Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Silício na Produção e Qualidade Fitossanitária do Tomate (Lycopersicum esculentum)

DOI: http://dx.doi.org/10.18188/1983-1471/sap.v14n1p60-66

http://e-revista.unioeste.br/index.php/scientiaagraria/index 

downloadpdf

Fernanda Ludwig1, Alessandro Behling2 & José A. K. Schmitz3

 

Resumo: O silício (Si) é um elemento benéfico que vem sendo estudado em várias plantas, buscando melhorar a qualidade nutricional e sanitária, para uma agricultura mais sustentável. O presente trabalho foi realizado com o objetivo avaliar a aplicação do silicato de potássio, combinado ou não com tratamentos fitossanitários, na produção e qualidade do tomate do grupo salada. O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso, com seis tratamentos, quatro repetições e 12 plantas por parcela. Os tratamentos foram: testemunha (T1), tratamentos fitossanitários (T2), 1,0 kg ha-1 de Si (T3), 1,0 kg ha-1 de Si e tratamentos fitossanitários (T4), 2,0 kg ha-1 de Si (T5) e 2,0 kg ha-1 de Si e tratamentos fitossanitários (T6). A partir dos 30 dias após transplante, foi realizada quinzenalmente uma avaliação visual ddo desenvolvimento e da fitossanidade das plantas. Dez dias antes da primeira colheita, verificou-se o pegamento dos frutos. No momento da colheita, contabilizaram-se os frutos comerciais colhidos, os frutos atacados pela traça-do-tomateiro e os frutos danificados por escaldadura, das quatro plantas centrais de cada parcela. Aferiu-se também a massa fresca destes mesmos frutos e a produtividade. O Si apresentou pouco efeito no aumento da produção e redução de doenças do tomate, quando aplicado isoladamente, via fertirrigação. Porém, os dados sinalizam a possibilidade de seu uso visando a proteção das plantas e o aumento da produtividade do tomateiro, porém, novos trabalhos devem ser realizados especificamente no que se refere a outras formas de aplicação.

Palavras-chave: nutrição de plantas, silicato de potássio, agricultura sustentável

 

Abstract: Silicon (Si) is a beneficial element that has been studied in various plants, seeking to improve the nutritional quality and health, in order to more sustainable agriculture. The present study was conducted to evaluate the efficiency of potassium silicate application combined or not with phytosanitary treatments, in the production and health quality of tomato salad group. The experimental design was randomized blocks with six treatments, four replications and 12 plants per plot. The treatments were: control (T1), phytosanitary treatment (T2), 1.0 kg ha-1 Si (T3), 1.0 kg ha-1 Si and phytosanitary treatments (T4), 2.0 kg ha-1 Si (T5) and 2.0 kg ha-1 Si and phytosanitary treatments (T6). From 30 days after transplant, the visual plant development and health was performed fortnightly. Ten days before the first harvest, was recorded fruit set, considering only the first bunch of four central plants of each plot. At harvest time, counted the commercial fruits harvested, the fruit attacked per worm and the fruits damaged by scalding, in the four central plants of each plot. Also it was measured the fresh weight of these same fruits and productivity. The Si had little effect on increasing the production and quality of tomato plant, when applied alone, by fertigation. The data indicate the possibility of their use due to the plant protection and the increase in tomato yield, however further studies should be performed specifically in relation to other forms of application.

Key words: potassium silicate, plant nutrition, sustainable agriculture

 

1 Prof. Adj. Tecnologia em Horticultura, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, Campus Regional V, Unidade em Santa Cruz do Sul, RS. Email: fernanda-ludwig@uergs.edu.br. *Autor para corrrespondência
2 Tecnólogo em Horticultura, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, Campus Regional V, Unidade em Santa Cruz do Sul, RS. E-mail: alessandro.behling@gmail.com
3 Prof. Adj. Tecnologia em Horticultura, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul – UERGS, Campus Regional V, Unidade em Santa Cruz do Sul, RS. Email: jose-schmitz@uergs.edu.br

 

Literatura Citada 

EPSTEIN, E. Silicon. Annual Review of Plant Physiology and Plant Molecular Biology, Palo Alto, v.50, p.641-664, 1999. 

FERREIRA, D.F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia [online], Lavras, v.35, n.6, p.1039-1042, 2011. Available in: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542012000300003>. Acesso em 01 de dezembro de 2012.

