Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Descrição Ecológica da Vochysia cayennensis Warm. em Fragmentos de Floresta de Terra Firme da Universidade Federal do Amapá

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/VIII.SimposFloresta.2014.203-330-1 

 

downloadpdf

Rocilda C. Gama1, Wegliane C. da S. Aparício1, Fabiana Estigarribia1 & Fernanda G. Galvão1

 

Resumo: A espécie Vochysia cayennensis é conhecida popularmente por quaruba-branca, pertence à família da Vochysiaceae, os indivíduos dessa família apresentam em sua maioria uma madeira de alta resistência ao apodrecimento. Contudo, o objetivo desse estudo foi caracterizar ecologicamente a espécie V. cayennensis em quatro fragmentos de floresta de terra firme na Universidade Federal do Amapá. O estudo foi desenvolvido em quatro fragmentos florestais no qual juntos possuem em torno de 9,8 ha, pertencente à área da Universidade Federal do Amapá, próximo à rodovia Juscelino Kubitschek, km 02, na cidade de Macapá. De posse dos dados da espécie, foi caracterizado os seguintes aspectos: quanto ao forma de dispersão conforme característica do fruto; quanto ao grupo ecológico: pioneiras; secundárias iniciais; secundárias tardias e clima e quanto a caracterização morfológica e potencial de uso. Na área estudada foram encontradas 16 indivíduos de Vochysia cayennensis. Foi observado que a espécie apresentou um comportamento de pioneira, sob o ponto de vista ecológico, o qual corrobora com seus caracteres morfológicos, que denotam particularidades de espécies do cerrado. Seu potencial madeireiro está relacionado a movelaria e construção civil e naval pela alta resistência ao apodrecimento. A espécie possui o fruto em forma de cápsula deiscente, com dispersão barocórica.

Palavras-chave: Amazônia, dispersão, quaruba-branca

 

1 Universidade Federal do Amapá (roci.gama29@gmail.com; wellcampelo@yahoo.com.br; fabyesigarribia@gmail.com; fernandagalvao95@gmail.com)

 

Literatura Citada

BUDOWSKI, G. Distribution of tropical American rain forest species, in the light of successional processes. Turrialba, v. 15, n.1, p.40 - 42, 1965.

DRUMMOND, J.A. Atlas das Unidades de Conservação do Estado do Amapá. IBAMA; SEMA-AP, Macapá, 2004. 129p.

FERREIRA, R. A.; DAVIDE, A. C.; TONETTI, O. A. O. Morfologia de sementes e plântulas de pau-terra (Qualea grandiflora Mart. – Vochysiaceae). Revista Brasileira de Sementes, Brasília-DF, v. 23, n. 1, p. 116-122, 2001. Disponível em: <http://www.abrates.org.br/revista/artigos/2001/v23n1/artigo16.pdf>. Acesso em: 21 jul. 2014.

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS – IBAMA. Madeiras tropicais brasileiras. Brasília: IBAMA-LPF, 1997. 152p.

JESUS, M. A. et al. Durabilidade natural de 46 espécies de Madeira amazônica em contato com o solo em ambiente florestal. Scientia Forestalis, n. 54, p. 81-92, 1998. Disponível em: <http://www.ipef.br/publicacoes/scientia/nr54/cap07.pdf>. Acesso em: 21 jul. 2014.

MELLO, M. N.; RAMOS, E. M. l. S.; ALMEIDA, S. S. Modelagem de árvores quaruba via gráfico de controle de regressão funcional. In: ESCOLA DE MODELOS DE REGRESSÃO, 11., 2009, Recife. Anais... São Paulo: Associação Brasileira de Estatística, 2009. CD ROM.

REIS, C. P.; TORRES, R. V.; ALMEIDA, S. S. Comparação dos estimadores de regressão clássica e funcional aplicado ao estudo das árvores quaruba. In: ESCOLA DE MODELOS DE REGRESSÃO, 11., 2009, Recife. Anais... São Paulo: Associação Brasileira de Estatística, 2009. CD ROM.

THE ANGIOSPERM PHYLOGENY GROUP - APG III. An update of the angiosperm phylogeny group classification for order sand families of flowering plants: APG III. Botanical Journal of the Linnean Society, v.161, n.2, p.105-121, 2009. doi