Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Experimentos Eletivos em Engenharia Química: Um Estudo de Caso

DOI: http://dx.doi.org/10.18250/2179-2933/ensinodeciencias.v5n1p67-81

http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=ensinodeciencias 

downloadpdf

Lucas Dominguini1

 

Resumo: Em seu ambiente de trabalho, o engenheiro químico está sujeito a situações inesperadas, na qual terá que reagir e propor soluções com bases nos seus conhecimentos. A forma tradicional como são ministradas as disciplinas experimentais, com atividades pré-procedimentas, não propicia ao acadêmico deparar-se com situações imprevistas. Buscando alterar essa condição, propõe-se a substituição dessas atividades por experimentos eletivos. Nessa metodologia, os acadêmicos ficam responsáveis por selecionar, confeccionar e realizar seus experimentos. Tem por objetivo desenvolver a capacidade intelectual frente a problemas reais e inesperados. O artigo faz um relato desta atividade com acadêmicos do curso de Engenharia Química da Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC. Avalia-se a contribuição desta metodologia na formação acadêmica do engenheiro químico, por meio de entrevistas com os alunos participantes.

Palavras-chave: Experimentos eletivos, Metodologia, Aulas práticas, Formação acadêmica, Engenharia química.

 

Abstract: In his work environment, the chemistry engineer is exposed to unexpected situations, which he will have to react and propose solutions with base in his knowledge. The traditional way as the experimental subjects are given, with pre procedurals, do not provide to the academic to face unexpected situations. Searching to change this condition, it is proposed the substitution of these activities for elective experiments. In this methodology, the academics are responsible for selecting, producing and performing their experiments. The objective of this methodology is to develop the intellectual capacity before the real and unexpected problems. The article makes a report of this activity with academics of the Chemistry Engineering of the Extremo Sul Catarinense University – UNESC. Interviews with participant pupils will help to evaluate this methodology in the academic formation of the chemistry engineer.

Key words: Elective experiments. Academic formation. Chemical engineering.

 

1 Licenciado em Química pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2005), com habilitação em Química e Física. Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Extremo Sul Catarinense – Unesc (2010). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina.

 

Literatura Citada

ALVES, L. A. Tecnologia química numa perspectiva industrial de gastar dinheiro sem perder dinheiro. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1991.

BRASIL. Resolução CNE/CES 11/2002. Diário Oficial da União. 09/04/2002. Seção 1, p. 32.

BRASIL, N. I. Introdução à Engenharia Química. Rio de Janeiro: Interciência: PETROBRÁS, 2004.

CREMASCO, M. A. Vale a Pena Estudar Engenharia Química. São Paulo: Edgard Blücher, 2005.

FOUST, A. S.; et.al. Princípio das operações unitárias. 2. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GUIMARÃES-FILHO, Z. O.; CARMIGNOTTO, M. A. P. Projetos eletivos nas disciplinas de graduação do IFUSP. 1º Anais de Graduação do IFUSP. 2005.

HORODYNSKI-MATSUSHIGUE, L. B. et al. Um experimento optativo como avaliação de aprendizagem em um curso introdutório de laboratório de física. Anais do XVIII SNEF. 1999.

LIBÂNEO, José Carlos. Fundamentos teóricos e práticos do trabalho docente: estudo introdutório sobre pedagogia e didática. 1990. Tese de Doutorado. (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica – PUC. São Paulo.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da Escola Pública: a pedagogia crítico-social dos conteúdos. 17. ed. São Paulo: Loyola, 2001.

PERLINGEIRO, C. A. G. Engenharia de processos: análise, simulação, otimização e síntese de processos químicos. 1. ed. São Paulo: Blaucher, 2005.

SHREVE, R. N.; ee JR, J. A. Indústria de processo químico. Tradução de Horário Macedo. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1997.

SUART, R. de C.; MARCONDES, M. E. R. Atividades experimentais investigativas: habilidades cognitivas manifestadas por alunos do ensino médio. Anais do XIV ENEQ. 2008.