Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Indicadores de Desempenho Ambiental Utilizados em Pesquisas de Avaliação de Desempenho Organizacional

DOI: http://dx.doi.org/10.15600/1679-5350/rau.v9n1p95-111

http://www.raunimep.com.br/ojs/index.php/regen/index

downloadpdf

Sabrina do Nascimento1, Ana L. de A. L. Coelho2, Christiano Coelho3, Sandro C. Bortoluzzi4 & Ilse M. Beuren5

 

Resumo: O estudo objetivou investigar as características dos indicadores de desempenho ambiental utilizados em pesquisas de avaliação de desempenho organizacional publicadas no período de 2000 a 2008 em periódicos do Qualis CAPES da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo. Para tal realizou-se pesquisa descritiva por meio de um estudo bibliométrico e análise de conteúdo. O universo da pesquisa compreendeu os 2.646 artigos que no título, no resumo e/ou nas palavras-chave apresentavam as seguintes terminologias: avaliação, desempenho, performance, decisão, mensuração, avaliação de desempenho e assessment. Após, os artigos que mostravam os termos indicador, critério, atributo e medida foram selecionados, resultando em 85 artigos. Destes foram selecionados como amostra nove artigos, que tratam especificamente de indicadores ambientais, nos quais se realizou a análise citacional e o mapeamento dos artigos da amostra. Para a confecção das redes de cooperação entre autores fez-se uso do software Ucinet®, versão 6. Constatou-se que os indicadores de desempenho ambiental, em sua maioria, possuem natureza quantitativa, com aplicação pontual e mensuração ordinal. As pesquisas sobre esta temática demonstram que a rede de cooperação entre os autores apresenta laços fracos e lacunas estruturais.

Palavras-chave: Indicadores de desempenho ambiental. Indicadores ambientais. Avaliação de desempenho organizacional.

 

Abstract: The goal of this study was to investigate the characteristics of the Environmental Performance Indicators used in researches of Organizational Performance Evaluation published in the period from 2000 to 2008 in of Qualis CAPES journals in the Administration, Accounting and Tourism areas. To do so, a descriptive research was done through a literature review and content analysis. The research comprised the 2646 articles that have in their title, abstract and/or the keywords the following terminology: assessment, performance, decision, measurement, performance evaluation and assessment. Then, the articles that showed the terms indicator, criteria, attribute, and measurement were selected, totalizing 85 articles. Out of them, nine articles, specifically dealing with environmental indicators, were selected as sample, on which a disquotational and mapping analysis was performed. To elaborate the cooperation net among authors the Ucinet ® software, version 6, was used. It was found that the Environmental Performance Indicators, in their majority, have a quantitative root, with specific application and ordinal measurement. The researches on this subject show that the cooperation net among the authors has weak ties and structural gaps.

Key words: Environmental performance indicators. Environmental indicators. Organizational performance evaluation.

 

1 (Universidade Regional de Blumenau – FURB - sabnascimento@gmail.com)
2 (Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI - alalcoelho@gmail.com)
3 (Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC - floripacoelho@gmail.com)
4 (Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC - sandrocesarb@yahoo.com.br)
5 (Universidade Regional de Blumenau – FURB - ilse@furb.br)

 

Literatura Citada

ACEDO, F.; BARROSO, C; GALAN, J. The resource-based theory: dissemination and main trends. Strategic Management Journal, v.27, n.7, p. 621-636, Jul. 2006.

ADRIAANSE, A. Environmental policy performance indicators. General of Environment of the Dutch Ministry of Housing, VROM, The Hague, 1993.

ATKINSON, G.; HAMILTON, K. Accounting for progress: indicator for sustainable development. Environment, September 1996.

BAKKES, J. A.; VAN DEN BORN, G. J.; HELDER, J. C.; STWART, R. J.; HOPE, C. W.; PARKER, J. D. E. An overview of environmental indicators: state of the art and perspectives. Nairobi: United Nations Environment Programme/RIVM, June, 1994. (Environmental Assessment Technical Reports, 402001001).

