Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Application of Real Options Theory in the Evaluation of Swine Biogas Storage

DOI: http://dx.doi.org/10.18028/2238-5320/rgfc.v5n2p5-22

http://www.revistas.uneb.br/index.php/financ/index 

downloadpdf

Gláucia Fernandes1, Vinicius M. Maia2 & Leonardo L. Gomes3

  

Abstract: This paper evaluates the real option of storing the biogas from swine biomass. We analyze deferring the immediate sale of this energy in the spot market to store it in the form of gas for future sale. We consider that once a storage tank reaches maximum capacity, the producer will sell all of the energy generated in either the spot market or regulated market for a minimum selling price. The farm we chose to study already produces energy and sells it in the spot market. The real options methodology was chosen to consider managerial flexibility and the uncertainty of the energy price. Additionally, considerations were made for the stochastic process applied to the price time series of the weekly Differences Settlement Price (Preço de Liquidação das Diferenças in Portuguese) of low voltage power in southern Brazil. Our results indicate that the storage option has value for the power generation from swine biomass.

Key words: electric power, renewables sources, swine biomass, real options theory.

 

Resumo: Este artigo avalia a opção real de armazenar o biogás a partir da biomassa suína. Analisamos o adiamento da venda imediata dessa energia no mercado spot para armazená-la sob a forma de gás para venda futura. Consideramos que uma vez que um tanque de armazenamento atinge a sua capacidade máxima, o produtor venderá toda a energia gerada no mercado à vista ou no mercado regulamentado, por um preço mínimo de venda. A fazenda em estudo já produz energia e vende no mercado à vista. A metodologia de opções reais foi escolhido para considerar a flexibilidade gerencial e a incerteza do preço da energia. Além disso, as considerações foram feitas para o processo estocástico aplicado à série histórica de preços semanais do Preço de Liquidação das Diferenças de potência de baixa tensão no sul do Brasil. Os resultados indicam que a opção de armazenamento tem valor para a produção de energia a partir de biomassa suína.

Palavras-chave: energia elétrica, fontes renováveis, biomassa suína, teoria de opções reais.

 

1 Doutoranda em Administração de Empresas (PUC-Rio) Email: glaucia_fernandes@ymail.com
2 Doutorando em Administração de Empresas (PUC-Rio) Email: viniciusmothemaia@yahoo.com.br
3 Doutor em Engenharia de Produção (PUC-Rio) Professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) Endereço: Rua Marquês de São Vicente, 255 – Gávea 22.451-900 – Rio de Janeiro/RJ, Brasil Email: leonardolima@iag.puc-rio.br

 

Literatura Citada

ABREU, Y. V. e AZEVEDO, M. R. M., Racionamento de Energia Elétrica de 2001: o Estado do Tocantins, Espanha: Eumed. net, Universidade de Málaga, 2009.

ANGONESE, A.; CAMPOS, A. T.; ZACARKIM, C. E; MATSUO, M. S e CUNHA, F.. Eficiência energética de sistema de produção de suínos com tratamento dos resíduos em
biodigestor. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.10, n.3, p.745-750, 2006.

BASTIAN-PINTO, C. L. Modelagem de opções reais com processos de reversão à média em tempo discreto: uma aplicação na indústria brasileira de etanol, 2009. Tese (Doutorado em Administração de Empresa) – Programa de Pós-Graduação no IAG Escola de Negócios, Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro, 164 f, 2009.

BREALEY, R.; MYERS, S. C. Princípios de finanças empresariais. Portugal: McGraw-Hill, 1992.

BROOKS, C. Introductory Econometrics for Finance. 2nd. Ed. New York: Cambridge University Press, p. 672, 2008.

CÂMARA DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA – CCEE. Disponível em: <http://www.ccee.org.br> Acessado em: 20 fev. 2014.

______, Info Mercado, n. 80, abril, 2014. Disponível em: <http://www.ccee.org.br/portal/faces/pages_publico/quem-somos/informacoesmercado/info_mercado> Acessodo em: 29 abril 2014.

CAPORAL, A.; BRANDÃO, L. E. T. Avaliação de uma Unidade de Geração de Energia Através da Teoria de Opções Reais. Brazilian Business Review, v. 5, n. 2, p. 108-127, 2008.

CERVI, R. G., ESPERANCINI, M. S. T. e BUENO, O. C., Viabilidade Econômica da Utilização do Biogás Produzido em Granja Suínícola para Geração de Energia Elétrica, Revista Engenharia Agrícola, v. 30, n.5, p. 831-844, 2010.

COSTA, A. P. R.; NOSSA, V.; TEIXEIRA, A. M. C.; TEIXEIRA, A. J. C. Otimização de custos do transporte público urbano: comprar ou vender um ônibus usado?. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, v. 4, n. 2, p. 73-92, 2014.

DIAS, M. A. G. Investimento sob incerteza em exploração & produção de petróleo. Rio de Janeiro. Dissertação (Mestrado). Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, 1996.

DIAS, M. I. A., COLEN, F., FERNANDES, L. A., SOUZA, R. M., BUENO, O. C. Viabilidade econômica do uso do biogás proveniente da suinocultura, em substituição a fontes externas de energia. Energia Agrícola, Botucatu, v. 28, n. 3, p. 155-164, 2013.

DIXIT, A. K.; PINDYCK, R. S. Investment under uncertainty. Princeton: Princeton U. P, 1994.

EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA – EPE. Plano Decenal de Expansão de Energia 2019. Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: <http://www.epe.gov.br/Paginas/default.aspx>. Acesso em 16 abr. 2014.

