Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Espacialização do Perfil de Distribuição de Água de Um Microaspresor para o Vale do São Francisco

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/iii.inovagri.2015-a074

 

downloadpdf

Elton C. P. V. A. Teles1, Pedro R. F. Medeiros2, Roberto N. Castro3, Gabiane S. Santos3, Dayane R. Gonçalves3 & Clovis M. C. Ramos2

 

Resumo: Objetivou-se, avaliar o efeito dos fatores pressão de serviço e espaçamento entre microaspersores sobre a eficiência de distribuição da lâmina de água aplicada, a partir do uso de coeficientes de uniformidade. O presente trabalho foi conduzido no laboratório de irrigação da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF, Campus Juazeiro – BA. Os fatores foram quatro pressões de serviço (P1 – 50 kPa; P2 – 100 kPa; P3 – 150 kPa e P4 – 200 kPa) versus cinco simulações de modelos de espaçamento entre emissores (E1 – 1,2 x 1,2 m; E2 – 1,1 x 1,1 m; E3 – 0,9 x 0,9 m; E4 – 0,6 x 0,6 m e EC – espaçamento controle). Os indicadores de uniformidade avaliados foram CUC, CUD, CUE, CUH e UDH. Como principal resultado, temos que, o espaçamento de 0,9 x 0,9 m combinado com todas as pressões de serviço citadas, obteve um CUC médio de 77%. Tecnicamente e para as características do presente trabalho (o emissor avaliado), não recomenda-se o espaçamento controle para dimensionamento de sistema e técnica de sobreposição, devido aos baixos valores apresentados de coeficiente de uniformidade.

Palavras-chave: irrigação, aplicação de água, uniformidade

 

Abstract: The objective to evaluate the effects of working pressure and spacing between sprinklers concerning the efficiency of the distribution of the amount of water used in the system, from the use of uniformity coefficients. This work was performed in the Irrigation Laboratory of the Federal University of the San Francisco Valley – UNIVASF, Campus Juazeiro-BA. We analyzed the following factors: four working pressures (P1 – 50 kPa; P2 – 100 kPa; P3 – 150 kPa e P4 – 200 kPa) versus five simulators of models of spacing between emitters (E1 – 1,2 x 1,2 m; E2 – 1,1 x 1,1 m; E3 – 0,9 x 0,9 m; E4 – 0,6 x 0,6 m e EC – controlling space). The index for uniformity we used were CU, UD, EU, UCH and UDH. As main result, we found the spacing of  0,9 x 0,9 m combined with all the working pressures aforementioned, we got average UC of 77%. Technicaly and for the scope of this paper (the evaluated emitter), we would not recomend  the controlling space for the measuring of the system or overlapping techniques, due to the low CU values found.

Key words: irrigation, water application, uniformity

 

1 Engenheiro Agrônomo, Mestrando em Engenharia Agrícola, UNIVASF, Campus Juazeiro/BA. E-mail: eltonteles@hotmail.com
2 Prof. Dr. Adjunto, Colegiado de Engenharia Agrícola e Ambiental, Coordenador do Laboratório de Irrigação, UNIVASF, Campus Juazeiro/BA. E-mail: pedro.fernandes@univasf.edu.br; clovis.ramos@univasf.edu.br
3 Mestrando CPGEA/UNIVASF. Campus Juazeiro/BA. E-mail: rcnjua@hotmail.com; gabbysouza_20@hotmail.com; dayanergoncalves@gmail.com

 

Literatura Citada

BERNARDO, S.; SOARES, A. A.; MANTOVANI, E. C., Manual de irrigação. 8 ed. Viçosa, MG: Editora UFV. 2006. 625p.

CUNHA, F. F.; ALENCAR, C. A. B.; VICENTE, M. R.; BATISTA R. O.; SOUZA, J. A. R. Comparação de equações para cálculo da uniformidade de aplicação de água para diferentes sistemas de irrigação. Engenharia na agricultura, Viçosa, v.17, n.5, 2009.

FAGGION, F.; OLIVEIRA, C. A. S.; DEMÉTRIOS, C. Uso eficiente da água: uma contribuição para o desenvolvimento sustentável da agropecuária. Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia, Guarapuava, v.2, n. 1, 2009.

LEVIEN, S.L.A.; FIGUEIRÊDO, V.B. Metodologia simplificada para a estimativa em campo da uniformidade de sistemas de irrigação por gotejamento superficial. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, Fortaleza, v.7, n.5, p. 290-299, 2013. http://dx.doi.org/10.7127/rbai.v7n500179

LOPEZ, J.R.; ABREU, J.M.H.; REGALADO, A.P.; HERNADEZ, J.F.G. Riego localizado. 2 ed. Madrid: Centro Nacional de Tecnologia de Regadios, p.217-229. 1992.

MANTOVANI, E. C. AVALIA: Programa de Avaliação da Irrigação por Aspersão e Localizada. Viçosa, MG: UFV, 2001.

MANTOVANI, E. C.; FACCIOLI, G. G.; LEAL, B. G.; SOARES, A. A.; COSTA, L. C.; Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 13, n. 6, p. 700-707, 2009.

MARQUES, M. A. D.; CAMPECHE, L. F. S. M. Caracterização hidráulica de emissores e testes de uniformidade de distribuição do sistema de irrigação por mini aspersão. Revista Semiárido De Visu, v.2, n.1, p.162-175, 2012.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUAZEIRO – BA. Disponível em: http://www2.juazeiro.ba.gov.br/sobre-juazeiro Acesso em: 15 de jan. 2015.

WILCOX, J.C.; SWAILES, G.E. Uniformity of water distribution by some under tree orchard sprinklers. Scientific Agriculture, Ottawa, v.27, n.11, p.565-583, 1947.

ZOCOLER, J. L. Avaliação de desempenho de sistemas de irrigação. Ilha Solteira – SP: UNESP. 2005. Disponível em <http://www.agr.feis.unesp.br/irrigacao.html>. Acesso em: 04 de jan. 2015.