Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Projetos em Educação a Distância: Considerações a Partir do Projeto Leitura (In)Formativa

DOI: http://dx.doi.org/10.18247/1983-2664/educaonline.v8n2p131-155

http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=educaonline 

downloadpdf

Isabela Quaglia1, Gislene M. C. Raymundo2 & Camilla B. R. C. Caetano3

 

Resumo: O presente artigo apresenta algumas considerações com relação à realização de projetos de ensino na educação a distância, em especial o Projeto Leitura (in)formativa, implementado para todos os cursos na modalidade a distância da instituição de ensino ALPHA no ano de 2012. A principal finalidade deste projeto é valorizar o processo de leitura nesta modalidade de ensino e despertar nos alunos participantes o gosto pela leitura de diferentes gêneros textuais, além de levá-los a perceber a importância da leitura para o seu processo de crescimento intelectual e profissional. Foi realizado um estudo de caso, por meio da pesquisa bibliográfica e do levantamento documental, e os resultados foram apresentados através de tabelas. Este estudo mostrou-se relevante na medida em que evidenciou a possibilidade de implementar com sucesso um projeto desta natureza em cursos a distância.

Palavras-chave: Educação a distância; Projeto de ensino; Leitura.

 

Abstract: This paper presents some considerations regarding distance education projects, in particular the Project “Releitura (in) formativa”, implemented by the distance education institution ALPHA, in 2012. The main purpose of this project is to enhance the reading process in this modality of education, students engagement and motivation for reading different text genres, and get them to realize the importance of reading in the process of intellectual and professional growth. A case study, through literature and documentary survey was conducted, and the results are presented in tables. This study shows the possibility to successfully implement a project of this nature in distance learning courses.

Key words: Distance education; Teaching project; Reading.

 

1 Mestre em Promoção da Saúde - (linha de pesquisa em Educação e Tecnologias na Promoção da Saúde), Especialista em Educação a Distância e as Tecnologias Educacionais, Graduada em Pedagogia com Bacharelado em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica; Licenciatura em Educação Infantil - anos iniciais do Ensino Fundamental e Disciplinas Pedagógicas do Ensino Médio pela UniCesumar - Centro Universitário Cesumar. É membro da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED). Atualmente é Assessora de Coordenação de Ensino de Graduação, Professora Orientadora e Professora Avaliadora do Programa de Pós-graduação ‘lato sensu’ em Educação do Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da UniCesumar - Centro Universitário Cesumar e Tutora Orientadora de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) no Curso de Pedagogia (modalidade a distância) da Universidade Estadual de Maringá (UEM). E-mail: isaquaglia@hotmail.com
2 Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Maringá (1990); Mestrado em Fundamentos da Educação pela Universidade Estadual de Maringá (1998); Doutorado em Educação: Currículo - PUC- SP (2011). É professora do Instituto Federal Catarinense. Atualmente, ocupa o cargo de diretora do Centro de Referência em Formação e EaD, no Instituto Federal de Santa Catarina. Tem experiência como professora e coordenadora de ensino na modalidade presencial e a distância. Faz parte do Banco de Avaliadores do Sinaes (BASis), pelo Ministério da Educação, para atos regulatórios institucionais, e também, atos regulatórios de curso e credenciamento na modalidade presencial e a distância. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, avaliação, formação de professores, novas tecnologias, aprendizagem e ead. E-mail: gismiotto@gmail.com
3 Possui graduação em Administração pela Universidade Estadual de Maringá (1999), mestrado em Administração pela Universidade Federal do Paraná (2002) e especialização em Educação a Distância pela Universidade Estadual de Maringá (2008). Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: teorias da administração, comportamento organizacional, estratégia e organizações, comportamento do consumidor e pesquisa de marketing. É doutoranda em Educação pela Universidade Estadual de Maringá. E-mail: cochia@gmail.com

 

Literatura Citada

ALVES, Lynn; NOVA, Cristiane. (Orgs). Educação a Distância: uma nova concepção de aprendizado e interatividade. São Paulo: Futura, 2003.

BRASIL. Ministério de Educação. Lei de Diretrizes e Bases- Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Referenciais de Qualidade para Cursos a Distância – 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/index.php?option=content&task=view&id=62&Itemid=191. Acesso em: 6 set.2012.

BRASIL.Ministério da Educação – Decreto nº 5.622/2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2005/decreto/D5622.htm. Acesso em: 8 set. 2012.

BENCINI, Roberta. Todas as leituras. Revista Nova Escola, n. 194, ago. 2006.

Disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/edicoes/0194/aberto/mt_148029.shtml. Acesso em: 9 out. 2012.

COSTA, Maria Luisa Furlan; ZANATTA, Regina Maria. (Orgs). Educação a Distância: aspectos históricos, legais, políticos e metodológicos. Maringá: EDUEM, 2010.

DEMO, Pedro. O PORVIR: desafios das linguagens do século XXI. Curitiba: IBPEX, 2007.

GOODMAN, K. S. O Processo de leitura: considerações a respeito das línguas e do desenvolvimento. In. FERREIRO, E. & PALACIO, M. G. (comp.) Os processos de Leitura e Escrita: novas perspectivas. Trad. Luiza Maria Silveira. 3. ed. Porto Alegre: Médicas, 1987.

KLEIMAN, Angela. Texto e Leitor: Aspectos Cognitivos da Leitura. 8 ed. Campinas, 2004.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Democratização da educação: ensino a distância como alternativa. Rio de Janeiro: Tecnologia Educacional n°. 89/90/91, jul/dez. 1989.

MAIA, Carmem; MATTAR,João. ABC da EAD: a educação a distância hoje. São Paulo: Pearson, 2007.

MARCONDES, B. et aliii. Como usar outras linguagens na sala de aula. São Paulo: Coxtexto, 2000.

MELO, José Marques de. Comunicação social: da leitura a leitura crítica. In: ZILMERMAN, Regina; SILVA, Ezequiel Theodoro da. (Orgs). Leitura: perspectivas interdisciplinares. 5. ed. São Paulo, ÁTICA, 2004. Página 100-110.

PEREIRA, Cilene da Cunha. (orgs). Gêneros textuais e modos de organização do discurso: uma proposta para a sala de aula. In: PAULIUKONIS, Maria Aparecida Lino.(orgs). Estratégias de Leitura: texto e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2006. Pg.27-58.

PEREIRA, Cilene da Cunha. et. al. Gêneros textuais e modos de organização do discurso: uma proposta para a sala de aula. In: PAULIUKONIS, Maria Aparecida Lino; SANTOS, Leonor Werneck dos. (Orgs). Estratégias de leitura: texto e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2006.

Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (PISA): resultados nacionais – PISA 2009 / Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. Brasília, O instituto, 2012.

PIVA,Dilermando. et al. EAD na prática: planejando, métodos e ambientes de educação online. Rio de Janeiro: Campus, 2011.

SALLA, Fernanda. O PISA além do ranking. REVISTA NOVA ESCOLA, São Paulo, ed.240, p. 24-26, mar. 2011.

SOLÉ, Isabel. Entrevista concedida a Rodrigo Ratier. Revista Nova Escola, jan. 2010.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de Leitura. 6 ed. São Paulo: Artmed, 2008.

SOLÉ, Isabel; SCHILLING, Cláudia. Estratégias de leitura. 6 ed. Porte Alegre: Artes Médicas, 1998.

VAL, Maria da G. C. O que é ser alfabetizado e letrado? In Práticas de Leitura e Escrita. CARVALHO, Maria A. F.; MENDONÇA, Rosa H. (org.). Brasília, MEC/SEE, 2006.