Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Avaliação Quantitativa do Potencial de Aproveitamento de Água de Chuva na Região Metropolitana do Cariri Cearense


 

downloadpdf

Renato de O. Fernandes1, Wandenúsia de O. Silva2 & Rodolfo L. B. Nóbrega3

 

Resumo: Os sistemas de aproveitamento de água de chuva têm se apresentado como uma das alternativas para uso racional da água. A instalação de um sistema de aproveitamento de água da chuva possibilita aumentar a oferta de água na edificação e reduzir as demandas nos sistemas públicos de abastecimento de água. Diante deste contexto, o presente trabalho avaliou quantitativamente o potencial de aproveitamento de água de chuva em um município localizado na Região Metropolitana do Cariri Cearense com o objetivo de obter os primeiros resultados dos benefícios da utilização desses sistemas nessa área. Os resultados mostram grandes interferências do regime climático da região na segurança de abastecimento das cisternas, mas apresenta possibilidade de utilizar a água da chuva para fins não potáveis podendo reduzir consideravelmente a demanda por água potável da rede pública.

Palavras-chave: clima, conservação, demanda de água

 

1 Engenheiro Civil. Professor Assistente. Departamento de Construção Civil. Universidade Regional do Cariri – URCA. Av. Leão Sampaio, 107, Triangulo, Juazeiro do Norte-CE. 63010-970. Tel.(88) 3102.1154. E-mail: renatodeof@gmail.com
2 Aluna do Curso de Tecnologia da Construção Civil. Universidade Regional do Cariri – URCA.
3 Engenheiro Civil. Doutorando Landscape Ecology. Universidade de Goettingen, GA, Alemanha

 

Literatura Citada

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. Aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis – Requisitos. NBR 15527/2007.

Agencia Nacional de Águas – ANA. Conjuntura dos recursos hídricos no Brasil: informe 2011, Brasília, DF: 112p. 2011.

Ghisi, E.; Cordova, M.M.; Rocha, V. L. Netuno 3.0. Programa computacional. Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Engenharia Civil. Disponível em: http://www.labeee.ufsc.br/. 2011.

Gonçalves. R. F. Uso racional de água no meio urbano: Aspectos tecnológicos, legais e econômicos. In: Salomão de Sousa Medeiros, Hans Raj Gheyi, Carlos de Oliveira Galvão, Vital Pedro da Silva Paz. Recursos hídricos em regiões áridas e semiáridas. Campina Grande, PB: Instituto Nacional do Semiárido, 2011, p.163-205.

IBGE. Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 10 junho. 2012.

Maranhão, N. & Ayrimoraes, S. Os usos da água e o desenvolvimento regional. In: A questão da água no Nordeste. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, Agência Nacional de Águas. Brasília, DF: CGEE, 2012, p.123-155.

Nobre, P. As origens das águas no Nordeste. In: A questão da água no Nordeste. Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, Agência Nacional de Águas. Brasília, DF: CGEE, 2012, p.31-43.

Porto, E. R.; Silva, A. de S.; Brito, L. T. DE L. Conservação e uso racional de água na agricultura dependente de chuvas. In: Salomão de Sousa Medeiros, Hans Raj Gheyi, Carlos de Oliveira Galvão, Vital Pedro da Silva Paz. Recursos hídricos em regiões áridas e semiáridas. Campina Grande, PB. Instituto Nacional do Semiárido, 2011, p.113-161.

Tomaz, P. Aproveitamento de Água de Chuva: Aproveitamento de água de chuva para áreas urbanas e fins não Potáveis. Guarulhos/SP, Navegar Editora, 2003. 180p.