Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

O Uso de Geotecnologias no Processamento, Ajustamento e Representação de Dados Espaciais no Processo de Ensino e Aprendizagem na Disciplina de Geomática

DOI: http://dx.doi.org/10.18250/2179-2933/ensinodeciencias.v5n1p82-98

http://www.latec.ufrj.br/revistas/index.php?journal=ensinodeciencias 

downloadpdf

Maria L. Chuerubim1, Eliane B. Pinto2, Guilherme M. Silva3 & Karla M. W. Rebelo4

 

Resumo: A realização de projetos que envolvem novas e modernas geotecnologias tais como posicionamento por satélites artificiais, Sistemas de Informações Geográficas, encontram inúmeros obstáculos dentre os quais se destacam o preconceito e a dificuldade em adquirir novos conhecimentos, bem como adotar novas metodologias. Entretanto, após um determinado período de adaptação verifica-se, uma melhora no desempenho dos usuários e na qualidade das tarefas por estes desenvolvidas. Durante o ensino o estudante tem a oportunidade de se aprofundar em diferentes áreas que contemplam a grade curricular do curso de bacharelado em Engenharia Civil da Universidade Federal de Uberlândia, como Geotecnia, Hidráulica, dentre outras, como também em áreas e tecnologias interdisciplinares como a Geomática. Neste contexto, este trabalho tem por objetivo relatar as principais dificuldades encontradas por alunos que demandam de informações espaciais, adotando como estudo de caso a disciplina de Geomática, que possibilita ao usuário tratar dados e informações qualitativas e quantitativas das mais diversas áreas do conhecimento em uma única plataforma de dados, gerando novas informações, conhecimentos e produtos. Para tanto, foram utilizadas ferramentas computacionais para o processamento e ajustamento de dados coletados com receptores GPS (Global Positioning System), como também softwares que possibilitaram a espacialização e visualização dos resultados obtidos.

Palavras-chave: Educação, Tecnologia, Geomática, GPS.

 

Abstract: The realization of projects involving new and modern geotechnology such as positioning satellites, Geographic Information Systems, met many obstacles among which stand out the prejudice and the difficulty of acquire new knowledge and adopt new methodologies. However, after a certain period of adaptation, an improvement in users' performance occurs, as well as the quality of the tasks undertaken by them. During the graduation course, the student has the opportunity to delve into different areas which include the curriculum of the Bachelor in Civil Engineering from the Federal University of Uberlândia, as Geotechnics, Hydraulics, among others, as well as in interdisciplinary areas and technologies such as Geomatics. In this context, this paper aims to report the main difficulties encountered by students that require spatial information, taking as a case study of the discipline of Geomatics, which enables the user to handle qualitative and quantitative data and information from various fields of knowledge in a single data platform, generating new information, knowledge and products. To achieve this aim, computational tools for processing and adjustment of data collected with receivers Global Positioning System (GPS) were used, as well as software that enabled the spatial visualization of the results.

Key words: Education, Technology, Geomatics, GPS

 

1 Professora da Faculdade de Engenharia Civil na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Possui graduação em Engenharia Cartográfica pela Universidade Estadual Paulista UNESP (2006). Mestrado realizado junto ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Cartográficas da UNESP (2007-2009).
2 Aluna do curso de graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e bolsista do Programa de Graduação (PROGRAD) de auxílio aos laboratórios de ensino em geoprocessamento.
3 Aluno do curso de graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e bolsista do Programa de Graduação (PROGRAD) de auxílio aos laboratórios de ensino em geoprocessamento.
4 Professora da Faculdade de Engenharia Civil na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Ouro Preto, com Mestrado e Doutorado em Geotecnia pela Escola de Engenharia de São Carlos (2009).

 

Literatura Citada

ALMEIDA, F. J.; VALENTE, J. A. Visão Analítica da Informática na Educação no Brasil: A Questão da Formação do Professor. 2005.

BORBA, M. C. Softwares e internet na sala de aula de matemática. X Encontro Nacional de Educação de Matemática. Salvador - BA, 2010.

CARVALHO, M. V. A.; DI MAIO, A. C. Proposta para a difusão de dados e informações geoespaciais disponíveis gratuitamente na internet junto aos graduandos e professores da educação básica. In SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 15. (SBSR), 2009, Curitiba. Anais... São José dos Campos: INPE, 2011. P.3351-3358.

FITZ, P. R. Novas tecnologias e os caminhos da Ciência Geográfica. Diálogo Tecnologia, v. 6, p. 35-48, 2005.

GONÇALVES, J. P. (2001). Uso de jogos computacionais educativos via internet na educação matemática - projeto FORMEL. Brasília/DF: Anais do XVII Prêmio Jovem Cientista 2001.

JUCÁ, S. C. S. A relevância dos softwares educativos na educação profissional. Ciências & Cognição, 2006, Vol. 08, 22-28 p. Disponível em: <http://www.cienciasecognicao.org/revista/index.php/cec/article/view/571/359>. Acesso: nov/2013.

LITWIN, E. Tecnologia Educacional: política, histórias e propostas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

OLIVEIRA, C. C. Ambientes informatizados de aprendizagem: Produção e avaliação de software educativo. Campinas, SP: Papirus, 2001. MAINART, Domingos de A. e SANTOS, Ciro M. A importância da tecnologia no processo ensino-aprendizagem. In: VII Convibra Administração. Congresso Virtual Brasileiro de Administração, 19 a 21 de novembro de 2010. Disponível em: <http://www.convibra.org/2010.asp?ev=71&lang=pt&ano=2010>. Acesso: nov/2013.

MORAN, J. M. Novas tecnologias e o reencantamento do mundo. Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro, vol. 23, n.126, setembro-outubro 1995, p. 24-26.

SANTOS, M. T. A.; OLIVEIRA, C. A.O uso do WINPLOT no processo de ensino aprendizagem nas aulas de matemática. In: Encontro Nacional de Educação de Matemática. Educação Matemática: retrospectiva e perspectivas. Curitiba – PR, 18 a 21 de julho de 2013.

TAJRA, S. F.. Informática na educação. São Paulo: Érica, 2001.

VALENTE, J. A. (1993). Por quê o Computador na Educação? Campinas, SP: Gráfica Central da UNICAMP.

VENTURI, L. A. B. O uso de técnicas e práticas no ensino aprendizagem e suas contribuições no processo de formação. Revista Entre – Lugar, Dourados, MS, ano 3, n. 6, 141-152 p., 2° semestre de 2012.