Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Desenvolvimento de Projeto e Produção de Protótipos de Componentes Construtivos com Emprego de Materiais de Fontes Renováveis

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/978-85-89478-40-3-a033

 

downloadpdf

Melanie B. Costa1, Tomás Q. F. Barata2 & Marco A. dos R. Pereira3

 

Resumo: O artigo trata do desenvolvimento de um módulo de sistema construtivo com emprego de componentes de bambu, madeira, biokreto (compósito de madeira e cimento) e ligações metálicas. A pesquisa inclui o detalhamento de componentes, peças, ligações e interfaces, sendo que a sua elaboração visa resgatar materiais e técnicas construtivas alternativas com materiais de fontes renováveis, buscando caracterizá-las para sua aplicação em sistemas construtivos contemporâneos. Particularmente, o trabalho aborda o desenvolvimento de projeto de componentes construtivos produzidos com madeira maciça de reflorestamento, bambu in natura e compósitos lignocelulósicos com ênfase no detalhamento e na verificação das possibilidades de produção de componentes construtivos e suas conexões, ligações e interfaces. Deste modo, objetiva-se utilizar para a produção dos componentes construtivos a madeira serrada de eucalipto citriodora (Eucalyptus citriodora), o bambu in natura da espécie Dendrocalamus giganteus e placas de compósitos lignocelulósicos produzidos com cimento e bambu particulado. Como resultados são apresentadas peças gráficas do sistema construtivo e as etapas do processo de montagem. Para tanto está sendo desenvolvido protótipo físico de dimensões 2,00x2,00m com representação auxiliada por software de modelagem 3D e projetos executivos produzidos com emprego de softwares 2D. Como contribuição a pesquisa visa demonstrar que a caracterização dos materiais de fontes renováveis somada ao apurado detalhamento técnico de projeto pode resultar em componentes construtivos com efetiva possibilidade de emprego em sistemas construtivos “mais” sustentáveis.

Palavras-chave: madeira, sistema construtivo, materiais renováveis, projeto, protótipo

 

Abstract: The article deals with the development of a module construction system with employment of bamboo components, wood, biokreto (wood and cement composite) and metallic bonds. The research includes the detailing of components, parts, connections and interfaces, and their development aims to rescue materials and construction techniques with alternative materials from renewable sources, seeking to characterize them for their application in contemporary building systems. Particularly, the paper discusses the project developmentof building components produced with hardwood reforestation, fresh bamboo and lignocellulosic composites with emphasis on detailing and verifying production possibilities of building components and their connections, links and interfaces. Thus, the objective is to use in the production of building components lumber of lemon eucalyptus (Eucalyptus citriodora), fresh bamboo species Dendrocalamus giganteus and plates made of lignocellulosic composites produced with cement and bamboo particulate.Results are presented as graphical parts of the building system and the steps of the assembly process, is being developed for both a physical prototype of dimensions 2,00 x2, 00m with representation aided 3D modeling software and executive projects produced with the use of 2D software. As a contribution the research aims to demonstrate that the characterization of materials from renewable sources plus the refined technical details of the project can result in effective building components with possibility of employment in “more” sustainableconstructions.

Key words: wood, building system, renewable materials, design, prototype

 

1 Discente do Departamento de Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo da UNESP. E-mail: mellycosta@hotmail.com
2 Professor de Departamento de Design da UNESP. E-mail: barata@faac.unesp.br
3 Professor de Departamento de Engenharia Mecânica da UNESP. E-mail: pereira@feb.unesp.br

 

Literatura Citada

ADAM, Roberto Sabatela. Princípios do Ecoedifício: Interação entre Ecologia, Consciência e Edifício. São Paulo: Aquariana, 2001.

BRASIL, Lei Ordinária – LEI nº 6.938, de 31 de Agosto de 1981. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: <http://www.senado.gov.br>. Acessado em 01.05.2013.

CALIL,C.J, LAHR, F.A.R, DIAS, A.A. Dimensionamento de Elementos Estruturais de Madeira. Barueri, SP:Manole,2003.

CIMINO, M. Construção sustentável e eco-eficiência. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina-UFSC, 2002.

CORBELLA, Oscar; YANNAS, Simos. Em Busca de Uma Arquitetura Sustentável Para os Trópicos: conforto ambiental. Rio de Janeiro: Revan, 2003.

GAUZIN-MULLER, Dominique. Arquitetura ecológica. Barcelona: Gustavo Gili, 2002.

KEELER, Marian;BURKE, Bill. Fundamentos de projeto de edificações sustentáveis.Tradução técnica: Alexandre Salvaterra.Porto Alegre: Bookman, 2010.

LAWSON, B. Como Arquitetos e Designers pensam. Trad. Maria Beatriz Medina. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.

LIESE, Walter. Bamboos: biology, silvics, properties, utilization. Schriftenreihe.Der GTZ, No. 180.Eschborn. 1985.

LONDONO, X. Evaluation of Bamboo Resources in Latin America.A Summary of the Final Report of Project N 96-8300-01-4 – International Network for Bamboo and Rattan, 1999.

MANZINI, E.; VEZZOLI, C. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Edusp, 2002.

OLIVEIRA, J. T. S. Caracteristicas da madeira de eucalipto para a construçao civil.São Paulo: Tese de Doutorado, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, 1997.

PADOVAN, R.B. O Bambu na Arquitetura: Design de Conexões Estruturais. Bauru-SP: Dissertação de Mestrado em Design,Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, 2010.

PEREIRA, M. A. R.; BERALDO, Antonio L.Bambu de corpo e alma. Bauru, SP: Canal 6, 2008.

PFEIL, W.; PFEIL, M. Estruturas de Madeira. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

QISHENG, Z., SHENXUE,J& YONGYU,T: Industrial Utilization on Bamboo. International Network for Bamboo andRahan (INBAR),2003.

IDHEA -Instituto para o Desenvolvimento da Habitação Ecológica. Disponível em: <http://www.idhea.com.br> Acesso em: 01.05.2013