Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estudo Bibliométrico Sobre a Sustentabilidade na Área de Economia Empresarial

DOI: http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v3n2p101-120

http://www.unama.br/seer/index.php/aos/index 

downloadpdf

Jaqueline Silinske1, Matheus F. Marquetto2, Márcia Z. Grohmann3, Luciana F. Battistella4 & Lúcia R. R. G. Madruga5

  

Resumo: O objetivo dessa pesquisa é analisar as publicações sobre a sustentabilidade na área de economia empresarial no banco de dados Web of Science no período de 2003 a 2012.  A pesquisa foi operacionalizada buscando informações sobre total de publicações, bem como seus autores, tipos, países, idiomas, fontes de publicação e instituições relacionadas ao tema de sustentabilidade na área de economia empresarial. Além disso, foram identificados os “hot topics” ligados a Administração e Sustentabilidade na área de economia empresarial e a relação entre autores com mais publicações e publicações mais citadas. A análise dos dados foi realizada por meio do cálculo dos índices h-b e m, propostos por Banks (2006). Os resultados demonstraram que houve evolução no número de publicações referente ao tema de sustentabilidade na área de economia empresarial durante o período de 2003 a 2011, sendo que o país que mais publica é os Estados Unidos e a principal fonte de publicação é o Ecological Economics. Os tópicos quentes relacionados à Sustentabilidade e à Administração na área de economia empresarial estão relacionados ao desenvolvimento econômico, ambiental e social, bem como a aspectos gerenciais das organizações. Por fim, constatou-se que os autores que possuem maior quantidade de publicações, na maioria das vezes, não são os mais citados.

Palavras-Chave: Sustentabilidade. Administração. Bibliometria

 

Abstract: The objective of this research is to analyze publications on sustainability in the area of business economics at the Web of Science database in the period between 2003 and 2012. The research was operationalized seeking information on total publications, as well as their authors, types, countries, languages and publication sources related to the topic of sustainability in the area of b usiness economics. In addition, were identified the “hot topics” related to Administration and Sustainability in the area of business economics and the relationship between authors with more publications and most cited publications. Data analysis was performed by calculating the h-b index proposed by Banks (2006). The results showed that there was an increase in the number of publications on the topic of sustainability in the area of business economics during the period of 2003-2011, and the country that publishes the most is United States, the main source of publication is the Ecological Economics journal. The hot topics related to sustainability and the Administration in the area of business economics are related to economic, environmental and social development, as well as the managerial aspects of organizations. Finally, it was found that the authors who have a greater number of publications, most often, are not the most cited.

Key words: Sustainability. Administration. Bibliometry.

 

1 Mestranda em Administração na Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. Graduada em Administração no Centro de Educação Superior Norte do Rio Grande do Sul/Universidade Federal de Santa Maria, CESNORS-UFSM/RS. E-mail: jaquelinesilinske@gmail.com
2 Mestrando em Administração na Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. Graduado em Administração de Empresas pelo Centro Universitário Franciscano, UNIFRA. E-mail:matheusmarquetto@yahoo.com.br
3 Professora do departamento de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. Doutora em Engenharia de Produção e Sistemas pela Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC/SC. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. E-mail: marciazg@gmail.com
4 Professora do departamento de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC/SC. Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/UFRJ. E-mail: luttibattistella@gmail.com
5 Professora do departamento de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/RS. Doutora em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS/RS. Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria, UFSM/SM. E-mail: luciagm@ufsm.br

 

Literatura Citada

A CARTA DA TERRA EM AÇÃO. Earth Charter International Recommendations for the Zero Draft of the UNCSD (Rio+20) Outcome Document. 2011. Disponível em: <http://goo.gl/jGPwpq>. Acesso em: 23 jul. 2013.

ALVARENGA, L. Bibliometria e arqueologia do saber de Michel Foucault: traços de identidade teórico-metodológica. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 3, p. 1-9, 1998. ARAÚJO, C. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, v. 12, n. 1, p. 11-32, jan./jun. 2006.

ARAUJO, G. C. de; MENDONÇA, P. S. M. Análise do processo de implantação das normas de sustentabilidade empresarial: um estudo de caso em uma agroindústria frigorífica de bovinos. Revista de Administração Mackenzie, v. 10, n. 2, p. 31-56, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S1678-69712009000200003

BANKS, M. G. An extension of the Hirsch index: indexing scientific topics and compounds. 2006. Disponível em: <http://www.arxiv.org/abs/physics/0604216>. Acesso em: 2 jun. 2013.

BORLAND, H. Conceptualising global strategic sustainability and corporate transformational change. International Marketing Review, v. 26, n. 4/5, p. 554-572, 2009. http://dx.doi.org/10.1108/02651330910972039

CAMARGO JR, K. R. O rei está nú, mas segue impávido: os abusos da bibliometria na avaliação da Ciência. Saúde & Transformação Social, Florianópolis, v. 1, n. 1, p.3-8, 2010.

CATAPAN, A; et al. Sustentabilidade: uma investigação da produção científica brasileira no período de 2001 à 2011. Revista da Faculdade de Administração e Economia, v. 4, n. 2, p. 187-202, 2013. http://dx.doi.org/10.15603/2176-9583/refae.v4n2p187-202

CLARO, P. B. O.; CLARO, D. P.; AMÂNCIO, R. Entendendo o conceito de sustentabilidade nas organizações. Revista de Administração, v. 43, n. 4, p. 289-300, out./dec. 2008.

CORAL, E.; ROSSETTO, C. R.; SELIG, P. M. Planejamento estratégico para a sustentabilidade empresarial: uma proposta para convergência das estratégias econômicas, ambientais e sociais. XXVII Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro, 2003.

