. 1, p.43-64, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-62762008000100002

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições 70. 2009.

BORBA, Julian. Participação política como resultado das instituições participativas: oportunidades políticas e o perfil da participação. In: PIRES, Roberto Rocha C. (Org.). Efetividade das instituições participativas no Brasil: estratégias de avaliação. Brasília: Ipea, 2011. v.7.

CAREGNATO, Rita Catalina Aquino, MUTTI, Regina. Pesquisa Qualitativa: análise de discurso versus análise de conteúdo. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, v.4, n.15, out./dez, 2006.

CORTES, Soraya Vargas. As diferentes instituições participativas existentes nos municípios brasileiros. In: PIRES, Roberto Rocha C. (Org.). Efetividade das instituições participativas no Brasil: estratégias de avaliação. Brasília: Ipea, 2011.v.7.

COSTA, Frederico Lustosa da. Brasil: 200 anos de Estado; 200 anos de administração pública; 200 anos de reformas. Rap, Rio de Janeiro, 42(5):829-74, set./out. 2008.

COHEN, Joshua. Deliberação e legitimidade democrática. In: MARQUES, Ângela Cristina Salgueiro. (Org.). A deliberação pública e suas dimensões sociais, políticas e comunicativas: textos fundamentais. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2009.

HABERMAS, Jürgen. Três modelos normativos de democracia. Texto da apresentação de Habermas no seminário “Teoria da democracia”, na Universidade de Valência, 15/10/1991. Traduções de Gabriel Cohn e Álvaro de Vita.

GIL, A.C. Metodologia da Pesquisa Científica. São Paulo: Atlas, 2004.

MILANI, Carlos R. S. O princípio da participação social na gestão de políticas públicas locais: uma análise de experiências latino-americanas e europeias. Rap, Rio de Janeiro, 42(3):551-79, maio/jun. 2008.

NEVES, José Luiz. Pesquisa Qualitativa – Características, usos e possibilidades. Cadernos de Pesquisas em Administração, São Paulo, v.1, n. 3. Disponível em: http://www.ead.fea.usp.br/cadpesq/arquivos/C03-art06.pdf. Acesso em: mar. 2012.

RICHARDSON, Roberto Jary et al. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1999.

PAULA, Ana Paula Paes de. Administração pública brasileira entre o gerencialismo e a gestão social. RAE-DEBATE, v. 45, n.1, jan./mar. 2005.

SILVA, F.; JACCOUD, L & BEGHIN, N. Políticas sociais no Brasil – participação social, conselhos e parcerias”. In: JACCOUD, L. (Org.). Questão social e políticas sociais no Brasil contemporâneo. Brasília: Ipea, 2005. p.373-408.

TENÓRIO et al. Critérios para avaliação de processos decisórios participativos deliberativos na implementação de políticas públicas. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GOVERNANÇA, 3., 2008, Salvador. Anais... Curitiba: ANPAD, 2008.

VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2005.

WAMPLER, Brian. Que tipos de resultados devemos esperar das instituições participativas? In: PIRES, Roberto Rocha C. Efetividade das instituições participativas no Brasil: estratégias de Avaliação. Brasília–DF: Ipea , 2011. (Diálogos para o Desenvolvimento, v.7).

Citado por

Sem citações recebidas.