Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Entre Discursos: A Voz Encantatória de Agustina

DOI: http://dx.doi.org/10.15529/1980-6914/letras.v17n1p175-182

http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/tl/index 

downloadpdf

Aparecida F. Bueno1

 

Resumo: A História tem sido convocada com alguma frequência no conjunto da obra de Agustina Bessa-Luís. Entretanto, é na década de 1980 que se concentram algumas das reflexões mais instigantes da escritora sobre os tênues limites entre o discurso historiográfico e o ficcional, que aparecem em obras como Adivinhas de Pedro e Inês (1983) e A monja de Lisboa (1985). É a partir de algumas das considerações que tece nessas narrativas a respeito da complexidade entre História e ficção que nos propomos a analisar O mosteiro (1980), romance no qual a escritora revisita uma das figuras centrais para a cultura de seu país: D. Sebastião.

Palavras-chave: Literatura portuguesa. Literatura e História. Sebastianismo.

 

Abstract: History has appeared with some frequency in the overall work of Agustina Bessa-Luís. However, it is the 1980’s that concentrates some of the most thought-provoking reflections of the writer about the tenuous boundaries between historiographical and fictional discourse, which can be found in works such as Adivinhas de Pedro e Inês (1983) and A monja de Lisboa (1985). Based on some of the considerations she makes in these narratives about the complexity between History and fiction, we propose to analyze O mosteiro (1980), novel in which the writer revisits one of the central figures of the culture of her nation: D. Sebastião.

Key words: Portuguese literature. Literature and History. Sebastianism

 

1 Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo – SP – Brasil. E-mail:  fabueno@usp.br

 

Literatura Citada

BESSA-LUÍS, A. D. Sebastião – o pícaro e o heróico. Memórias da Academia das Ciências de Lisboa. Classe de Letras. Tomo XXII. Lisboa, 1981/1982. p. 223-236.

BESSA-LUÍS, A. Adivinhas de Pedro e Inês. Lisboa: Guimarães Editores, 1983.

BESSA-LUÍS, A. O mosteiro. 3. ed. Lisboa: Guimarães Editores, 1984.

BESSA-LUÍS, A. A monja de Lisboa. Lisboa: Guimarães Editores, 1985.

FILIZOLA, A. D. Sebastião na literatura contemporânea: entre o riso e a “apagada e vil tristeza”. In: CALVÃO, D.; ALVES, I. F. (Org.). Entre o riso e a melancolia: de Gil Vicente ao século XXI. Rio de Janeiro: Léo Christiano Editorial, 2004.

LOURENÇO, E. Da literatura como interpretação de Portugal. In: LOURENÇO, E. O labirinto da saudade. Lisboa: Dom Quixote, 1978. p. 85-126.

LOURENÇO, E. Mitologia da saudade. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

MARINHO, M. de F. Um poço sem fundo. Porto: Campo das Letras, 2005.

QUENTAL, A. de. Causas da decadência dos povos peninsulares nos últimos três séculos. In: QUENTAL, A. de. Prosas sócio-políticas. Org. Joel Serrão. Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 1982. p. 253-297.

SEIXO, M. A. A palavra do romance: ensaios de genologia e análise. Lisboa: Livros Horizonte, 1986.