Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Laboratório Casa Sustentável: Espaço para Pesquisa e Exibição de Soluções para Construções Sustentáveis

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/978-85-89478-40-3-a088

 

downloadpdf

Letícia M. de A. Zambrano, Aline C. Marques, Ana P. F. Luz & Mariana M. Almeida

 

Resumo: O Laboratório Casa Sustentável é um dos projetos desenvolvidos para o Jardim Botânico de [nome omitido para avaliação], propriedade da Universidade [nome omitido para avaliação]. Foi idealizada, desde sua concepção inicial, como modelo de experimentação e exposição, relativo à aplicação de técnicas ambientalmente amigáveis, tais como materiais construtivos de menor impacto ambiental, configurações espaciais para controle de ganhos térmicos, ventilação e iluminação natural, uso de energia renovável, sistemas naturais para conforto ambiental e otimização de sistemas artificiais. O design do edifício foi concebido em diferentes módulos, fazendo referências a compartimentos de uma habitação básica, conectados por passarelas que margeiam um jardim interno. Trata-se de um espaço que objetiva a pesquisa do desempenho de materiais e técnicas, a realização de medições e simulações, a realização de pesquisas comportamentais junto ao público visitante e, principalmente, visa oferecer uma proposta de interação lúdica do usuário com o espaço, facilitando a compreensão sobre as técnicas que são adotadas no local. Além do projeto arquitetônico, projetos elétrico, hidráulico, de iluminação e automação foram coadjuvantes na composição das soluções adotadas. Foram realizadas simulações computacionais do projeto com vistas a predizer e ajustar as soluções projetuais para um melhor desempenho final nos aspectos relacionados ao conforto ambiental. O projeto inclui uma programação de explanação das técnicas adotadas, utilizando a casa como ambiente de exposição oferecida ao público, que então é convidado a expressar suas opiniões através de questionários dinâmicos aplicados a cada ambiente visitado. No âmbito das pesquisas, as respostas dos usuários são confrontadas com medições de variáveis de conforto ambiental de cada ambiente, realizadas simultaneamente à resposta dos questionários, permitindo análises relativas a índices de conforto e ao impacto das técnicas adotadas sobre a opinião do usuário. O aspecto educacional é um fator diferencial do projeto apresentado, não apenas relacionando às pesquisas da Universidade, mas também no ensino ao público visitante do espaço. A estratégia adotada permite sensibilizar e mobilizar os usuários, através de instrumentos didáticos, para a importância do planejamento do projeto e construção de maneira eficiente e adequada, além de viabilizar testes do desempenho efetivo das técnicas, e confrontação de resultados de medições como a opinião dos usuários, criando insumos para análises críticas sobre índices de conforto adotados pela bibliografia.

Palavras-chave: arquitetura sustentável, soluções para edifícios sustentáveis, conforto ambiental, educação para edifícios sustentáveis

 

Abstract: The Sustainable Home Laboratory is a building under construction in the new [nome omitido para avaliação]’s Botanical Garden. It was conceived, since its preliminary concept, as a model of experimentation and exposure on the adoption of sustainable building solutions, such as constructive materials with less environmental impacts, space configurations of thermal gains control, natural ventilation and natural lighting, the use of renewable energy, natural systems for environmental comfort and optimization of artificial systems. The design was based as a reference of compartments from a basic living construction, disposed on different modules connected by walkways facing an inner garden. It is a space designed to research the behaviour of materials and techniques, to carry out simulations and measurements, to realize behaviour’s research through the visitors’ public, and mainly to provide a ludic interaction between visitors and the space, to facilitate the general public understanding of the techniques adopted in the place. Besides the Architectural project, Electrical, Hydraulic, Illumination and Automation projects were supported in the composition of the technical solutions. Computational simulations related to the environmental comfort were carried out to predict the design performance of solutions and to guide adjustments to the final project version. Finally, the project includes a program for explanation of adopted techniques, using the “Home Laboratory” as an exposure place offered to the public. Besides, in the context of the research, the visitors’ opinions about each space are collected through dynamic questionnaires applied in each visited compartment, and after, compared with local environmental comfort measurements which are performed simultaneously to the questionnaires answers, allowing analyses related to the comfort indices and about the impact of the adopted techniques through the users’ opinion. The educational aspect is a differential factor of the project, not only by the University researches, but also of teaching the visiting public. The adopted strategy allows the sensitization and mobilization of users, through didactic instruments, for the importance of planning and building in an efficient and adequate way, and enable effective performance testing techniques, and confrontation of measurement results with the opinion of users, creating inputs for critical analyses on comfort index adopted by bibliography.

Key words: sustainable architecture, sustainable building solutions, environmental comfort, education for sustainable buildings