Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Avaliação do Desempenho do Tensiômetro Tipo Bourdon com Dois Horários de Leituras1

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/ii.inovagri.2014-a743

 

downloadpdf

J. I. Soares1, R. M. de Matos2, J. A. S. da Silva3, E. F. de Sousa4, L. S. Santos4 & C. M. T. Sampaio4

Resumo: O tensiômetro por ser o instrumento mais utilizado para medida do potencial mátrico, razão pela a qual a água esta retida pela tensão das partículas de solo. Para conhecer o comportamento da água no solo é importante à avaliação de diferentes sistemas de leituras, sendo assim, pode ser um excelente monitoramento da água, desde que se tenha conhecimento para o uso correto, visando o controle da irrigação. Objetivou-se avaliar o desempenho de dois sistemas de leituras em um tensiômetro do tipo vacuômetro de bourdon, em um solo arenoso localizado em Juazeiro do Norte-CE. Foi realizado um experimento em delineamento inteiramente casualizado e em esquema fatorial 1 x 1 x 2, um sistema de leitura do tensiômetro, uma profundidade de instalação 0,30 m, e dois horários de leitura, pela manhã ás 08:00 h e a tarde ás 15:00 h. Os dados foram submetidos à análise estatística em uma planilha do Microsoft Excel 2010. O tensiômetro bourdon apresentou uma média de 6,9 KPa no período da manhã e 11,2 KPa a tarde. Diante do exposto devemos dá importância ao horário de leitura, no período da manhã apresentou valores baixos e dispersos, já a tarde altos e constantes.

Palavras-chave: potencial matricial, comparação, funcionamento

 

1 Prof. Dr. FATEC - Cariri, Juazeiro do Norte – Ce fone: (88) 3571-6315 e-mail: ivo_soares@bol.com.br
2 Graduado em Irrigação e Drenagem, FATEC-Cariri
3 Graduado em Recursos Hídricos / Irrigação, Prof. M.Sc., FATEC – Cariri
4 Graduados em Irrigação e Drenagem, FATEC – Cariri

 

Literatura Citada

AZOOZ, R.H. & ARSHAD, M.A. Laboratory calibration of pressure tranducer-tensiometer system for hydraulic studies. Canadian j. soil sci., 74:315-19, 1994. http://dx.doi.org/10.4141/cjss94-044

BAKKER, G.; VAN DER PLOEG, M.J.; DE ROOIJ, G.H.; HOOGENDAM, C.W.; GOOREN, H. P.A.; HUISKES, C.; KOOPAL, L.K. & KRUIDHOF, H. NEW POLYMER TENSIOMETERS: Measuring matric pressures down to the wilting point. Vadose zone j., 6:196-202, 2007. http://dx.doi.org/10.2136/vzj2006.0110

BRITO, A. S.; LIBARDI, P. L.; MOTA, J. C. A.; MORAES, S. O. Desempenho do tensiômetro com diferentes sistemas de leitura. Revista Brasileira de ciência do solo, v. 33, n. 1, p. 17-24, 2009. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832009000100002

HUBBELL, J.M.; SISSON, J.B. Advanced tensiometer for shallow or deep soil water potential measurements. Soil science. v. 163, n.4. 1998. p.271-277. http://dx.doi.org/10.1097/00010694-199804000-00002

KLAR, A. E. A água no sistema solo-planta-atmosfera. 2ed. São Paulo: Nobel, 1984, 408p.

LIBARDI, P.L. Dinâmica da água no solo. São Paulo, Edusp, 2005. 329 p.

MARTHALER, H.P.; VOGELSANGER, W.; RICHARD, F. & WIERENGA, P.J.A pressure transducer for field tensiometers. Soilsci. soc. am. J., 47: 624-627, 1983. http://dx.doi.org/10.2136/sssaj1983.03615995004700040002x

MATOS, R. M.; SOARES, J. I.; BALBINO, D. P. Desempenho de três tipos de tensiômetros nas condições de Juazeiro do Norte – CE. In: XLII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola – CONBEA, Fortaleza - CE, Anais. 2013. (CD-ROM).

OR, D. Who invented the tensiometer? Soil sci. soc. am. J., 65:1-3, 2001. http://dx.doi.org/10.2136/sssaj2001.6511

RICHARDT, K. A água em sistemas agrícolas. São Paulo, Manole, 1990. 188p.