ENNES, S. A. W., Privatização do Setor Elétrico: de volta ao futuro ou um passo para o passado?, Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 1, p. 17-22, 1995.

FERRAREZ, A. H.; FILHO, D. O.; TEIXEIRA, C. A. Independência energética de granja suinícola a partir do uso de biogás. Engenharia na Agricultura, v. 18, n. 3, p. 248-257, 2010.

FERRAZ, J. M. G.; MARRIEL, I. E. Biogás: fonte alternativa de energia. Sete Lagoas, EMBRAPA-CNPMS, Circular técnica, v. 3, 27 p., 1980.

GOMES, A. C. S., et al, O Setor Elétrico, BNDES 50 anos – Histórias Setoriais, dezembro, 2002.

GOMES, L. L. e LUIZ, I. G., Valor Adicionado aos Consumidores Livres de Energia Elétrica no Brasil por Contratos Flexíveis: uma abordagem pela teoria das opções reais, Revista Eletrônica de Administração, e. 63, v. 15, n. 2, p.307-333, 2009.

GRIFFES, P.; HSU, M.; KAHN, E. Power Asset Valuation: Real Options, Ancillary Services, and Environmental Risks. The New Power Markets: Corporate Strategies for Risk and Reward, Risk Books, London, UK, p. 103-125, 1999.

GUEDES, A. L. e FONSECA, A. C. P. D., Privatização e Investimento Externo Direto no Setor de Energia Elétrica. In: Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração, 31, 2007. Anais... Rio de Janeiro: Anpad, 2007. CD-ROM

GUSMÃO, M.M.F.C.C. Produção de biogás em diferentes sistemas de criação de suínos em Santa Catarina. 2008. 170 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, Pesquisa de Pecuária Municipal 2012, 2012. Disponível: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Pecuaria/Producao_da_Pecuaria_Municipal/2012/tabelas_pdf/tab04.pdf>. Acesso em: 25/05/2014.

JELINEK, T. Collection, storage and transport os swine wasters. In: TAIGANIDES, E.P. Animal wastes. Essex: England Applied Science. p. 165-74, 1977.

KONZEN, E. A. Avaliação quantitativa e qualitativa dos dejetos de suínos em crescimento e terminação, manejados em forma líquida. 1980. Dissertação (Mestrado), Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 58 f, 1980.

LEITE, A.L.S.; SANTANA, E.A. Mercado de capacidade: uma alternativa para o setor elétrico brasileiro. Revista de Desenvolvimento Econômico, Ano VIII, n. 14, p.23-33, 2006.

LOSEKANN, L. The second reform of the Brazilian electric sector. International Journal of Global Energy Issues, v. 29, n. 1, p. 75-87, 2008.

MADDALA, G. S.; KIM, I. M. Unit Roots, Co Intergration and Structural Change. Cambridge University, New York, 1998.

MARTINS, F. M.; OLIVEIRA, P. A. V. Análise Econômica da Geração de Energia Elétrica a partir do Biogás na Suinocultura, Revista Engenharia Agrícola, v. 31, n.3, p. 477-486, 2011.

MELO, A.C.G. Competitive Generation Agreements in Latin American Systems with Significant Hydro Generation – The Brazilian Case. IEEE Power Engineering Review, 1999.

NOGUEIRA, L. A. H. Biodigestão: a alternativa energética. Nobel, 1986.

MYERS, S. C. Determinants of corporate borrowing. Journal of financial economics, v. 5, n. 2, p. 147-175, 1977.

OLIVEIRA, D. L. Avaliação de Projeto de Cogeração a partir de Biomassa Florestal: Uma Abordagem pela Teoria de Opções Reais. (Dissertação de Mestrado) Departamento de Administração, Rio de janeiro: Pontifícia Universidade Católica do RJ, 2012.

OLIVEIRA, P. A. V. et al. Manual de manejo e utilização dos dejetos de suínos. Embrapa-CNPSA. Documentos, 1993.

OLIVEIRA, P.A.V. de; HIGARASHI, M.M. Geração e utilização de biogás em unidades de produção de suínos. Concórdia: Embrapa Suínos e Aves, 2006.

OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA – ONS. Disponível em: <http://www.ons.org.br> Acessado em: 16 fev. 2014.

PALOMINO, J. M. G. Formação de preço de energia elétrica gerada por biomassa no Ambiente de Contratação Livre brasileiro: uma abordagem computacional baseada em agentes. (Dissertação de Mestrado) Departamento de Economia, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

ROSA, L. P. Hydroelectric, Thermal and Nuclear Generation, Estudos Avançados, v. 21, n.59, 2007.

SANCHES, C. S. Mecanismo de desenvolvimento limpo do protocolo de Quioto: há perspectivas para o setor sucro-alcooleiro paulista?. 300 f. Tese (Doutorado) – Escola de Administração de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2003.

SEIXAS, F. J. M; PASCHOARELI JR, D.; FARIA JR, M. J. A. Impacto da utilização de inversores em sistemas de geração distribuída sobre equipamentos rurais. Coletânea de Artigos: energias solar e eólica. 2. Rio de Janeiro: CRESESB, 2005.

SGANZERLA, E. Biodigestor: uma solução. Agropecuária, 1983.

ZANATTO JR. C.; TEIXEIRA, D. Conexão de cogeradores aos sistemas de distribuição - Barreiras no acesso e sugestão de regulação. UNICA - União da Indústria de Cana de Açúcar, 50 p., 2011.