Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Professional Practice Perpectives of the UFSC Accounting Sciences Students


http://www.revistas.uneb.br/index.php/financ/index 

downloadpdf

Marcos Laffin1 & Caio C. T. Castro2

  

Abstract: This goal of this study is to present the levels of importance and knowledge that students of the UFSC Undergraduate Program in Accounting Sciences identify for the exercise of the professional practice. The study was conducted through a survey that used two questionnaires (A and B) structured based on Likert scale. Questionnaire "A" sought to identify the importance of the course content to professional practice, and questionnaire "B" identified the level of perception that the students indicate to have of their ability for the professional practice. The contents of the two instruments were based on the dictionary of competencies developed by Cardoso (2006). Data were analyzed by means of national curriculum guidelines of Accounting Sciences, established by Resolution CNE / CES No 10/2004, which presents some caveats to the limits of the approach by competencies. The students in this study indicate how important it is to have knowledge on the language and orality inherent to the accounting practice, the state to have reasonable knowledge to work in the professional practice. Such data allow us to reflect and rethink the training organization model aimed at increasing more critical formative processes that will prioritize actions and knowledge in the articulation between accounting theory and practice

Key words: Accounting; Students; Competencies.

 

Resumo: Este estudo teve por objetivo apresentar os níveis de importância e de conhecimentos que os estudantes do Curso de Graduação em Ciências Contábeis da UFSC identificam para o exercício da prática profissional. O mesmo foi realizado com base na pesquisa de levantamento de dados em que foram utilizados dois questionários (A e B) estruturados pela escala Likert. O questionário “A” buscou identificar a importância dos conteúdos do curso para a prática profissional e o questionário “B” identificou o grau de percepção que o estudante indica possuir sobre a sua capacidade de atuação profissional. O conteúdo dos dois instrumentos teve como base o dicionário de competências elaborado por Cardoso (2006). Os dados foram analisados por meio das diretrizes curriculares nacionais de Ciências Contábeis, instituído pela Resolução CNE/CES nº 10/2004, apresentando algumas ressalvas aos limites da abordagem pelas competências. Os estudantes deste estudo apontam como importante possuir conhecimentos sobre a linguagem e a oralidade inerentes à prática contábil e, indicam possuir razoáveis conhecimentos para atuar na prática profissional. Tais dados permitem refletir e repensar o modelo de organização da formação visando ampliar processos formativos mais críticos e que venham a priorizar ações e saberes na articulação entre teoria e prática contábil.

Palavras-chave: Contabilidade; Estudantes; Competências

 

1 Doutor em Engenharia de Produção (UFSC) Professor Associado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Endereço: Campus Reitor João David Ferreira Lima – Trindade 88.040-900 – Florianópolis/SC, Brasil Email: marcoslaffin@gmail.com
2 Auditor da Ernst & Young Terco Email: caioctc@hotmail.com

 

Literatura Citada

BRASIL. Resolução CFC nº. 803 de 10 de outubro de 1996. Aprova o código de ética profissional do contador. Disponível em: <http://www.crcsp.org.br/portal_novo/legislacao_contabil/resolucoes/Res803.htm>. Acesso em: 01 maio 2012.

BRASIL. Resolução CNE/CES nº 10, de 16 de Dezembro de 2004. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rces010_04.pdf>. Acesso em: 11 ago. 2011.

CARDOSO, Ricardo Lopes. Competências do Contador: um estudo empírico. 2006. 128 p. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) - Faculdade de Economia e Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

CHAUÍ, Marilena. Convite à Filosofia. Ed. Ática, São Paulo, 2000.

FREZATTI, Fábio; MARTINS, Gilberto de Andrade; LEITE FILHO, Geraldo Alemandro. Os perfis das atitudes e aspirações dos estudantes de contabilidade e seu desempenho em uma matéria: um estudo de investigação. BBR Brazilian Business Review, Vitória, v. 3, n. 1, p. 46-57, jan./jun. 2006.

GOODSON, I. A construção social do currículo. Lisboa: EDUCA, 1997.

HOLLAND, Charles B. A Profissão de Contador na Atualidade, e Sugestões para o Seu Futuro. [2000 ou 2001]. Disponível em: <http://www.holland.com.br/docs/24.pdf>. Acesso em: 15 out. 2011.

KUENZER, Acácia. Zenaide. Conhecimento e competências no trabalho e na escola. Boletim Técnico do SENAC, Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 45-68, maio/ago. 2002.

LAFFIN, Marcos. De Contador a Professor: a trajetória da docência no ensino superior de contabilidade. Florianópolis: Imprensa Universitária, 2005.

LOUSADA, Ana Cristina Zenha; MARTINS, Gilberto de Andrade. Egressos como fonte de informação à gestão dos cursos de Ciências Contábeis. Revista Contabilidade & Finanças – USP, São Paulo, n. 37, p. 73-84, jan. /abr. 2005.

NASCIMENTO, J.C.H.B. do.; BERNARDES, J.R.; NOSSA,V.; SOUSA, W.D de.; Competências de alfabetização dos ingressos da graduação em ciências contábeis: um estudo descritivo em uma instituição de ensino superior do Vale do São Francisco. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, ISSN 2238-5320, UNEB, Salvador, v. 3, n. 2, p. 80-98, maio/ago., 2013.

PIRES, Charline Barbosa; OTT, Ernani; DAMACENA, Claudio. A formação do contador e a demanda do mercado de trabalho na região metropolitana de Porto Alegre (RS). BASE - Revista de Administração e Contabilidade da Unisinos, Rio Grande do Sul, v. 7, n. 4, p. 315-327, out./dez. 2010.

RAMOS. M.N. a pedagogia das competências: autonomia ou adaptação? São Paulo, Cortez, 2001.

ROCHA, A.G.P; FIGUEIREDO JUNIOR, H. S de.; CORREA, D.M.M.C. Análise Comparativa De Desempenho Do Curso De Ciências Contábeis Da Universidade Federal Do Ceará No Enade 2006. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, ISSN 2238-5320, UNEB, Salvador, v. 2, n. 3, p. 105- 120, set/dez., 2012.

SLOMSKI, Vilma Geni et al. Mudanças curriculares e qualidade de ensino: ensino com pesquisa como proposta metodológica para a formação de contadores globalizados. RCO – Revista de Contabilidade e Organizações – FEA-RP/USP, São Paulo, v. 4, n. 8, p. 160-188, jan. /abr. 2010.

VYGOTSKY, L. S. A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes. (2001).