Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Indicação de Áreas Favoráveis a Captação de Águas Subterrâneas por Imagens Landsat


 

downloadpdf

Francisco de A. da S. Gonzaga1, Marx P. Barbosa2 & Paulo R. M. Francisco3

 

Resumo: Este trabalho teve como objetivo o mapeamento de áreas potencialmente favoráveis à captação de águas subterrâneas para o município de Parari. Para a análise de fraturamento foi utilizada a banda 4 em papel fotográfico da imagem TM/Landsat-5 e fotografias aéreas que permitiram identificar as principais direções das estruturas lineares. Os dados obtidos das imagens e medidos nos afloramentos foram submetidos ao tratamento de análise estatística convencional, que permitiu o estudo regional dos eventos da tectônica rúptil. Obteve-se como resultado o mapa integrado que contempla os dados obtidos, como também o posicionamento das áreas com maior potencialidade à pesquisa de água subterrânea. As direções estruturais mais propícias à prospecção de água subterrânea foram NS±15º, EW±15º, NE±15º, N60E±15º e N60W±15º.

Palavras-chave: geologia, geoprocessamento, semiárido, captação de água

 

1 Professor, IFPB, Campina Grande. Email: franciscoagonzaga@hotmail.com
2 Professor, UFCG, Campina Grande. Email: marx@deag.ufcg.edu.br
3 Doutorando em Engenharia Agrícola, UFCG, Campina Grande. Email: paulomegna@ig.com.br

 

Literatura Citada

Aesa. Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. Disponível em: http://geo.aesa.pb.gov.br/. Acesso em 20/11/2011.

Aliyev, A. Regional fracturing of the pamirs and its metallogenic significance. Dohlady Akademiy Nauk, SSSR. Moscou, v. 250, p.90-93, 1980.

Barbosa, M. P. Estudo do relacionamento genético de feições geológicas da região do Espinhaço Meridional e adjacências (MG). 1988. Tese (Doutorado). São Paulo: USP, 1988.

Blaikie, P. et al. At risk: Natural hazards, people’s vulnerability and disasters. London, Routeledge, 1994.

Francisco, P. R. M.; Pereira, F. C.; Medeiros, R. M. de; Sá, T. F. F. de. Zoneamento de risco climático e aptidão de cultivo para o município de Picuí – PB. Revista Brasileira de Geografia Física, n. 4, v. 5, p.1043-1055, 2011.

Guedes, F. X. Aplicação de dados de sensores remotos de baixa resolução espacial na pesquisa de água subterrânea: Bacia do Rio do Peixe e adjacências (PB, CE e RN). 1993. 111p. Dissertação (Mestrado). UFPB, Campina Grande, 1993.

Northfleet, A. A.; Bettini, C.; Chaves, H. A. F. Aplicação da geomatemática à prospecção de petróleo; análise de fraturas por polinômios ortogonais. Congresso Brasileiro de Geologia, 25, São Paulo, 1971. Anais. Sociedade Brasileira de Geologia, v.3. p.61-70, 1971.

Paraíba. Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente. Agência Executiva de Gestão de Águas do Estado da Paraíba, AESA. PERH-PB: Plano Estadual de Recursos Hídricos: Resumo Executivo & Atlas. Brasília, DF, 2006. 112p.

PDRH-PB. Plano Diretor de Recursos Hídricos do Estado da Paraíba. João Pessoa/PB: SEMARH/ Governo do Estado da Paraíba. 1996 (Cd-rom).

Plicka, M. Observations ou joint zonesin Maravia Czechoslovakia. In: Proceedings of The First International Conference on The New Basement Tectonics. Utah: Utah Publ., v.5, p.279-289, 1974.

Riedel, W. Zur mechanik geologischer Brucher. Scheinunger Central B1. Min. Geol. und Pal., v.8: 354-368, 1929.

Sadowski, G. R. Sobre a geologia de cinturões de cisalhamento continentais. 1983. 108p. Tese (Doutorado). USP, São Paulo, 1983.

Sampaio, O. S. Estudo de fraturamento como subsídio à pesquisa de água subterrânea no Estado de Sergipe: uma abordagem através de dados de sensoriamento remoto. 1987. Dissertação (Mestrado). INPE, São José dos Campos, 1987.

Santos, E. J. dos.; Ferreira, C. A.; Silva Jr, J. M. F. Geologia dos recursos naturais do estado da Paraíba. Recife: CPRM, 2002. 142p. il. 2 mapas 1:500.000.

Soares, P. C., Barcellos, P. E., Csordas, S. M., Mattos,J. T., Balieiro, M. G.; Meneses, P. R. Lineamentos em imagens Landsat e radar e suas implicações no conhecimento tectônico da Bacia do Paraná. II Simpósiode Sensoriamento Remoto, CNPq-INPE, Brasília,1982.

Soares, P. C. & Fiori, A. P. Lógica e sistemática na análise e interpretação de fotografias aéreas em geologia. Nat. Geomorf. n.16(32). Campinas, p.71-104, 1976.

Sudene. Folha Juazeirinho. (SB24ZDII). Folha topográfica. Escala 1:100.000.Recife, 1972.

Veneziani, P. & Anjos, C. E. dos. Metodologia de Interpretação de dados de sensoriamento remoto e aplicação em geologia. INPE, São Jose dos Campos, 1982. (2227-MD/014). 61p.

Vialon, P.; Ruhland, M. & Grolier, J. Éléments de tectonique analytique. Masson, Paris, 1976.118p.