Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Qualidade da Vida e das Águas Urbanas: Cenários para Novas Formas de Ocupação - Bacia do Ribeirão Anhumas, Campinas/SP

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/978-85-89478-40-3-a121

 

downloadpdf

Cyntia A. Silva1, Paula A. Bianchi2 & Laura M. de M. Bueno3

 

Resumo: Este artigo é fruto do trabalho de iniciação científica com duas vertentes, uma da análise da dinâmica das águas no meio urbano, e outra em relação à morfologia e inserção urbanas. As pesquisas estão integradas a projeto colaborativo entre universidades do Rio de Janeiro e de Campinas/SP sobre mudanças climáticas e formas de ocupação urbana, coordenado na PUC Campinas pela terceira co-autora. Busca-se, através da análise espacial, compreender a formação e transformação dos elementos urbanos e seu papel na produção do espaço e na desigualdade socioespacial. Apresenta-se o desenvolvimento de cenários, a fim de responder aos impactos decorrentes de decisões de planejamento e projeto urbano na dos espaços públicos e privados e de interesse comum na cidade presente. Este processo está sendo aplicado em áreas da Bacia do Ribeirão Anhumas, inserida na Região Metropolitana de Campinas (RMC), de perfil heterogêneo e consolidado, visto que suas discrepâncias e conflitos auxiliam no estudo e compreensão das questões demográficas relacionadas com a dinâmica das águas urbanas. O ribeirão Anhumas nasce no centro de Campinas e deságua no rio Atibaia, na divisa com Paulínia. No meio curso, encontra-se o Parque da Lagoa do Taquaral, uma das maiores áreas verdes urbanas de Campinas. O Bairro do Taquaral apresenta alto padrão construtivo, altos índices socioeconômicos e baixas densidades. Junto ao ribeirão, dois km adiante, ocorreram favelas, algumas removidas e outras urbanizadas recentemente, com a criação de outro parque, linear, constituindo o início de uma ciclovia. A metodologia aplicada foi inicialmente a coleta e mapeamento de informações através de imagens de satélite e fotografias tiradas de helicóptero. O uso e ocupação das quadras, escoamento das águas pluviais, estado das calçadas e áreas carroçáveis foram levantados em campo. As pesquisas consideram questões como o impacto de atividades responsáveis por contaminações e riscos ambientais com populações vulneráveis próximas, o impacto de vazios urbanos (espaços livres de edificação e ociosos no interior do perímetro urbano) na cidade existente, a potencialidades destes terrenos vazios para possíveis melhorias na dinâmica do espaço já consolidado, e a leitura crítica do desenho urbano relacionado ao conforto do pedestre e ao reconhecimento da dinâmica hídrica. É de fundamental importância que as interpretações desenvolvidas se conectem numa base tridimensional e sejam formulados cenários futuros a partir da comparação entre as situações existentes, com o objetivo de gerar recomendações para o planejamento urbano e projeto urbano, através da sobreposição de dados ambientais com a estrutura urbana. Em perímetros selecionados estão sendo realizados mapeamentos temáticos com interpretação da área e proposição de melhores soluções, visando principalmente conforto urbano na mobilidade do pedestre e da qualidade espacial através da morfologia e vocação de usos da área e a relação da vegetação e da permeabilidade com o percurso das águas.

Palavras-chave: cenário, água no meio urbano, morfologia urbana, gestão urbana, Campinas

 

Abstract: This article is the result of researches of Scientific Initiation with two focuses, the analysis of the dynamics of water in urban areas and the urban morphology. The researches are integrated into a collaborative research project including universities of Rio de Janeiro and Campinas / SP on climate change and forms of urban area. The PUC Campinas team is coordinated by the third author. It aims to understand, through the spatial analysis, the formation and transformation of urban elements and their role in the production of space and the socio-spatial inequality, as fundamental knowledge for the development of future scenarios, in order to respond to the impacts of decisions on planning and urban design mainly in the common spaces. This process is being applied in areas of Anhumas Stream, inserted in the Metropolitan Region of Campinas (MRC), with heterogeneous profile. The discrepancies and conflicts assist in the understanding of the social and demographic questions and their relations with the dynamics of urban waters. The Anhumas Stream rises in the city center of Campinas and flows into the Atibaia River, on the border with Paulinia municipality. In the middle course, Lagoon Taquaral Park is located, one of the largest urban leisure and green areas of Campinas. The neighborhood of Taquaral presents high constructive standards, high socio-economic indicators and low densities. Along the stream, two km further, there have been slums. Some of them were recently removed. Other slums were urbanized, with the creation of another park, forming the beginning of a cycle way that should be connected to the Taquaral Park. The methodological steps were initially to collect and mapping information through satellite images and pictures taken on helicopter flights. The urban activities, urban drainage, condition of sidewalks and roads were collected in field survey. The research considers issues such as occurrence of activities responsible for environmental contamination and risks to vulnerable population, the relationship of vacant urban spaces inside the urban tissue, their impact and their possible improvements in the dynamics of the space already consolidated, and the analyses of the relation of urban design and urban waters dynamics. Those interpretations should structure a three-dimensional basis that help us to formulate future scenarios based on the compared situations. Guidelines for urban planning and urban design, by overlaying environmental information with the urban structure, should be elaborated. In selected perimeters thematic mapping with interpretation of the area and proposition of better solutions are being conducted, aiming urban comfort in pedestrian mobility and spatial quality, by means of reorganization of urban morphology, proposition of other urban activities, greenery, conduction of storm water and areas for pervasion.

Key words: scenario, water in the urban environment, urban morphology, urban management, Campinas

 

1 Graduanda da FAU Puc-Campinas. E-mail: cyntia@lexxa.com.br
2 Graduanda da FAU Puc-Campinas. E-mail: abianchi.paula@gmail.com
3 Professora da FAU e POSURB Puc-Campinas. E-mail: laurabueno@uol.com.br