Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Estrutura Fitossociológica em uma Área de Caatinga no Seridó Paraibano

DOI: http://dx.doi.org/10.12722/0101-756X.v27n01a04

http://www.abeas.com.br/wt/revista.php 

downloadpdf

Beranger A. de Araújo1, José Dantas Neto2, Aaron de S. Alves3 & Pablo A. A. de Araújo4

 

Resumo: Realizou-se este estudo em uma área remanescente de caatinga degradada no Seridó paraibano, situado na Fazenda Barra município de Santa Luzia, estado da Paraíba, com o objetivo de levantar sua estrutura fitossociológica. Foram identificadas 20 espécies vegetais distribuídas em 12 de famílias botânicas nas quais foram determinados os seguintes parâmetros: número de indivíduos, área basal, densidades, frequências, dominâncias absolutas e relativas e valor de cobertura. As famílias Cactaceae e Euphorbiaceae, com quatro espécies cada uma, foram as mais abundantes, representando 40% do total de espécies encontradas na área. Os valores de densidade e área basal mostram que estas foram drasticamente reduzidas do ambiente periférico para o ambiente central da área. Com relação ao ‘valor de cobertura’ observou-se a predominância de duas espécies: Mimosa hostilis com 49,83% e Cnidoscolus phyllacanthus com 19,64%, o que torna evidente a pobreza da cobertura vegetal existente no local e a fragilidade do bioma caatinga quanto aos agentes impactantes.

Palavras-chave: área degradada, famílias botânicas, cobertura vegetal

 

Abstract: We conducted this study in an remaining area of degraded caatinga at Paraíba Seridó, located in Barra farm town of Santa Luzia, Paraíba state, with the goal of raising it phytosociological structure. We identified 20 species of plants distributed in 12 botanical families in which the following parameters were determined: number of individuals, basal area, density, frequency, and relative dominances and value coverage. The families Cactaceae and Euphorbiaceae, with 4 species each, were the most abundant, representing 40% of all species found in the area. The values of density and basal area shows that these were drastically reduced environmental peripheral to the central area environment. Regarding the ‘coverage value’ observed the predominance of two species: Mimosa hostilis with 49.83% and Cnidoscolus phyllacanthus with 19.64%, which makes evident poverty of vegetation at the site and the fragility of the caatinga biome agents as impactful.

Key words: area degraded, botanical families, vegetable coverage

 

1 Doutorando em Recursos Naturais na UFCG. Rua Aurélio de Barros Moreira, 35 Bairro dos Ipês, CEP 58028-580, João Pessoa, PB. E-mail: beranger.araujo@gmail.com
2 Professor Adjunto do DEA/UFCG. Rua Aprígio Veloso, 882. Bairro Universitário, CEP 58429-900, Campina Grande, PB. E-mail: zedantas@deag.ufcg.edu.br
3 Engenheiro Agrônomo, Mestrando em Engenharia Agrícola/UFCG. E-mail: aaron.agro@gmail.com
4 Professor do IFPB Picui - Acesso Rodovia PB 151, s/n, Cenecista, CEP 58187-000, Picuí, PB. E-mail: pablo.andrey@gmail.com