BARBOSA, José Geraldo P.; GOMES, Josir Simeone. Um estudo exploratório do controle gerencial de ativos e recursos intangíveis em empresas brasileiras. Revista de Administração Contemporânea, v. 6, n. 2, p. 29-48, maio/ago., 2002

BEAUDOUX, E. et al. De la intensificación a la evaluación: guia metodológica de apoyo a proyectos y aciones para el desarollo. La Paz. Bolívia: Huellas, 1993.

CARDOSO, Amilton Fernando Cardoso. Análise de indicadores de desempenho organizacional nas pequenas empresas de confecção de camisetas em malha de Brusque/SC. 2005. 178f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Programa de Pós- Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, 2005.

CHENHALL, Robert H.; LANGFIELD-SMITH, Kim. Multiple perspectives of performance measures. European Management Journal, v. 15, n. 4, p. 266-282, 2007.

COLAUTO, Romualdo Douglas; BEUREN, Ilse Maria. Proposta da gestão do conhecimento em entidade filantrópica: o caso de uma organização hospitalar. Revista de Administração Contemporânea, v. 7, n. 4, p. 163-185, out./dez. 2003.

COLAUTO, Romualdo Douglas; BEUREN, Ilse Maria. Proposta para avaliação da gestão do conhecimento em uma empresa comercial. Universo Contábil, v. 2, n. 2, p. 67-77, maio/ago. 2006.

DEMAJOROVIC, J.; SANCHES, C. S. Aprendizado e indicadores ambientais: perspectivas para as organizações. In: Encontro Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração, 22, 1999, Foz do Iguaçu. Anais... Rio de Janeiro: ENANPAD, 1999.

DITZ, D.; RANGANATHAN, J. Measuring up: toward a common framework for tracking corporate environmental performance. Washington, DC: World Resources Institute, 1997.

DUTRA, Ademar. Metodologia para avaliar o desempenho organizacional: revisão e proposta de uma abordagem multicriterial. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 2, n. 1, p.25-56, jan./jun., 2005.

ESPEJO, M. M. S. B; et al. Campo de pesquisa em contabilidade: uma análise de redes sob a perspectiva institucional. In: IAAER-ANPCNT - Accounting Internationalization: current and future trends, 3, 2009, São Paulo. Anais… São Paulo: IAAER-ANPCONT, 2009. CD-ROM.

FREY, Irineu Afonso. Sistema de gerenciamento da responsabilidade social empresarial por meio de indicadores. Redes, v. 12, n. 2, p. 145-162, maio/ago. 2007.

GARENGO, Patrizia; BIAZZO, Stefano; BITITCI, Umit S. Performance measurement systems in SMEs: a review for a research agenda. International Journal of Management Reviews, v. 7, n. 1, p. 25-47, 2005.

GASPARINI, L. V. L. Análise das inter-relações de indicadores econômicos, ambientais e sociais para o desenvolvimento sustentável. 2003. 221 f. Dissertação (Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina), Florianópolis, UFSC, 2003.

GÓMEZ, Carla Regina Pasa; CASTILHO, Leonardo Augusto Gómez. ECP-SOCIAL: uma proposta de avaliação da performance social para negócios sustentáveis. Cadernos EBAPE.BR, v. 5, n. 3, p. 1-17, set. 2007.

GULDRY, J. et al. Surveying the cites: a ranking of marketing journals citations analysis. Marketing Education Review, v. 14, n. 1, p. 45-59, 2004.

HAMMOND, A.; ADRIAANSE, A.; RODENBURG, E.; BRYANT, D.; WOODWARD, R. Environmental indicators: a systematic approach to measuring and reporting on environmental policy performance in the context of sustainable development. Baltimore: World Resources Institute Publications, 1995.

HRONEC, S. M. Sinais vitais. São Paulo: Makron Books, 1994.

IMD. Managing the industrial and business environment: environmental performance indicators. Lausanne, International Institute for Management Development - IMD, MIBE Working Paper, 1996.

