Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Biometria de sementes da palmeira Elaeis guineenses Jacq. (Arecaceae)

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/VIII.SimposFloresta.2014.138-688-1

 

downloadpdf

Iris R. F. Silva1, Leonardo C. Duarte1 & Márcio D. Pereira1

 

Resumo: Elaeis guineensis (Arecaceae) conhecida popularmente como dendezeiro, é uma palmeira originária do continente africano. No Brasil, apresenta distribuição principalmente em fragmentos da Mata Atlântica na Região Nordeste. O tamanho e as características das sementes são importantes no estudo de uma espécie por permitir entender a dispersão e o estabelecimento de plântulas. Assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a biometria de sementes Elaeis guineenses, para que possa gerar informações das potencialidades produtivas e econômicas dessa espécie. Analisou-se a biometria de 50 sementes coletadas de indivíduos presentes em uma área pertencente ao Campus da Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, localizado no município de Macaíba/RN. As características avaliadas foram: comprimento, diâmetro e massa. Os comprimentos das sementes variaram de 11,60 a 19,16 cm; peso individual entre 0,41 a 1,32 g e o diâmetro das sementes de 9,2 a 14,4 cm. A maioria das sementes apresentou comprimento variando entre 13,76 a 14,85 cm; massa de 0,67 a 0,80 g e diâmetro de 10,7 a 11,15 cm. Portanto, verifica-se que o ambiente exerce forte influência sobre os aspectos morfométricos das sementes de Elaeis guineenses.

Palavras-chave: Aspectos morfométricos; Dendezeiro; Sementes

 

1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte (irisrenataf@hotmail.com; leo_duarte12@hotmail.com; marcioagron@yahoo.com.br)

 

Literatura Citada

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: Funep, 2000. 588 p.

CARVALHO, M. Embriogênese somática a partir de folhas imaturas e flores desenvolvidas in vitro de dendezeiro (Elaeis guineenses Jacq.). 2009. 73f. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Universidade Federal de Viçosa, 2009.

FENNER, M. Seed ecology. London: Champman & Hall, 1993. 151p.

HARTLEY, C. W. S. The oil palm (Elaeis guineensis Jacq). 2.ed. London: Longman, 1977. 806p.

ROLIM, S. G. et al. Composição Florística do estrato arbóreo da Floresta Estacional Semidecidual na Planície Aluvial do rio Doce, Linhares, ES, Brasil. Acta Botanica Brasilica, São Paulo-SP, v. 20, n. 3, p.549-561, 2006. <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062006000300005>.

SAVIN, G. O dendezeiro (Elaeis guineenses Jacq.). no Estado da Bahia. Salvador: Ministério da Agricultura/Instituto de óleos, 1965. 17p.

SILVA, C. F.; CAVALCANTI L. H. Myxobiota of the Brazilian Atlantic Forest: species on oil palm tree (Elaeis guineensis, Arecaceae). Rodriguésia, v. 61, n.4, p. 575-583, 2010. Disponível em: <http://rodriguesia-seer.jbrj.gov.br/index.php/rodriguesia/article/view/180/23>. Acesso em: 25 de julho de 2014. A B C
410

WAHID, B. M.; ABDULLAH, S. N. A; HENSON, I. E. Oil palm: achievements and potential. Plant Production Science, v.8, n.3, p.288-297, 2005. <http://dx.doi.org/10.1626/pps.8.288>.