DRUCKER, P. F. Inovação e espírito empreendedor (entrepreneurship): prática e princípios. 6. ed. São Paulo: Pioneira, 2000.

ELIAS, L. M. S. L.; OLIVEIRA, N. F. Análise da sustentabilidade organizacional das empresas do setor mineral do estado do Pará. Amazônia, Organizações e Sustentabilidade, v. 2, n.1, p. 45-57, jan./jun. 2013. http://dx.doi.org/10.17800/2238-8893/aos.v2n1p45-57

ELKINGTON, J. Canibais com garfo e faca. São Paulo: Makron Books, 2001

ESTENDER, A. C.; ROCHA, M. C. Estratégias de desenvolvimento sustentável estudo de caso: Grupo Itaú-Unibanco. Revista Terceiro Setor, v. 4, n. 1, 2010.

FERREIRA, A. G. C. Bibliometria na avaliação de periódicos científicos. Revista de Ciência da Informação, v. 11, n. 3, jun. 2010.

FIGUEIREDO, G. N. DE, ABREU, R. L., CASAS, A. L. Las. Reflexos do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) na imagem das empresas: uma análise do consumidor consciente e do marketing ambiental. Pensamento e Realidade, v. 24, n. 1, 2009.

GONÇALVES-DIAS, S. L. F.; HERRERA, C. B.; CRUZ, M. T. S. Desafios (e Dilemas) para inserir “sustentabilidade” nos currículos de administração: um estudo de caso. Revista de Administração Mackenzie. 3.ed. esp. São Paulo, v. 14, n. 3, maio/jun. 2013.

GUEDES, V.; BORSCHIVER, S.. Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação científica e tecnológica. In: CINFORM – ENCONTRO NACIONAL DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 6., 2005, Salvador. Anais... Salvador: ICI/UFBA, 2005.

HAIR JR., J. F. et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HAYASHI, M. C. P. I. et al. Um estudo bibliométrica da produção científica sobre a educação jesuítica no Brasil colonial. Biblios, año 8, n. 27, ene./mar. 2007.

HIRSCH, J. E. An index to quantify an individual’s scientific research output. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America (PNAS), California, v. 102, n. 46, p. 129-155, 2005. http://dx.doi.org/10.1073/pnas.0507655102

JUNQUEIRA, L. P.; PINHEIRO, F. P.; MAIOR, J. C. S. Sustentabilidade: a produção científica brasileira entre os Anos de 2000 e 2009. Revista Científica Hermes, v.3, p. 43-65, 2012.

KNEIPP, J. M. et al. Gestão para a Sustentabilidade em Empresas do Setor Mineral. Revista de Ciências da Administração, v. 14, n. 33, p. 52-67, ago. 2012.

MADRUGA, L. L. R. M. A Localização das Publicações e a Identificação de Tópicos Quentes em Sustentabilidade: uma Primeira Aproximação usando o Web Of Science. Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 5, n. 2, p. 34-46, maio/ago. 2011.

PARENTE, A.; FERREIRA, E. Indicadores de sustentabilidade ambiental: um estudo do ecologial footprint method do município de Joinville. XXXI Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro, 2011.

PERIÓDICOS CAPES. Web of Science (Thomson Scientific / ISI Web Services). Disponível em: Acesso em: 24 jul. 2013.

PORTER, M. E. Competição: estratégias competitivas essenciais. Rio de Janeiro: Editora Elsevier: 1985.

PORTER, M. E.; KRAMER, M. R. Strategy and Society: The Link Between Competitive Advantage and Corporate Social Responsibility. Harvard Business Review, December, 2006.

UNITED NATIONS CONFERENCE ON SUSTAINABLE DEVELOPMENT (UNCSD). RIO + 20. Disponível em: <http://www.uncsd2012.org/about.html>. Acesso em: 23 jul. 2013.

RADONS, D. L. et al. Uma síntese das publicações sobre competitividade: um levantamento dos principais tópicos vinculados ao tema. Revista Ciências Administrativas, Fortaleza, v. 18, n. 2, p. 878-904, jul./dez. 2012.

ROCHMAN, R. R. Sustentabilidade e criação de valor. GV-executivo, v.3, n. 5, set-out. 2007.

SACHS, I. Desenvolvimento, includente, sustentável, sustentado. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.

SILVA, J. O. et al. Gestão Ambiental: uma análise da evidenciação das empresas que compoem o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Revista de Gestão Social e Ambiental, v. 3, n. 3, p. 56-71, set./dez. 2009. http://dx.doi.org/10.5773/rgsa.v3i3.176

SOUZA, M. T. S.; RIBEIRO, H. C. M. Sustentabilidade ambiental: uma meta-análise da produção brasileira em periódicos de administração. Revista de Administração Contemporânea, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, art. 6, p. 368-396, maio/jun. 2013.

VEIGA, J. E. Sustentabilidade: a legitimação de um novo valor. São Paulo: Editora Senaclo, 2010.

VELTER, A. N. et al. O estudo da sustentabilidade na administração: um levantamento dos “Hot Topics” Publicados na última década. In: XII SEMEAD, 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: FEAUSP, 2010.

VÉRON, R. “The new” Kerala model: lessons for sustainable development”. World Development, v. 29, n. 4, p. 601-617, ab. 2001.

THOMSON SCIENTIFIC. Web of science. 2013. Disponível em: <http://scientific.thomson.com/products/wos>. Acesso em: 19 jul. 2013.

Citado por

Sem citações recebidas.