Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

As Rotas e Características de Navegação de Crianças do Primeiro Ano do Ensino Fundamental

DOI: http://dx.doi.org/10.18247/1983-2664/educaonline.v8n1p31-49

http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=educaonline 

downloadpdf

Silviane de L. Avila1 & Martha K. Borges2

 

Resumo: Este artigo apresenta os resultados de pesquisa, em nível de mestrado, que teve como objetivo analisar as rotas de navegação no ciberespaço desenvolvidas por crianças que frequentavam o primeiro ano do Ensino Fundamental e estavam vivenciando seu processo de alfabetização. A pesquisa, do tipo estudo de caso, teve como sujeitos investigados vinte e cinco crianças de uma escola pública de Florianópolis. Percebemos que suas rotas de navegação eram fundamentadas na leitura de imagens e de símbolos do ciberespaço, na descoberta dos comandos do navegador e das hipermídias. As rotas ocorriam por meio de escolhas alicerçadas em seus conhecimentos prévios ou por meio de ações do tipo tentativa e erro. As crianças memorizaram rotas específicas e compartilhavam com os colegas de turma, construindo assim, uma aprendizagem colaborativa espontânea. Também identificamos o perfil cognitivo de leitor imersivo (SANTAELLA, 2004) presente nos sujeitos pesquisados, nos quais buscamos caracterizar os tipos de usuários novato, leigo e experto. Percebemos ainda uma relação significativa entre o uso das hipermídias e o processo de alfabetização, letramento e letramento digital, como processos que ocorrem paralelamente e se influenciam mutuamente.

Palavras-chave: Alfabetização, Ciberespaço, Hipermídia, Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação.

 

Abstract: This article presents the results of a Masters research, which aimed to examine the navigation routes in cyberspace of children attending the first grade of Basic Education that are experiencing the first stage of literacy. This research was characterized as a Case Study and the subjects were the 25 children of a public school in Florianópolis/SC, Brazil. We noticed that their navigation routes were based on the reading of images and symbols of cyberspace, discovering the browser commands and hypermedia. The routes happened through choices grounded in their previous knowledge or through actions of the type trying and error. The children memorized specific routes and shared with classmates, and they had been building what we called of a spontaneous collaborative learning. We also identified the cognitive profile of immersive reader (SANTAELLA, 2004) present in the subjects studied, in which we attempted to characterize the types of users: beginner, expert and layperson. We also see a significant relationship between the use of hypermedia and the process of formal literacy, literacies and digital literacy, as processes that take place in the same time and influence each other.

Key words: Literacy; Cyberspace; Hypermedia; Digital Technologies of Information and Communication.

 

1 Pedagoga com Habilitação em Séries Iniciais pela Universidade de Santa Catarina (UDESC) e Mestre em Educação na PPGE/UDESC. e-mail: silvianeavila@gmail.com
2 Doutora em Educação - Université Pierre Mendes France II. Professora associada da UDESC e da PPGE/UDESC, em nível de Mestrado e de Doutorado. Presidente da Fundação Escola de Governo ENA. e-mail: marthakaschny@hotmail.com

 

Literatura Citada

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

COSCARELLI, Carla Viana (org.) Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

COSCARELLI, Carla Viana; RIBEIRO, Ana Elisa (org.). Letramento Digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. 3 ed. Belo Horizonte: Ceale; Autêntica, 2011.

CYBIS, Walter. Ergonomia e usabilidade: conhecimentos, métodos e aplicações. São Paulo: Novatec Editora, 2007.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 3ed. Porto Alegre: Artmed, 2010. GIL, Antonio Carlos. Estudo de caso. São Paulo: Atlas, 2009.

GIRARDELLO, Gilka. Produção Cultural infantil diante da tela: da TV à internet. In.: FANTIN, Monica; GIRARDELLO, Gilka (org.). Liga, roda, clica: Estudos em mídia, cultura e infância. Campinas: SP: Papirus, 2008.

LEÃO, Lucia. O labirinto da Hipermídia. Arquitetura e navegação no ciberespaço. 3ª Ed. São Paulo: Editora Iluminuras Ltda, 2005.

LEMOS, André. Cibercultura: tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

LÉVY, Pierre. As Tecnologias da Inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MORAN, José Manoel. Novas Tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2000.

PIRES, Álvaro P. Sobre algumas questões epistemológicas de uma metodologia geral para as ciências sociais. In.: POUPART, Jean. A pesquisa qualitativa. Enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

RAMAL, Andrea Cecilia. Educação na cibercultura: hipertextualidade, leitura, escrita e aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

RIBEIRO, Ana Elisa. Ler na tela – letramento e novos suportes de leitura e escrita. In.: COSCARELLI, Carla Viana; RIBEIRO, Ana Elisa (org.). Letramento Digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. 3 ed. Belo Horizonte: Ceale; Autêntica, 2011.

SANTAELLA, Lúcia. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. In.: Educ. Soc., Campinas, vol. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/es/v23n81/13935.pdf> Acesso dia: 05 de maio de 2012.

SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Trabalho apresentado no GT Alfabetização, Leitura e Escrita, durante a 26ª Reunião Anual da ANPEd, realizada em Poços de Caldas, MG, de 5 a 8 de outubro de 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n25/n25a01.pdf/>. Acesso dia 11/10/2012.

SOARES, Magda. A reinvenção da alfabetização. Presença Pedagógica. V.9, n. 52. jul/ago, 2003b. p. 14-21.

VALLEJO, Antonio Pantoja (org.). Sociedade da Informação, Educação Digital e Inclusão. Florianópolis: Insular, 2007.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.