Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Distribuição Espacial da Umidade do Solo e da Produtividade da Cultura de Feijão em Um Nitossolo

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/I-SGEA-a06

 

downloadpdf

Antônio C. A. Gonçalves1, Rachel M. L. Guimarães2, Everton Blainski2, Cássio A. Tormena3 & Marcos V. Folegatti4

 

Resumo: Com o advento da agricultura de precisão, a descrição espacial de propriedades físico-hídricas do solo ganhou importância. Além disto, a identificação de possíveis correlações espaciais entre estas propriedades e a produtividade da cultura, pode contribuir para a compreensão das complexas interrelações solo planta, em um sistema agrícola. A análise geoestatística dos valores destas variáveis, referenciados espacialmente, pode fornecer informações essenciais para a compreensão do sistema. Este trabalho teve como objetivos descrever a dependência espacial da água armazenada no solo e correlacioná-la com produtividade. Em área experimental subdividida em 80 quadrículas de 9 m2, mediu-se a umidade do solo e a produtividade da cultura, em cada uma. A uniformidade de aplicação da irrigação não alterou o padrão espacial de armazenamento de água no solo, o qual apresentou elevada estabilidade espaço-temporal. A correlação espacial inversa entre água no solo e produtividade mostrou que a aeração pode ter sido limitante à cultura.

Palavras-chave: distribuição espacial, geoestatística, armazenamento de água no solo.

 

Abstract: Describing the soil properties spatial pattern allows the study of spatial distribution of these variables. Geostatistics tools are necessary on this process, allowing the spatial dependences analysis. The objectives of this work were: describe the spatial variability of soil water storage and the relationship between soil water storage and crop yield. The experimental area were sub-divided on 80 squares, with 9 m2 each one. The variables studied were collected in each point, allowing geostatistics analysis. The results showed that the studied variable presented structure of spatial dependence. The spatial distribution of soil water storage was shown to be strongly stable in time, being dictated mainly by intrinsic factors of soil and little influenced by the uniformity characteristics of the water application. The negative spatial correlation between water storage and crop yield showed that the aeration could be the main problem of this system.

Key words: spatial distribution, geostatistics, water storage.

 

1 Prof. Adjunto, Depto. de Agronomia, UEM, Maringá-PR, Av. Colombo, 5790, Maringá-PR. CEP: 87020-900, acagoncalves@uem.br ;
2 Doutorando, PGA - UEM, Maringá-PR rachel_locks@hotmail.com, evertonblainski@gmail.com
3 Prof. Doutor, Depto. de Agronomia, UEM, Maringá-PR, catormena@uem.br
4 Prof. Doutor, Depto. de Engenharia Rural, Esalq/USP, Piracicaba-SP, mvfolega@esalq.usp.br

 

Literatura Citada

GOHRING, T.R.; WALLENDER, W.W. Economics of sprinkler irrigation systems. Transactions of the ASAR, St. Joseph, v.30, n.4, p. 1083-1089, 1987.

GONÇALVES, A. C. A.; FOLEGATTI, M. V. Correlação espacial entre retenção de água e textura do solo para fins de manejo de irrigação. Eng. Agrícola. SBEA, Jaboticabal, SP, v. 22, n. 03, 296 – 303p. 2002.

GONÇALVES, A.C.A. Estabilidade temporal da distribuição espacial da umidade do solo em área irrigada por pivô central. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v.23, n.1, p.155-164, 1999.

GONÇALVES, A.C.A. et al. Distribuição espacial do armazenamento de água no solo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA, 33., 2004, São Pedro, SP. Anais… São Pedro, SP, 2004.

ISAAKS, E.H.; SRIVASTAVA, R.M. An Introduction to Applied Geostatistics. New York: Oxford University Press, p 561, 1989.

JOURNEL, A.G.; HUIJBREGTS, Ch.J. Mining Geostatistics. London: Academic Press, 1978. 600 p.

KACHANOSKI, R.G.; DE JONG, E. Scale dependence and the temporal persistence of spatial patterns of soil water storage. Water Resources Research, v.24, p.85-91, 1988.

MANTOVANI, E.C. Desarrolo y evaluacion de modelos para el manejo del riego: estimación de la evapotranspiracion y efectos de la uniformidad de aplicación del riego sobre a producción de los cultivos. Córdoba, 1993. 183p. Tesis (Doctor) – Escuela Técnica Superior de Ingenieros Agrônomos, Universidad de Córdoba.

REZENDE, R. Efeito da qualidade da irrigação em variáveis de produção e de crescimento do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.). Piracicaba, SP. 2000. 88p. Tese (Doutorado) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo.

TRINTINALHA, M.A.. Utilização da TDR para avaliação da distribuição espacial e estabilidade temporal do armazenamento de água em um Nitossolo Vermelho distroférrico. 2005. 139p. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR.