Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Representações de Graduandos Ingressantes Acerca da Nova Vida Universitária

DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-1043/el.v17n1p200-222

https://www.metodista.br/revistas/revistas-ims/index.php/EL/index 

downloadpdf

Yara A. de Paula1

 

Resumo: O artigo discute o início da vida universitária a partir do olhar dos 221 ingressantes nos cursos de graduação da Universidade Federal de São Paulo/Campus Baixada Santista, no ano de 2012. Os dados foram coletados durante a Semana de Integração de Calouros, que aconteceu na primeira semana do primeiro semestre letivo. Tem como objetivo analisar as representações dos estudantes acerca do seu ingresso na vida universitária. A interpretação dos dados deu-se a partir da metodologia de análise de conteúdos desenvolvida por Franco(2008). Concluiu-se que o ingresso na vida universitária representa uma etapa complexa e repleta de significados para os iniciantes. Eles chegam com muitas expectativas, algumas suas e outras produzidas em seu grupo de origem. A instituição universitária também vive um período de grandes transformações e estas vêm exigindo, cada vez mais, novas habilidades para compreender o novo contexto e o novo estudante que chega.

Palavras-chave: Graduando ingressante, Universidade pública, Representações sociais

 

Abstract: The article discusses the beginning of college life from the point of view of 221 undergraduate freshmen of the Federal University of São Paulo / Campus Baixada Santista, in the year 2012. Data were collected during Freshmen Integration Week that happened in the first week of the first semester. Our aim is to analyze the students’ representations about their entry into university life. The interpretation of data was based on the content analysis methodology developed by Franco (2008). It was concluded that the entry into university life is complex and full of meanings for freshmen. They come with many expectations, some of their own and others produced in their original group. The university is also undergoing a period of major changes and these are increasingly demanding new skills to understand the new environment and the new students.

Key words: Freshmen, Public university, Social representations

 

1 Mestre em Educação pela Universidade Metodista de São Paulo; pedagoga do Núcleo de Apoio ao Estudante – NAE da Universidade Federal de São Paulo/Campus Baixada Santista e membro do Núcleo de Estudos e Orientação Intercultural da Unifesp/Baixada Santista.

 

Literatura Citada

ALVES-MAZZOTTI, A. J. Representações sociais: aspectos teóricos e aplicações à educação. Revistas Múltiplas Leituras, v. 1, n. 1, p. 18-43, jan.-jun. 2008. http://dx.doi.org/10.15603/1982-8993/ml.v1n1p18-43

BERGER, P. I.; LUCKMANN, T. A construção social da realidade. Petrópolis: Vozes,1987.

BORUCHOVITH, E; COSTA, E. R.; NEVES, E. R. C. Estratégias de aprendizagem: contribuições para a formação de professores nos cursos superiores. In: JOLY, M. C. R. A.; SANTOS, A. A. A.; SISTO, F. F. (Orgs.). Questões do cotidiano universitário. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

CALLIGARIS, C. Adolescência. São Paulo: Folha de São Paulo, 2000.

FRANCO, M. L. P. B. Análise do conteúdo. Brasília: Liber Livro, 2008.

GUARESCHI, N. M. F. A criança e a representação social de poder e autoridade: negação da infância e afirmação da vida adulta. In: SPINK, M. J. P. O conhecimento no cotidiano: as representações sociais na perspectiva da psicologia social. São Paulo: Brasiliense, 2004.

HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. São Paulo: Loyola, 2000.

JOLY, M. C. R. A.; PAULA, L. M. P. Avaliação do uso de estratégias de aprendizagem e a compreensão em leitura de universitários. In: JOLY, M. C. R. A.; SANTOS, A. A. A.; SISTO, F. F. (Orgs.). Questões do cotidiano universitário. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

LAGO, M. C.; SISTO, F. F. Concepção e prática do lazer em alunos universitários. In: JOLY, M. C. R. A.; SANTOS, A. A. A.; SISTO, F. F. (Orgs.). Questões do cotidiano universitário. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

MERCURI, E; POLYDORO, S. (Orgs.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral, 2003.

MERCURI, E; POLYDORO, S. O compromisso com o curso no processo de permanência /evasão no ensino superior: algumas contribuições. In: MERCURI, E.; POLYDORO, S. (Orgs.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral, 2003.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

MOSCOVICI, S. Answers and questions. Journal for the Theory of Social Behaviour, v. 17, p. 513-519, 1987. http://dx.doi.org/10.1111/j.1468-5914.1987.tb00111.x

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 2003.

POLYDORO, S. et al. Percepção de estudantes evadidos sobre sua experiência no ensino superior. In: JOLY, M. C. R. A.; SANTOS, A. A. A.; SISTO, F. F. (Orgs.). Questões do cotidiano universitário. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

RÉSES, E. da S. Do conhecimento sociológico à teoria das representações sociais. Sociedade e Cultura, v. 6, n. 2, p. 189-199, jul.-dez. 2003. Disponível em: <http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/9581/1/ARTIGO_ConhecimentoSociologicoTeoriaRepresentacao.pdf>. Acesso em: jan. 2013.

ROSÁRIO, P.; NUNEZ, J. C.; GONZALES-PIENDA, J. Cartas do Gervásio ao seu umbigo. São Paulo: Almedina, 2012.

SÁ, C. P. Representações sociais: o conceito e o estado atual da teoria. In: SPINK, M. J. O conhecimento do cotidiano: as representações sociais na perspectiva da psicologia social. São Paulo: Brasiliense, 1993.

SEVERINO, A. J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez, 2002.

SOARES, A. P.; ALMEIDA, L. S. Os estudantes universitários: sucesso escolar e desenvolvimento psicossocial. In: MERCURY, E.; POLIDORO, S. A. J. (Orgs.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral, 2003.

UNIFESP – UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO. Campus Baixada Santista. Projeto político-pedagógico do campus Baixada Santista. s.d. Disponível em <http://www.unifesp.br/campus/san7/index.php/graduacao/76-projeto-pedagogico>. Acesso em: 5 nov. 2013.

VARLOTTA, Y. M. C. Representação social de ciência constituída por alunos do ensino médio: porto de passagem da ação pedagógica. 2002. Tese (Doutorado). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.