Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Breve Abordagem Perceptiva dos Participantes do FEA: Programa de Formação de Educadores e Educadores Ambientais

DOI: http://dx.doi.org/10.18248/1982-6389/eduambiental.v3n2p56-72

http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=eduambiental 

downloadpdf

Patrícia G. da S. Carvalho1, Valéria C. Casale2, Anne S. P. Furtado3 & Leila de F. Alberton4

 

Resumo: A Educação Ambiental permeia as linhas de ação do Programa Cultivando Água Boa da Itaipu Binacional, na Bacia Hidrográfica do Paraná 3 (BP3). O FEA - Programa de Formação de Educadores e Educadoras Ambientais - é uma dessas ações que tem por objetivo formar educadores e educadoras ambientais a partir da metodologia utilizada pelo Programa Nacional de Educação Ambiental (ProNEA) do Ministério do Meio Ambiente, Pesquisa-Ação-Participante. Constituído na região desde 2005, o FEA conta com a participação de diferentes atores sociais dos 29 municípios da BP3, em um processo contínuo de formação. Desta forma, a fim de identificar o perfil desses participantes, bem como, os vínculos e posicionamentos estabelecidos entre as pessoas e o programa, realizou-se um estudo sobre a percepção dos envolvidos no início da formação de 2013. Com relação ao vínculo dos participantes com o programa, o sentimento de felicidade e pertencimento foi apresentado pela maioria dos respondentes. Desta forma, o estudo permitiu identificar e quantificar os primeiros indicadores de percepção dos participantes do P ograma FEA, frente à formação estruturada em Educação Ambiental na BP3, tal qual poderá servir como importante ferramenta de análise e monitoramento de resultados voltados para as transformações socioambientais da região.

Palavras-chave: formação de educadores ambientais, percepção, educação ambiental, bacia do paraná 3.

 

Abstract: The Environmental Education fits in the lines of action of the program called “Cultivando Água Boa” of Itaipu, in the Paraná Watershed 3 (BP3). The FEA – Training Program for Environmental Educators – is one of those actions, which aims to train environmental educators by using the methodology used by the National Environmental Education Program (ProNEA) of the Ministry of Environment; Research-Action-Participant. The FEA is established in the region since 2005, and it has the participation of different social actors from the 29 municipalities of BP3, in a continuous process of training. Thus, in order to identify the profile of these participants, as well as links and positions established between people and the program, it was carried out a study on the perception of those involved in the beginning of 2013’s training. In relation to the link of the participants with the program, the feeling of happiness and belonging was presented by most of the questioned. Thus, the study allowed identifying and quantifying within the FEA program the first indicators of participants' perception, in the face of the structured training in Environmental Education in the BP3, which may work as an important tool for analysis and monitoring of results focused on the environmental changes of the region.

Key words: environmental educator training, perception, environmental education, paraná watershed 3.

 

1 Nativa Socioambiental patricia@nativasocioambiental@gmail.com.
2 Nativa Socioambiental valeria.casale@gmail.com.
3 Nativa Socioambiental anne.nativasocioambiental@gmail.com.
4 Itaipu Binacional leilafa@itaipu.gov.br.

 

Literatura Citada

BAY, A. M. C.; SILVA, V. P. Percepção ambiental de moradores do bairro de Liberdade de Parnamirim/RN sobre esgotamento sanitário. Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Campus Natal Central – C. HOLOS, Ano 27, Vol 2. 2011. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:IxYCMLcbMaUJ:www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/download/381/454+&cd=13&hl=pt-

CARVALHO, P. G. S. O Cerrado de Lagoa Santa - MG: transformações e a percepção do homem. – Belo Horizonte : UFMG/IGC, 1995.

FERNANDES, R. S. et al. Uso da percepção ambiental como instrumento de gestão em aplicações ligadas às áreas educacional, social e ambiental. 2004 Disponível em: <http://www.redeceas.esalq.usp.br/noticias/Percepcao_Ambiental.pdf> Acesso em: 03 setembro 2013.

FILHO, N. P. A. et al. Estudo de Caso Programa Cultivando Água Boa; resultados, modelo de gestão e o seu papel como referência mundial. 1.ed. Curitiba: ISAE, p. 50-57, 2012.

ITAIPU BINACIONAL. Programa Cultivando Água Boa. Disponível em: <http://www.cultivandoaguaboa.com.br/acao/nivel-2/atividades>. Acesso em: 09 agosto 2013.

NORONHA, I. O. Percepção e Comportamento sócio-ambiental: a problemática dos resíduos sólidos urbanos. S/d. Disponível em: http://www3.mg.senac.br/NR/rdonlyres/ebexb6vnt62n5uln4ttjfyawt5ru7msioi34qfvtsnpgmxk75mr7lwcmo54qbewwm6v2cf5pql73he/ines.pdf Acesso em: 04 setembro 2013.

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2002. Disponível em: <http://files.epea2011.webnode.com.br/20000010025c3e26bba/epea2011-0055-1.pdf> Acesso em: 26 agosto 2013.

ROSA, L. G; SILVA, M. M. P. Educação ambiental; percepção de educadores de uma escola de formaçao pedagógica. VI Simpósio Ítalo Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental ABES - Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2002. Disponível em: < http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/sibesa6/ccxl.pdf> Acesso em: 04 setembro 2013

SILVA, L. J. M.; EGLER, I. O estudo da percepção em espaços urbanos preservados. Artigo apresentado no I Encontro Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade em 2002. Disponível em: < http://www.anppas.org.br/encontro_anual/encontro1/gt/sustentabilidade_cidades/Luciene%20de%20Jesus%20Maciel%20da%20Silva.pdf> Acesso em: 04 setembro 2013.