Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

crosscheckdeposited

Variabilidade Espaço-Temporal da Umidade do Solo em Lote Irrigado no Semiárido Brasileiro

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/iii.inovagri.2015-a396

 

downloadpdf

J. R. L. da Silva1, A. A. A. Montenegro2, A. C. Bezerra3, W. P. da Silva4 & J. S. da Silva5

 

Resumo: A umidade do solo é um dos elementos mais relevantes no controle dos processos hidrológicos, o conhecimento da sua variabilidade é de suma importância para a produção agrícola, para modelagem hidrológica e hidrossedimentológica. Dentro deste contexto o presente trabalho investigou a variabilidade espaço-temporal do conteúdo de água em lote de produção agrícola irrigada no município de Pesqueira-PE, região semiárida do Brasil. A umidade foi medida na profundidade de 0 a 20 cm, em quatro diferentes horários através de sonda TDR portátil, em uma malha amostral de 49 pontos espaçados a cada 4 metros. Realizou-se a análise exploratória dos dados a fim de identificar tendências, valores discrepantes e dispersão dos dados, em seguida realizou-se uma avaliação da estabilidade espaço-temporal da umidade do solo e a dependência espacial foi verificada utilizando a técnica da geoestatística. A umidade do solo apresentou coeficiente médio de variação, com tendências de normalidade dos dados. A área apresentou alguns pontos mais estáveis. Não houve dependência espacial da umidade do solo na área investigada para uma distância de 4 metros.

Palavras-chave: geoestatística, dependência espacial, TDR, água no solo.

 

Abstract: Soil moisture is one of the most important elements in controlling hydrological processes, knowledge of its variability is of paramount importance for agricultural production, for hydrologic modeling and hydrosedimentological. Within this context, this work investigated the spatio-temporal variability of water content in lot of irrigated agricultural production in Pesqueira-PE, semiarid region of Brazil. The humidity was measured at a depth of 0 to 20 cm, at four different times through portable TDR probe in a sample grid of 49 points spaced every 4 feet. Was performed exploratory data analysis in order to identify trends, outliers and data dispersion, then held an evaluation of the spatio-temporal stability of soil moisture and spatial dependence was assessed using the technique of geostatistics. Soil moisture showed average coefficient of variation, with trends of data normality. The area presented some points more stable. There was no spatial dependence of soil moisture in the study area for a distance of 4 meters.

Key words: geostatistics, spatial dependence, TDR, water in soil.

 

1 Doutorando do programa de pós-graduação em Engenharia Agrícola,Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil. E-mail: rlopes.s@gmail.com;
2 Professor Títular, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil. E-mail:abelardo.montenegro@yahoo.com.br;
3 Mestre em Engenharia Agrícola,Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil. E-mail: cezaralan.a@gmail.com;
4 Doutorando do programa de pós-graduação em Engenharia Agrícola,Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil. E-mail: welleng_pereira@hotmail.com;
5 Doutorando do programa de pós-graduação em Engenharia Agrícola,Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE, Brasil. E-mail: jucicleiass@gmail.com;

 

Literatura Citada

ALVES, W.W.A.; AZEVEDO, C.A.V.; DANTAS NETO, J.; MATOS, J.A.; DA SILVA, S.S. Análise geoestatística da distribuição de água no solo, aplicada por sistema de irrigação por microaspersão. Revista Caatinga, V.24, n.2, p.143-151, 2011.

ARAÚJO, E.C.B.; AGUIAR, J.V.; COSTA, R.N.T. Calibração de um modelo de umidade para um solo aluvial sem cobertura vegetal. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, V.5, n.3, p.444-449, 2001. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662001000300013

ÁVILA, L.F.; MELLO, C.R.; MELLO, J.M.; SILVA, A.M. Padrão espaço-temporal da umidade volumétrica do solo em uma bacia hidrográfica com predominância de Latossolos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, V.35, p.1801-1810, 2011. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832011000500034

ÁVILA, L.F.; MELLO, C.R.; SILVA, A.M. Continuidade e distribuição espacial da umidade do solo numa BaciaHidrográfica da Serra da Mantiqueira. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental,V.14, p.1257-1266, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S1415-43662010001200002

CAMBARDELLA, C.A.; MOORMAN, T.B.; PARKIN, T.B.; KARLEN, D.L.; NOVAK, J.M.; TURCO, R.F.; KONOPKA, A.E. Field scalevariabilityofsoilproperties in Central Iowa soils. SoilSci. Soc. Am. J,V.58, p.1501-1511, 1994. http://dx.doi.org/10.2136/sssaj1994.03615995005800050033x

GREGO, C.R.;VIEIRA, S.R.; ANTONIO, A.M.; ROSA, S.C.D. Geostatisticalanalysis for soilmoisturecontentunderthe no tillagecropping system. RevistaScientiaAgrícola, V.63, n.4, p.341-350, 2006.

HARGREAVES, G.H. Climatic zoning for agricultural production in northeast Brazil. Logan: Utah State University, 6p, 1974.

HU, W.; SHAO, M.A.; WANG, Q.J.; REICHARD, K. Soil water content temporal-spatialvariability of the surface layer of a loessplateau hillside in China.RevistaScientiaAgricola, V.65, n.3, p.277-289, 2008.

MARTINS, C.A.S.; REIS, E.F.; NOGUEIRA, N.O. Análise do desempenho da irrigaçãopormicrospraynacultura do café Conilon. ENCICLOPÉDIA BIOSFERA, Centro CientíficoConhecer - Goiânia, V.7, n.12, 2011.

MERRIAN, J.L.; KELLER, J. (1978). Farm irrigation system evaluation: A guide for management. Logan: Agricultural and Irrigation Engineering Departament, Utah State University, 271p.

STATSOFT Inc. STATISTICA for Windows. Versão 7.0. Tulsa, 2004.

SOUZA, E.R.; MONTENEGRO, A.A.A.; MONTENEGRO, S.M.G.L. Variabilidade Espacial da Umidade do Solo em NeossoloFlúvico. RevistaBrasileira de RecursosHídricos, V.13, n.2, p.177-187, 2008.

VACHAUD, G.; PASSERAT DE SILANS, A.; BALABANIS, P.; VAUCLIN, M. Temporal stability of spatially measured soil water probability density function. SoilSci. Soc. Am. J.V.49, p.822-827, 1985. http://dx.doi.org/10.2136/sssaj1985.03615995004900040006x

VIEIRA, S.R. Geoestatística em estudos de variabilidadeespacial do solo. In: NOVAIS, R.F.; ALVAREZ V., V.H. & SCHAEFER, C.E.G.R., de (Ed.)Tópicos em ciência do solo.Viçosa, MG, Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, v.1, p.2-54, 2000.

VIEIRA, S.R.; GARCIA, M.A.G.; GONZÁLEZ, A.P.; SIQUEIRA, G.M. Variabilidade espacial e temporal do teor de água do solo sob duas formas de uso. RevistaBragantia, V.69, n.1, p.181-190, 2010. http://dx.doi.org/10.1590/s0006-87052010000100023

WARRICK, A. W.; NIELSEN, D. R. Spatial variability of soil physical properties in the field. In: HILLEL, D., de (Ed.) Applications of soil physics. New York: Academic Press,Cap.2, p.319-344, 1980. http://dx.doi.org/10.1016/b978-0-12-348580-9.50018-3