GOMES, F.B.; MORAES, J.C. NERI, D.K.P. Adubação com silício como fator de resistência a insetos-praga e promotor de produtividade em cultura de batata inglesa em sistema orgânico. Ciência e Agrotecnologia, v.33, p.18-23, 2009.

GOUSSAIN, M.M.; MORAES, J.C.; CARVALHO, J.G.; NOGUEIRA, N.L.; ROSSI, M. Efeito da aplicação de silício em plantas de milho no desenvolvimento biológico da lagarta-do-cartucho Spodoptera frugiperda (J.E.Smith) (Lepidoptera: Noctuidae). Neotropical Entomology, v.31, p.305-310, 2002.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Produção Agrícola. 2013. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Producao_Agricola/Levantamento_Sistematico_da_Producao_Agricola_[mensal]/Fasciculo/2013/lspa_201302.pdf >. Acesso em 12 de abril de 2014.

KAMENIDOU, S.; CAVINS, T.; MAREK, S. Silicon supplements affect horticultural traits of greenhouse-produced ornamental sunflowers. Hortscience, Alexandria, v.43, p.236-239, 2008.

KAMENIDOU, S. Silicon supplementation affects greenhouse produced cut flowers. 2005. 92p. Dissertation (Master of Science)- Faculty of the Graduate College, Oklahoma State University, Oklahoma, 2005.

LANA, R.M.Q.; KORNDORFER, G.H.; ZANAO JUNIOR, L.A.; SILVA, A.F.; LANA, A.M.Q. Efeito do silicato de cálcio sobre a produtividade e acumulação de silício no tomateiro. Bioscience Journal, Uberlândia, v.19, p.15-20, 2003. 

LIMA FILHO, O.F., SILVA, W.M., TSAI, S.M. Relationship between silicon content physical and chemical parameters of tropical savanna soils. In: Silicon in Agriculture Conference, 3ª ed. Uberlândia. Universidade Federal de Uberlândia. p.143. 2005. 

MA, J.F.;MIYAKE, Y.; TAKAHASHI, E. Silicon as a beneficial element for crop plant. In: DATNOFF, L.E.; KORNÖRFER, G.H.; SNYDER, G. (Eds.). Silicon in agriculture. New York: Elsevier Science, 2001. p.17-39.

MAKISHIMA N.; MELO, W. O Rei das Hortaliças. Revista Cultivar Hortaliças e Frutas, nº 29. Pelotas – RS, Dez 2004/Jan 2005.

MIRANDA, G.B.; VALADARES JUNIOR, R.; MORAES, W.B.; CARDOSO, C. R.; JESUS JUNIOR, W.C. DE; SILVA, M.V. DA. Manejo Integrado da Pinta Preta do Tomateiro com o Uso de Silício e Fungicidas. In: Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e Encontro Latino Americano de Pós-Graduação, 12/08.2008 – Anais...São José dos Campos, SP: Universidade do Vale do Paraíba, 2008.

MIYAKE, Y.; TAKAHASHI, E. Silicon deficiency of tomato plant. Soil Science and Plant Nutrition, Tokyo, v.24, p.175-189, 1978.

MIYAKE, Y.; TAKAHASHI, E. Effect of Silicon on the Growth of Soybean Plants in a Solution Culture. Soil Science and Plant Nutrition, Tokyo, v.31, p.625-636, 1985. 

PAULA,R.S.; OLIVEIRA, W.F. Resistência de tomateiro (Lycopersicon esculentum) ao patógeno Alternaria solani. Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v.33, p.89-95, 2003.

PEREIRA, R.R.C., VITTI, G.C.; KORNDORFER, G.H. Comportamento de diferentes fontes de silício no solo e na cultura do tomateiro. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.27, p.101-108. 2003.

SANTOS, M.C. Efeito de diferentes doses de silício, nitrogênio e potássio na incidência da traça-do-tomateiro, pinta-preta e produtividade do tomate industrial. 2008. 74 p. Tese (Mestrado em Agronomia). Programa de Pós Graduação em Agronomia/Produção Sustentável. Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária. Brasília: UNB, 2008.

SANTOS, M.C. Efeito de silício em características morfológicas, comportamentais e na história de vida da traça-do-tomateiro Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae). 2012. 85p. Tese (Doutorado em Agronomia). Programa de Pós Graduação em Agronomia/Produção Sustentável. Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária. Brasília: UNB, 2012.