Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

A Educação do Campo: História e Perspectivas


 

downloadpdf

Renata R. da Fonseca1 & Suelaynne L. da Paz2

 

Resumo: A Educação do Campo é uma temática que tem ganhado espaço nas últimas décadas como uma forma de garantir o direito a educação à população campesina. A história da educação do campo surgiu da luta de homens e mulheres por uma educação que considere sua realidade social, econômica e política. Ou seja, ao discutir educação do campo, as lutas sociais devem ser consideradas. É nesse viés que o Trabalho de Curso (TC), busca discutir a educação do campo e sua intrínseca relação com os movimentos sociais a partir de uma pesquisa do tipo bibliográfica dos artigos apresentados nos últimos cinco (05) anos da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped). Nesse momento a análise das produções da Anped, está em andamento constando nesse trabalho a revisão da literatura sobre a temática de estudo. A discussão sobre educação do campo avançou nos últimos anos, sobretudo a partir da Constituição de 1988 que chama atenção para a educação campesina e sua especificidade. A educação do campo tem a peculiaridade de estar imbricada com a realidade campesina que se constitui nos movimentos sociais como o Movimento do Sem Terra (MST). Por isso, ao discutir a educação do campo os movimentos sociais ganham destaque na delimitação contornos de uma educação do campo na contemporaneidade.

Palavras-chave: educação do campo, movimentos sociais, Movimento Sem Terra

 

1 Acadêmica do Curso de Licenciatura em Pedagogia, UEG – Unidade Universitária Itaberaí.
2 Prof. Ms. da UEG – Unidade Universitária de Itaberaí.suepaz@gmail.com

 

Literatura Citada

ARROYO, Miguel: FERNANDES, Bernardo M. A Educação Básica e o Movimento Social do Campo. Vol. 2. Brasília. BF: articulação nacional por uma educação básica do campo, 1999.

ARROYO, Miguel Gonzalez; CALDART, Roseli Salete; MOLINA, Mônica Castagna (Orgs.). Por uma Educação do Campo. Petrópolis: Vozes, 2004.

CALDART, Roseli Salete. Elementos para construção do Projeto Político Pedagógico da Educação do Campo. Ano 2 – número 2 – 2004.

_____________. Pedagogia do Movimento Sem Terra. Escola e mais do que escola. Petrópolis: Rio de Janeiro, Vozes, 2004.

FERNANDES, Bernardo Mançano. A questão agrária no Brasil hoje: subsídios para pensar a educação do campo. Cadernos Temáticos – Educação do Campo. SEED/PR. Curitiba, 2005.

GEPERUAZ. Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia. Relatório de Pesquisa. Classes multisseriadas: desafios daeducação rural no Estado do Pará/Região Amazônica. Belém: UFPA/CNPQ, 2004.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social 5. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MOLINA, Mônica Castagna e JESUS, Sônia Meire Azevedo de. Contribuições para a construção de um projeto de educação do campo. Brasília, DF: Articulação Nacional Por uma Educação do Campo, 2004.

PINHEIRO, Maria do Socorro Dias. A concepção de educação do campo no cenário das políticas públicas da sociedade brasileira. In: ANPAE, 2007, Rio Grande do Sul. Por uma Educação de qualidade para todos. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2007.