Купить СНПЧ А7 Архангельск, оперативня доставка

Relacionamento Espacial entre a Produtividade da Cana-de-Açúcar e a Topografia do Solo

DOI: http://dx.doi.org/10.12702/I-SGEA-a17

 

downloadpdf

Fernanda R. M. Miguel1, Sidney R. Vieira2 & Márcio K. Chiba3

 

Resumo: O presente trabalho teve como objetivo estudar o relacionamento espacial entre a produtividade da cultura da cana-de-açúcar e a topografia de uma área sob um Nitossolo Vermelho eutrófico. A área experimental apresenta 17,8 ha, e foi demarcada com 117 pontos amostrais. Em cada ponto foram retiradas amostras para estimar o peso total de colmos da parcela, pela multiplicação do número de colmos da área amostrada com o peso médio de cada colmo. Os dados foram submetidos à análise geoestatística, utilizada como ferramenta para o estudo da variabilidade espacial, e à correlação espacial entre variáveis. As áreas com as maiores produtividades ocorreram nas posições mais altas do relevo. Outros fatores e propriedades do solo devem ser analisados para que a variabilidade espacial da produtividade da cana-de-açúcar seja descrita de uma maneira mais detalhada.

Palavras-chave: dependência espacial, produtividade agrícola, co-krigagem

 

Abstract: The objective of this paper was to study the spatial relationship between sugar cane yield and topographycal attributes in a brazilian alfisol. The experimental area presented 17.8 hectares, with 117 sampling points. At each point was taken from samples that estimate the stem total weight of the parcel by multiplying the number of stems by the weight of each stem. The data were subjected to geostatistical analysis, used as a tool for the study of spatial variability, and to correlation between variables. The highest yield occurred at higher positions of the slope. However, other factors and soil properties should be examined, in order to describe the spatial variability of sugarcane yield in a more detailed level.

Key words: Spatial dependence, agricultural yield, cokriging.

 

1 Estudante da pós-graduação, Instituto Agronômico/Centro de Solos e Recursos Ambientais, Caixa Postal 28, CEP 13012-970, fernanda.mrosa@hotmail.com
2 Pesquisador Científico,Instituto Agronômico/Centro de Solos e Recursos Ambientais, sidney@iac.sp.gov.br
3 Pesquisador Científico, Instituto Agronômico/Centro de Solos e Recursos Ambientais, mkchiba@iac.sp.gov.br

 

Literatura Citada

GHELLER, A.C.A.; MENEZES, L.L.; MATSUOKA, S.; MASUDA, Y.; HOFFMANN, H.P.; ARIZONO, H.; GARCIA, A.A.F. Manual de método alternativo para medição da produção de cana-de-açúcar. Araras: UFSCAR/CCA/DBV, 1999. 7p.

KRAVCHENKO, A.L.; BULLOCK, D.G. Correlation of Corn and Soybean Grain Yield with Topography and Soil Properties, Agron. J., v. 92, p.75-83, 2000.

OVALLES, F.A.; COLLINS, M.E. Soil–landscape relationships and soil variability in north central Florida, Soil Sci. Soc. Am. J., v. 50, p.401–408, 1986.

PENNOCK, D.J.; JONG, de E. Spatial pattern of soil redistribu tion in boroll landscapes, southern Saskatchewan, Canada, Soil Sci., v. 150, p.867–873, 1990.

SURFER. Surfer 7.0. Contouring and 3D surface mapping for scientist’s engineers. User’s Guide. New York, Golden software, Inc, 1999, 619p.

VERITY, G.E.; ANDERSON, D.W. Soil erosion effects on soil quality and yield, Can. J. Soil Sci., v.70, p.471–484, 1990.

VIEIRA, S. R., GONZALEZ, Antonio Paz. Analysis of the spatial variability of crop yield and soil properties in small agricultural plots. Bragantia. , v.62, p.127 - 138, 2003.

VIEIRA, S.R. Geoestatística em estudos de variabilidade espacial do solo. In: NOVAIS, R.F., ALVAREZ, V.H., SCHAEFER, G.R. (ed.) Tópicos em Ciência do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do solo, v.1, 2000. p. 1-54.

ZIMBACK, C.R.L. Analise espacial de atributos químicos de solos para fins de mapeamento da fertilidade do solo. 2001. 114f. Dissertação (Livre Docência) – Faculdade de Ciência Agrárias e Veterinárias – UNESP, Botucatu.