Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Variabilidade Espacial da Granulometria de Um Latossolo Vermelho Amarelo Cultivado sob Diferentes Manejos

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/I-SGEA-a01

 

downloadpdf

Alessandra F. da Silva1, Julião S. de S. Lima2 & Rone B. de Oliveira3

 

Resumo: Este trabalho teve como objetivo estudar a variabilidade espacial da granulometria de um Latossolo vermelho-amarelo cultivado com café arábica sob manejo orgânico e convencional do solo, na profundidade de 0-0,10 m. As amostragens do solo foram realizadas em uma malha regular com 40 pontos, na projeção da copa do cafeeiro. Os dados foram avaliados por meio da estatística clássica e geoestatística. A dependência espacial foi realizada através de variogramas experimentais. Todos os atributos nos dois manejos apresentaram dependência espacial, ajustando-se aos modelos esférico e exponencial. As frações granulométricas (areia total, silte e argila) apresentam maior variabilidade horizontal no manejo orgânico.

Palavras-chave: geoestatística, sistema de manejo, krigagem.

 

Abstract: The aim of this work was to study the spatial variability of the size of a red-yellow oxisols cultivated with coffee arabica under conventional and organic management, at the depth of 0-0,10 m. The soil samples were performed in a regular grid with 40 points, in the projection of the crown of coffee. The data were analyzed using classical statistics and geostatistics. Spatial dependence was evaluated by experimental variogramas. All attributes in the two kinds of managements presented spatial dependence, adjusting spherical and exponential models. The size fractions (total sand, silt and clay) have a higher horizontal variability in organic management.

Key words: geostatistcs, management systems, kriging.

 

1 Engª agrônoma, Faculdade de Ciências Agronômicas – UNESP, Grupo de Estudos e Pesquisas Agrárias Georreferenciadas (GEPAG), alefagioli@hotmail.com
2 Engo Agrícola, Prof. Adjunto IV, CCA/UFES, Depto. Eng. Rural, Alegre-ES, limajss@yahoo.com.br
3 Engo Agrônomo, FCA-UNESP/Depto Eng. Rural, Botucatu, SP, rbatista@fca.unesp.br

 

Literatura Citada

BOUMA, J. et al. Pedology, precision agriculture, and the changing paradigm of agricultural research. Soil Science Society of America Journal, Madison, v.63, n.6, p.1763-1768, 1999.

COSER, S. M.; MESQUITA, L.F.; PASSOS, R. R. & ANDRADE, F.V. Análise textural do solo utilizando métodos de dispersão física com agitação lenta e rápida. In: XXXI Congresso Brasileiro de Ciências do Solo. Gramado, RS, 2007.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. Rio de Janeiro, 1999. 412 p.

GONÇALVES, A.C.A.; FOLEGATTI, M.V. & MATA, J.D.V. Análises exploratórias e geoestatística da variabilidade de propriedades físicas de um Argissolo Vermelho. Acta Sci., 23:1149-1157, 2001.

MOTOMIYA, A.V.A. et al. Uso da krigagem indicatriz na avaliação de indicadores de fertilidade do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.30, n.3, p.485-496, 2006.

OVALLES, F. & REY, J. Variabilidad interna de unidades de fertilidad em suelos de la depresión del Lago de Valencia. Agron. Trop., 44:41-65, 1994.

ROBERTSON, G. P. GS+: Geoestatistics for the environmental sciences – GS+ User´s Guide. Plainwell, Gamma Desing Software, 2004. 152 p.

TRANGMAR, B.B.; YOST, R.S. & UEHARA, G. Application of geostatistics to spatial studies of soil properties. Adv. Agron., 38:45-94, 1985.

VIEIRA, S. R.; HATFIELD, T. L.; NIELSEN, D. R.; BIGGAR, J. W. Geostatistical theory and application to variability of some agronomical properties. Hilgardia, v. 51, n. 3, p. 1-75, 1983.

ZIMBACK, C. R. L. Análise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade. 2001. 114 f. Tese (Livre-Docência em Levantamento do solo e fotopedologia) - FCA-UNESP, Botucatu, 2001.