KAPLAN, Robert S; NORTON, David P. A estratégia em ação: balanced scorecard. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

KLOTZLE, Marcelo Cabus; COSTA, Luciana de Andrade. Governança corporativa e desempenho dos Bancos no Brasil. Gestão.Org, v. 4, n. 4, p. 22-36, set./dez. 2006

MAIMON, D. Responsabilidade ambiental das empresas brasileiras: realidade ou discurso? In: Cavalcanti, C. (org.). Desenvolvimento e natureza: estudos para uma sociedade sustentável. INPSO/FUNDAJ, Instituto de Pesquisas Sociais, Fundação Joaquim Nabuco, Ministério de Educação, Governo Federal, Recife, Brasil. Outubro 1994. Disponível na internet: <http://168.96.200.17/ar/libros/brasil/pesqui/cavalcanti.rtf>. Acesso em: 13 ago. 2009.

MERICO, L. F. K. Proposta metodológica de avaliação do desenvolvimento econômico na região do Vale do Itajaí (SC) através de indicadores ambientais. Revista Dynamis, v. 5, n. 19, p. 59-67, 1997.

MITCHELL, G. Problems and fundamentals of sustainable development indicators. Disponível em: http://www.lec.leeds.ac.uk/people/gordon.html. Acesso em: 13 ago. 2009.

NASCIMENTO, Sabrina; BORTOLUZZI, Sandro César; DUTRA, Ademar. Mapeamento dos indicadores de desempenho organizacional em pesquisas da área de Administração, Ciências Contábeis e Turismo, no período de 2000 a 2008. In: EnANPAD, 33., 2009, São Paulo. Anais... Rio de Janeiro: ANPAD, 2009. CD-ROM.

OLIVEIRA, Rômulo Carvalho de. Avaliação de desempenho logístico. REAd, Porto Alegre, ed. 25, v.8, n.1, jan./fev., 2002.

PACE, Eduardo Sérgio Ulrich; BASSO, Leonardo Fernando Cruz; SILVA, Marcos Alessandro da. Indicadores de desempenho como direcionadores de valor. Revista de Administração Contemporânea, v. 7, n. 1, p. 37-65, jan./mar. 2003.

PIETERS, R.; BAUMGARTNER, H. Who talks to whom? Intra and interdisciplinary communication of economics journals. Journal of Economic Literature, v. 40, n. 2, p.483- 509, Jun. 2002.

PUNNIYAMOORTHY, M.; MURALI, R. Balanced score for the balanced scorecard: a benchmarking tool. Benchmarking: An International Journal, v. 15, n. 4, 2008.

ROSETTO, Adriana Marques; ORTH, Dora Maria. Gestão integrada do ambiente urbano: uma opção para o desenvolvimento sustentável. Alcance, v. 13, n. 2, p.227-244, maio/ago. 2006.

SACHS, Ignacy. Caminhos para o desenvolvimento sustentável. 4. ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2002.

SKRINJAR, Rock; BOSILJ-VUKSIC, Vesna; INDIHAR-STEMBERGER, Mojca. The impact of business process orientation on financial and non-financial performance. Business Process Management Journal, v. 14, n. 5, 2008.

SOUZA, Maria Tereza Saraiva; PEREIRA, Raquel da Silva; COELHO, José Garcia. Avaliação de impactos ambientais pela sociedade: um estudo de caso da Bahia Sul Celulose S/A. Revista de Administração e Inovação, v. 1, n. 1, p. 70-88, 2004.

SPANGENBERG, J. H., BONNIOT, O. Sustainability indicators: a compass on the road towards sustainability. Wuppertal Institute for Climate, Environment, Energy, Wuppertal Paper n. 81, February 1998.

TOCCHETTO, M. R. L.; TOCCHETTO A. L. Indicadores de desempenho ambiental para empresas com atividade galvânica. In: Congresso Acadêmico sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Rio de Janeiro, 1, 2004. Anais... Rio de Janeiro: FGV, 2004.

TUOMELA, Tero-Sepp. The interplay of different levers of control: A case study of introducing a new performance measurement system. Management Accounting Research, v. 16, p. 293-320, 2005.

TYTECA, D.; VAN DEN BERGHE, S.; CALLENS, I. et al. Indicators of environmental performance and sustainable development. Louvain-La-Neuve: Université Catholique de Louvain, Working Paper, 1997.

VAN BELLEN, Hans Michael. Indicadores de sustentabilidade. São Paulo: FGV, 2005.

YEO, Roland. The tangibles and intangibles of organizational performance. Team Performance Management: An International Journal. v. 18, n. 7/8, p. 199-204, 2003.